Passaporte Russia – A peça da máquina dinamarquesa

- Eriksen é o grande destaque da seleção dinamarquesa. Camisa 10 vai para sua segunda Copa do Mundo e quer ser protagonista
Passaporte Russia - A peça da máquina dinamarquesa

Passaporte Rússia é mais uma coluna do Futebol na Veia que apresentará curiosidades de todas as seleções que participarão da Copa do Mundo deste ano. Este é o quinto de sete textos sobre a Seleção da Dinamarca.

Aquele mais importante e que pode ser o diferencial na Copa do Mundo. Na seleção dinamarquesa, o “cara” é Christian Eriksen, camisa 10 da seleção e jogador do Tottenham, e que chega ao mundial em boa fase, depois de grande temporada pelo clube londrino, e que hoje desperta interesse de diversos clubes europeus em seu futebol. Senhoras e senhores, o passaporte Rússia apresenta Christian Eriksen, eleito o melhor meia da Premier League.

Promessa e realidade em pouco tempo

A Dinamarca a partir dos anos 80 sempre teve alguns bons jogadores em suas seleções, em algumas delas até craques, como Michael Laudrup. Mesmo às vezes não conseguindo atingir seus objetivos, os nórdicos sempre dão certo trabalho. Essa seleção que vai a Rússia, possui bons jogadores, mas nenhum deles se compara ao futebol refinado do camisa 10, Christian Eriksen.

Uma das curiosidades do dinamarquês é que sua carreira profissional em clubes é feita fora da Dinamarca. O meio campista começou no Ajax em 2010, fazendo bons campeonatos e se tornando uma das principais revelações da época. Clássico em seu estilo e ambidestro, o seu futebol acabou sendo observado por outros clubes importantes do continente europeu.

Eriksen no Ajax já chamava a atenção na Europa (Reprodução/Talksport.com)

Categorias de base

Na seleção, já chamava a atenção desde as categorias de base onde atuava com regularidade. Foi aí que Morten Olsen convocou o jovem Eriksen, com apenas 18 anos, para um amistoso contra a Áustria. Tudo isso, atrelado ao seu bom futebol no Ajax, deu a ele a convocação para a Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, sendo o jogador mais novo daquele mundial. A Dinamarca não conseguiu passar de fase seguinte, mas o jogador conseguiu certa visibilidade, entrando em dois dos três jogos que a equipe fez na primeira fase. Desde então, o dinamarquês não saiu mais, mostrando a todos uma constante evolução e chamando a atenção de potências do futebol, como Borussia Dortmund, Paris Saint Germain e Tottenham.

Eriksen foi o jogador mais novo do mundial da Africa do Sulk (Reprodução/Reuters)

Totteham

Por falar em Tottenham, a equipe de Londres venceu a concorrência de outras equipes e na temporada 2013/2014 levou a principal estrela do Ajax por 14 milhões de euros. O atual camisa 23 do clube inglês é uma das principais estrelas da equipe comandada por Mauricio Pocchettino, levando a equipe londrina a fazer sempre boas campanhas nos campeonatos disputados, e hoje é disputado por gigantes europeus que querem contar com o seu futebol clássico. Um dos maiores custo beneficios da equipe, já que hoje a sua estimativa de mercado, segundo a agencia transfermarkt seria em torno de 80 milhões de euros.

Consolidado

Sendo um dos pilares da seleção e indo para a sua segunda Copa (A Dinamarca não se classificou para o mundial do Brasil), Eriksen hoje é uma referência técnica, por ser o melhor jogador tecnicamente da equipe e uma das principais esperanças do treinador Age Hareide de chegar o mais longe possível na Copa do Mundo e também uma das lideranças do grupo, mesmo não sendo o capitão da equipe. Isso mostra que todos têm confiança no seu futebol e que pode ser a peça chave para fazer a diferença no Mundial, como fez nas eliminatórias.

Eriksen comemora seu gol diante da Irlanda. Ele foi o heroi da classificação com 3 gols (Reprodução/Telegraph)

Eriksen também sabe que a Dinamarca depende muito de suas forças para fazer uma boa campanha no mundial da Rússia. Prova disso foi o seu desempenho nas eliminatórias europeias. O camisa 10 dinamarquês sem dúvida foi peça chave na recuperação da equipe, e levando a equipe de vermelha e branca para a repescagem contra a Irlanda, e conquistando a vaga em Dublin pelo placar de 5 x 1. Detalhe: Eriksen fez três gols na partida. Sua melhor atuação com a camisa da Dinamarca

Com 77 partidas pela seleção dinamarquesa, com 21 gols e 17 assistências, suas credenciais mostram sem dúvida que Christian Eriksen é fundamental e o “cara” da Dinamarca na Copa do Mundo de 2018.

Leandro Porto

Sobre Leandro Porto

Leandro Porto já escreveu 45 posts nesse site..

Meu nome é Leandro Martins Porto, tenho 29, paulistano e sou estudante de jornalismo. Além disso, sou formado em educação física e sempre estou nesse meio esportivo e suas áreas como treinamento e mídia.Gosto muito de esportes e de pesquisar sobre eles. Um dos grandes fatores para ser um bom jornalista é a curiosidade em saber sobre determinado tema, e é isso que tento desenvolver em mim. Claro que adoro futebol, mas outros esportes também como: Basquete, F1, Handball, entre outrosParticipo de uma web rádio em Taboão da Serra desde 2016, voltada ao esporte, chamada Rádio Esportesnet. Trabalho como comentaristas e repórter em alguns jogos locais de futebol e futsal e também em jogos do campeonato Paulista e Brasileiro.Em 2018 comecei a trabalhar no Esporte Interativo, na parte de operações de estúdio, com os programas de São Paulo.

365 Scores

BetWarrior


Leandro Porto
Leandro Porto
Meu nome é Leandro Martins Porto, tenho 29, paulistano e sou estudante de jornalismo. Além disso, sou formado em educação física e sempre estou nesse meio esportivo e suas áreas como treinamento e mídia.Gosto muito de esportes e de pesquisar sobre eles. Um dos grandes fatores para ser um bom jornalista é a curiosidade em saber sobre determinado tema, e é isso que tento desenvolver em mim. Claro que adoro futebol, mas outros esportes também como: Basquete, F1, Handball, entre outrosParticipo de uma web rádio em Taboão da Serra desde 2016, voltada ao esporte, chamada Rádio Esportesnet. Trabalho como comentaristas e repórter em alguns jogos locais de futebol e futsal e também em jogos do campeonato Paulista e Brasileiro.Em 2018 comecei a trabalhar no Esporte Interativo, na parte de operações de estúdio, com os programas de São Paulo.

Artigos Relacionados

Topo