Para ficar de olho: nova geração holandesa encanta com seu futebol

Após reformulação, a equipe comandada por Ronald Koeman voltou a figurar entre as fortes seleções europeias

O período de reformulação da seleção causou muita dor a torcida holandesa. Primeiramente, a equipe ficou de fora da Eurocopa 2016. Além disso, não esteve presente na Copa do Mundo de 2018, também. Entretanto, parece que os dias difíceis ficaram para trás. A Holanda vem apresentando um bom futebol nos últimos meses. Ainda, apresenta uma nova geração, na qual é talentosa e tem nomes para ficar de olho. Enfim, o time comandado por Ronald Koeman está em 3º  no grupo C das eliminatórias para o torneio europeu de 2020, e tem totais condições de carimbar a vaga.

REFORMULAÇÃO

Após a Copa do Mundo de 2014, foram necessárias mudanças na seleção holandesa. Começando pelo técnico Louis Van Gaal, que deixou o comando. Ainda, tivemos a aposentadoria de alguns nomes como Robin Van Persie, Arjen Robben e Wesley Sneijder. Tudo isso se soma ao péssimo desempenho durante estes quatro anos da Laranja Mecânica, que culminou com a não classificação para a Euro 2016 e o Mundial de 2018. Com isso, Ronald Koeman assumiu o comando, e percebeu não só ele, mas o futebol holandês como um todo que era a hora de trocar a geração.

A NOVA DEFESA SÓLIDA

Com talvez a melhor dupla de zagueiros do mundo, a seleção holandesa possui solidez na sua defesa, formada pelo capitão Virgil Van Dijk (melhor jogador da temporada 2018-19) e a revelação Matthijs De Ligt, que fez excelente temporada no Ajax e agora está na Juventus. Ambos tiveram importante papel no objetivo de suas respectivas equipes na última temporada. Além disso, os dois tem feito grandes jogos pela Laranja Mecânica, principalmente na UEFA Nations League. O atleta do Liverpool decidiu na vitória sobre a Alemanha. Já o jovem jogador foi fundamental na semifinais da competição, diante da Inglaterra.

Além disso, completam a defesa a dupla de laterais do Ajax, Veltman e Blind, com este segundo trazendo mais experiência e equilíbrio ao sistema defensivo, visto que o jogador já atuou no Manchester United e jogou o mundial de 2014. Enfim, na meta da Holanda está o goleiro Jasper Cilessen, ex-Barcelona e atualmente no Valencia.

MEIO-CAMPO E ATAQUE PARA FICAR DE OLHO

O meio-campo de Ronald Koeman sem dúvida é um dos que possuem mais talento atualmente. A dupla de volantes é formada pelo jovem Frenkie De Jong e Davy Propper, com destaque para o primeiro, que foi eleito melhor meio-campista da última temporada. O papel dele no time do Ajax no ano passado fez com o jogador que chamasse a atenção de todos e que o Barcelona o contratasse. Além da dupla de volantes, Georginio Wijnaldum tem grande papel nesse time. Sobre o comando de Jurgen Klopp no Liverpool, seu futebol cresceu altamente de nível e com isso, se tornou um dos atletas fundamentais da Laranja Mecânica.

Além disso, o banco da Holanda é bem recheado. Quase sempre, De Roon, da Atalanta está em campo atuando pela seleção. Ainda, Van De Beek, Berghuis, Strootman, entre outros nomes estão sempre a disposição e cumprindo o papel que Ronald Koeman o pedem para fazer.

Enfim, o ataque holandês é composto por uma mistura de juventude com experiência. O principal nome sem dúvida é do atacante do Lyon, Memphis Depay. Porém, temos outros atletas importantes, como Ryan Babel, o mais experiente da frente. Ainda, outros jogadores estão surgindo neste esquema, como o de Justin Kluivert, da Roma e de Donyell Malen do PSV.

RESULTADOS

A nova geração holandesa vem apresentando bom futebol com os nomes para ficar de olho e ainda, está novamente batendo de frente com as potências europeias. Com direito a eliminação de Alemanha e Inglaterra, a Holanda conquistou o vice-campeonato da UEFA Nations League, perdendo para Portugal. Além disso, está em nas eliminatórias da Eurocopa 2020, mas com uma partida a menos e totais condições de se classificar.

Os novos talentos da seleção da Holanda estão apresentando frutos e resultados. Com um pouco mais de amadurecimento e presença nas grandes competições, será um time que irá bater de frente fortemente com as potências mundiais nos próximos anos.

Foto destaque: Reprodução/Emannuel Dunand/AFP

Caíque Ribeiro

Sobre Caíque Ribeiro

Caíque Ribeiro já escreveu 103 posts nesse site..

Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 18 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5


 

365 Scores

 

Caíque Ribeiro
Caíque Ribeiro
Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 18 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5
https://offbook.sport.blog/

Artigos Relacionados

Topo