Paraná x Santos – Confronto se divide entre paciência e desespero

- Como a pacacidade e a angústia devem se encontrar em Curitiba pela 24ª rodada do Brasileirão

Paraná e Santos jogam no Durival Britto, às 19h pelo horário de Brasília, pela penúltima partida da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. A arbitragem será composta por Dewson Fernando Freitas da Silva auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios e Heronildo Freitas da Silva.

Ainda em processo de reabilitação, o Alvinegro Praiano continua em ascensão mesmo após o empate contra o Grêmio, na última rodada, que mais serviu para manter a confiança e os bons números da equipe. Mais uma partida sem sofrer gols representou uma defesa eficiente e um time disposto a cumprir o único objetivo restante desse ano frustrante em diversos aspectos para os santistas.

O Tricolor da Vila segue buscando uma alternativa para superar a crise que assombra a temporada atual do Brasileirão – foram apenas três vitórias durante toda a competição, apesar de alguns empates promissores, como o que ocorreu com o São Paulo, por 1 a 1. As esperanças dependem de fortes fatores extracampo e continuam criando obstáculos entre a torcida e o clube.

PARANÁ

Inúmeros fatores abalam o lanterna que se mantém em situação crítica: o empate em casa contra a Chapecoense fez com que os catarinenses abrissem seis desesperadores pontos de vantagem, dando continuidade a uma sequência de fracassos no campeonato. Três vitórias durante toda a campanha desanimam a torcida que pede cabeças decapitadas dentro da diretoria.

O símbolo da principal crise é o executivo Rodrigo Pastana que, apesar de colaborar com o acesso à série A, vem colecionando decisões erradas enquanto aborrece os paranistas. Aliado a isso, outros fatores internos como a administração de Leonardo Oliveira e o alto preço de ingressos – que no domingo terão preço mínimo de R$ 60 – contribuem para a situação a qual o clube se encontra.

Claudinei Oliveira deve manter Maicosuel no banco por conta de sua adaptação. Rayan, Silvinho, Richard, Torito González, Mansur, Néris, Jesiel e Thiago Santos entram em campo pendurados. Cleber Reis trabalha sua recuperação física enquanto Leandro Vilela cumpre suspensão.

https://twitter.com/ParanaClube/status/1037698283236454400

Provável escalação: Richard, Júnior, René Santos, Rayan, Igor, Torito González, Alex Santana, Caio Henrique, Nadson, Carlos e Rafael Grampola. Técnico: Claudinei Oliveira.

SANTOS

O momento do visitante exige muita paciência: passo a passo, o time desorganizado que se formou em 2018 trabalha para chegar a um ponto essencial para a temporada seguinte. Objetivo que nem alguns torcedores acreditavam há alguns meses e garantir uma vaga na Libertadores do ano que vem já não parece impossível quando se fala do novo Santos, que não sofre gols há seis jogos e reconstruiu um ataque de peso.

A chegada de Cuca alterou o rumo da equipe que, mesmo disputando apenas uma competição atualmente, se tornou mais consistente. O treinador afirma que ainda não pode aplicar todo seu conhecimento tático por conta do calendário carregado de agosto, mas que dará início às atividades após o jogo desse domingo.

Carlos Sánchez, Felippe Cardoso, Léo Cittadini e Lucas Veríssimo desfalcam o Peixe por conta de problemas físicos, enquanto Derlis González, Gustavo Henrique, Luiz Felipe, Léo Cittadini e Lucas Veríssimo jogam pendurados.

Provável escalação: Vanderlei, Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique, Dodô, Alison, Diego Pituca, Rodrygo, Gabriel, Derlis González e Sasha. Técnico: Cuca.

RETROSPECTO

Paraná e Santos se encontraram apenas uma vez pelo Brasileirão, em partida realizada em maio deste ano, com vitória do Peixe por 3 x 1.

Tiago Souza

Sobre Tiago Souza

Tiago Souza já escreveu 37 posts nesse site..

Formado em jornalismo pela Universidade São Judas, atuei em diversas áreas de maneira colaborativa. Sou viciado em informação e, por isso, estudo todos os dias sobre futebol e videogames, tendo essas duas vertentes como pilares da minha personalidade. Apesar de levar esses temas muito a sério, tenho a plena noção de que, sem o amor e a descontração, nenhuma delas existiria de forma tão espetacular como são hoje.

365 Scores

BetWarrior


Tiago Souza
Tiago Souza
Formado em jornalismo pela Universidade São Judas, atuei em diversas áreas de maneira colaborativa. Sou viciado em informação e, por isso, estudo todos os dias sobre futebol e videogames, tendo essas duas vertentes como pilares da minha personalidade. Apesar de levar esses temas muito a sério, tenho a plena noção de que, sem o amor e a descontração, nenhuma delas existiria de forma tão espetacular como são hoje.

Artigos Relacionados

Topo