Pablo Marí é apenas o 15º europeu a atuar no Brasileirão neste século

A grande maioria, porém, não deixaram saudades. Relembre os outros jogadores
Pablo Marí no Flamengo

Todo ano muitos jogadores brasileiros saem para atuar na Europa. Mas, o caminho inverso, é feito poucas vezes. Pablo Marí, novo reforço do Flamengo, é apenas o 15º europeu a jogar o Campeonato Brasileiro neste século. O defensor espanhol, de 1,93m e 25 anos, atuou no Deportivo La Coruña na última temporada, cedido pelo Manchester City. Relembre os outros estrangeiros que cruzaram o oceano para atuar no Brasil.

Confira a lista

A Sérvia é o país que lidera a lista. São sete jogadores no total. Dejan Petkovic, que foi campeão brasileiro pelo Flamengo, em 2009, é o nome de maior destaque. entretanto, os outros europeus não deixaram saudades e saíram pela porta dos fundos. São eles: Osmanovic, Miodrag Andjelkovic, Nicolaj Damjanac, Zeljko Tadic, Vladimir Petkovic e Vladimir Djordevic.

De Portugal vieram dois jogadores e, também, sem muito brilho. Bruno Pereirinha, lateral direito, ficou cerca de um ano e meio no Athlético Paranaense. Mas, atuou bem pouco. E José Dominguez, que teve uma curta passagem pelo Vasco, em 2005. entretanto, não deixou saudades. O atleta sofreu com lesões no joelho e é bem capaz da torcida Cruz-de-Malta nem se lembrar do jogador.

Único jogador a vencer a Champions League por três clubes diferentes, Clarence Seedorf é sem dúvidas o maior nome a representar o continente europeu no Brasil. Apesar de ter nascido no Suriname, o atual treinador da seleção de Camarões sempre defendeu a Holanda. O multicampeão desembarcou em 2012, no Botafogo, e ajudou o clube a se tornar campeão carioca no ano seguinte. O Glorioso foi o último clube da carreira de Seedorf.

Sem deixar saudades

Depois de jogar por quase 10 anos na Lazio, o argentino naturalizado italiano, Cristian Ledesma, chegou ao Santos, em 2015. Entretanto, logo rescindiu o contrato e voltou à Europa, para atuar no Panathinaikos, da Grécia.  O Gringo da favela, Colin Kazim-Richards, já rodou por vários clubes. Aqui no Brasil, o atleta defendeu as cores de Coritiba e Corinthians.

Compatriota de Pablo Marí, Fran Mérida chegou ao Athlético Paranaense com uma experiência de quem já tinha atuado por clubes como Arsenal e Atlético de Madrid. Entretanto, o europeu não correspondeu as expectativas e saiu sem deixar saudades no torcedor do furacão. E para completar a lista, o alemão Alexander Baumjohann. O atleta, que já jogou no Bayern de Munique, teve passagens por Coritiba e Vitória.

Avatar

Sobre Paulo Marques

Paulo Marques já escreveu 24 posts nesse site..

Me chamo Paulo, sou apaixonado por futebol desde que eu nasci. Aliás, minha ligação com o futebol vem de antes de eu nascer. Mais precisamente na Copa de 94, no jogo entre Brasil x Holanda, no gol do Bebeto, que fez o embala neném em homenagem ao seu filho Matheus, que acabara de nascer dias antes. Meu irmão Carlos Junior viu a comemoração e achou linda e começou a me chamar de Bebeto, eu dentro da barriga da minha mãe. Ganhei um apelido antes de nascer, e carrego comigo até hoje. Sempre quis ser atleta. Mas me faltavam várias coisas. O máximo que consegui foi jogar algumas competições amadoras de vôlei. No futebol eu já tinha ficado para trás. Então decidi estudar jornalismo para estar mais próximo daquilo que gosto.


 

365 Scores

 

Avatar
Paulo Marques
Me chamo Paulo, sou apaixonado por futebol desde que eu nasci. Aliás, minha ligação com o futebol vem de antes de eu nascer. Mais precisamente na Copa de 94, no jogo entre Brasil x Holanda, no gol do Bebeto, que fez o embala neném em homenagem ao seu filho Matheus, que acabara de nascer dias antes. Meu irmão Carlos Junior viu a comemoração e achou linda e começou a me chamar de Bebeto, eu dentro da barriga da minha mãe. Ganhei um apelido antes de nascer, e carrego comigo até hoje. Sempre quis ser atleta. Mas me faltavam várias coisas. O máximo que consegui foi jogar algumas competições amadoras de vôlei. No futebol eu já tinha ficado para trás. Então decidi estudar jornalismo para estar mais próximo daquilo que gosto.

Artigos Relacionados

Topo