Panamá x Tunísia – O adeus é um marco histórico para as duas seleções

Panamenhos e tunisianos, mesmo sem vencer seus adversários, carregam a vitória por estarem entre os 32 do Mundial
Panamá x Tunísia - O adeus é um marco histórico para as duas seleções

eliminadas da Copa do Mundo de 2018 na primeira fase, as seleções Panamenha e Tunisiana disputam o terceiro e último jogo pelo Grupo G para cumprir tabela e tentar elevar suas pontuações, que estão, até o momento, em zero. Mesmo que com os olhares distantes deste confronto, a Tunísia apresenta maior probabilidade de êxito contra o Panamá, que entra em campo para tentar reverter este cenário. A disputa acontece na tarde desta quinta-feira na Mordovia Arena, em Saransk, às 15h (horário de Brasília).

Panamá perdeu para a Bégica por 3 x 0 no primeiro jogo e por 6 x 1 contra a Inglaterra no segundo. No caso da Tunísia, perdeu o primeiro para  ingleses por 2 x 1 e para os belgas por 5 x 2 no último. Cada uma com duas derrotas nas costas, querem levar para casa um resultado satisfatório como triunfo da participação na competição.

PANAMÁ

Na Copa de 2010, Eslováquia era estreante, perdeu os dois primeiros jogos e venceu o último na despedida. Quatro anos depois, Bósnia-Herzegovina tinha as mesmas condições e fez o mesmo. Agora, em 2018, Panamá se espelha nos dois feitos como esperança de também levar os primeiros pontos no Mudial.

A última vez que o Panamá enfrentou um time africano foi contra a África do Sul durante a Copa de Ouro de 2005 e agora 13 anos no Mundial na Rússia. “Nos sentimos tranquilos e esperamos obter um resultado positivo para o Panamá. A Tunísia não é tão intensa ou inquebrável como as equipas europeias do grupo, mas ainda não somos favoritos neste jogo. Mas a nossa intenção é levar algo para o Panamá “, disse o técnico Hernan Dario Gomez

Quando os adversários foram sorteados, Hernán prontamente mudou a tática do 4-4-2 para 5-4-1 na intenção de complicar o desempenho inglês e belgo. Já que não vingou, talvez haja mudanças para o último jogo. “A Tunísia é uma equipe complicada. Contra a Bélgica eles jogaram um bom jogo, contra a Inglaterra eles fizeram melhor eu acho, especialmente em seu ataque. Eu acho que o capitão deles é o jogador mais interessante que eles têm. Não podemos ser confiantes demais, não podemos pensar que vai ser fácil, mas temos certeza de que nosso gerente sabe o que temos que fazer e fará da melhor maneira”, falou Felipe Baloy.

A partida também será marcada pela despedida de alguns dos jogadores mais experientes: o autor do primeiro gol panamenho, o zagueiro Felipe Baloy (37); o goleiro Jaime Penedo (36); o meia Gabriel Gómez (34); e os atacantes Luis Tejada (36) e Blas Pérez (37).

(Reprodução/4oito)

Possível Escalação: Penedo; Roman Torres, Escobar, Machado, Ovalle, Davis; Gomez, Quintero, Barcenas, Godoy; Gabriel Torres. Técnico: Hernán Darío Gómez.

TUNÍSIA

No ano de sua estreia na competição, em 1978, foi a única vez em que os tunisianos venceram uma partida de 3 x 1 em cima do México. Em suas outras três participações (1998, 2002 e 2006) contabilizam quatro empates e nove derrotas. Agora, querem fazer diferente, ou melhor, repetir o que aconteceu 40 anos atrás.

Mesmo se despedindo da Rússia na primeira fase, a Seleção Tunisiana fez boa participação e mostrou também uma boa campanha diante de grandes times como Bélgica e Inglaterra: até aqui igualou seu maior recorde de gols na competição (3 gols em 1978 e 2006) e se marcar mais um, será mais um grande feito para as Águias de Cartago.

“Os jogadores fizeram tudo nesta Copa do Mundo. Agradeci, porque eles não podiam fazer mais. Nosso objetivo era mais do que fizemos, mas devemos vencer este último jogo especialmente porque a Tunísia não vence nenhuma partida da Copa do Mundo há 40 anos. Vamos dar uma chance a alguns jogadores que não jogaram até agora para participar da última partida. “, disse Nabil Maaloul em coletiva de imprensa.

Uma lesão no joelho durante o treino de terça-feira tirou o goleiro, já reserva, Farouk Ben Mustapha do último jogo. “Ele apenas esticou a área interna do ligamento, então precisará de uma semana a dez dias de descanso”, revelou o médico da Seleção. Assim, quem fica ocupa seu lugar no gol é Aymen Mathlouthi, que atua no Étoile du Sahel e, sem qualquer jogador suspenso, Nabil Maaloul deve manter a mesma equipe e o seu 4-1-4-1.

Resultado de imagem para seleção da tunísia
(Reprodução/Sicnotícias)

Possível Escalação: Mustapha; Ben Youssef, Meriah, Maaloul, Bedoui; Ben Amor; Sassi, Skhiri, Silti, Badri; Khazri. Técnico: Nabil Maâloul.

RETROSPECTO

Seleção do Panamá participa pela primeira vez da Copa do Mundo e por isso não possui registros de confrontos em outros campeonatos contra a Tunísia. Portanto, as duas equipes são estreantes entre si também.

Beatriz do Vale

Sobre Beatriz do Vale

Beatriz do Vale já escreveu 352 posts nesse site..

Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Beatriz do Vale
Beatriz do Vale
Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

Artigos Relacionados

Topo