Polícia de Las Vegas solicita amostra de DNA de CR7

Jogador se diz tranquilo com o pedido da polícia e diz colaborar com todas investigações

No meio de uma polêmica sobre um caso de estupro desde o meio de 2018, quando Mayorga relatou a revista alemã “Der Spiegel”  um caso envolvendo o nome  do jogador Cristiano Ronaldo, ele vem sendo investigado pela polícia dos EUA, onde ocorreu o possível caso, afim de encontrar a solução plausível para o ocorrido.

A acusação foi registrada pela modelo americana kathryn Mayorga de 34 anos que é moradora de Las vegas, e acusa o jogador de tê-la abusado sexualmente em 13 de junho de 2009, em um hotel, após ter conhecido o jogador em uma boate, durante uma visita do português á cidade. Kathryn diz não ter se pronunciado antes em relação ao assunto, pois o craque do clube italiano chegou a suborná-la com uma quantia de US$ 375 mil num acordo de confidencialidade. A acusação afirma também que a possível vítima não estaria em condições emocionais quando assinou o acordo oferecido pelo jogador.

https://twitter.com/Cristiano/status/1081204958777757697

Segundo o jornal americano  “Wall Street Journal“ a fim de avançar nas investigações a polícia de Las Vegas solicitou as autoridades italianas de Turim, onde mora o jogador atualmente, uma amostra de DNA do camisa sete da Juventus, que segundo Peter S. Christiansen seu advogado em Las Vegas, estaria disposto a ajudar nas investigações.

O advogado do jogador, minimizou o pedido feito pela polícia,  e em um comunicado a “AFP” disse:

“O senhor Ronaldo sempre afirmou e reafirma atualmente que o que ocorreu em Las Vegas, em 2009, foi um ato de natureza consensual. Não surpreende, portanto, que o DNA esteja presente e que a polícia faça uma das solicitações mais clássicas neste tipo de investigação”.

De acordo com o site “TMZ” o craque da juve concordou em fazer os exames, e em colaborar totalmente com as investigações visando a solução do caso. Em relação a toda essa situação, CR7 negou as acusações e se defendeu em sua conta oficial do twitter, dizendo que nega todas as acusações e que não participaria de um espetáculo midiático, montado para se promover às suas custas.

Sobre Pedro Henrique Ordones Ramos

Pedro Henrique Ordones Ramos já escreveu 75 posts nesse site..

Sou Pedro Henrique Ordones Ramos, tenho 20 anos, moro na região da Penha (Cangaiba) Zona Leste de São Paulo. Curso o segundo semestre de jornalismo.

Pedro Henrique Ordones Ramos
Sou Pedro Henrique Ordones Ramos, tenho 20 anos, moro na região da Penha (Cangaiba) Zona Leste de São Paulo. Curso o segundo semestre de jornalismo.

Artigos Relacionados

Topo