Opinião: sem critérios, FIFA elege Modric o melhor do mundo

Premiação deu a Luka Modric o prêmio de melhor jogador do mundo, tirando a hegemonia Cristiano Ronaldo-Messi que perdurava 10 anos

Na tarde desta segunda-feira (24), o croata Luka Modric foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA. Modric ganhou o prêmio em votação de capitães e técnicos de cada seleção, de um jornalista de cada país inscrito na entidade máxima do futebol e de torcedores registrados no site oficial da entidade. Na minha visão, a votação deveria ser TOTALMENTE TÉCNICA, com jornalistas renomados, jogadores, técnicos e também os capitães das seleções, agora, torcedor em sua maioria passional? É BRINCADEIRA!

https://twitter.com/FIFAcom/status/1044314696764051456

Entenda o caso!

Aqui não é um discurso passional, é um discurso de indignação com a federação. Até o “gol comum” de Mohamed Salah foi eleito o melhor do mundo. Como assim? Longe de mim dizer que Lukita não é um grande jogador ou que não mereça o prêmio de melhor do mundo, até merece, assim como o espanhol Andrés Iniesta também mereceu, e 2010, ao ganhar a Copa do Mundo com a Espanha em 2010 e, junto a Lionel Messi, vencedor do prêmio naquele ano, ter sido campeão do Campeonato Espanhol e Supercopa da Espanha. E porque Messi levou o prêmio?

Além de Iniesta, Wesley Sneijder também merecia, ao ter conduzido a Internazionale de Milão a histórica e lendária tríplice coroa italiana (Campeonato Italiano, Copa da Itália e Supercopa da Itália), além de ter conquistado a quíntupla coroa ao vencer também a Liga dos Campeões (2009/10) e o Mundial de Clubes da FIFA (2010), pelo mesmo clube. E o camisa 10 Nerazzurri e da Seleção Holandesa ainda conduziu seu time a final da Copa do Mundo frente a Espanha de Iniesta. Se alguém merecia aquele prêmio, não seria Sneijder? E porque Messi levou o prêmio?

Messi levou o prêmio pelos números absurdos obtidos na temporada de 2010: 64 jogos (sendo 10 pela Seleção) e 60 gols (sendo dois pela Seleção).

Messi foi eleito melhor jogador do mundo em 2010, sendo considerado surpresa ao desbancar os campeões do mundo Xavi e Iniesta (Reprodução/AFP)

MAS NÚMEROS NÃO CONTAM!

Passemos para 2013 e 2014, anos em que Cristiano Ronaldo levou o prêmio de melhor jogador do mundo duas vezes seguidas. Em 2013, o rei dos troféus naquela temporada foi o Bayern de Munique, campeão da quíntupla coroa (Campeonato Alemão, Copa da Alemanha, Supercopa da UEFA, Liga dos Campeões da UEFA e Mundial de Clubes da FIFA) sob o comando de Jupp Heynckes e liderado, em campo, por Franck Ribéry, que também merecia ser melhor do mundo, sendo autor de 11 gols e 16 assistências em 39 jogos. E porque Cristiano Ronaldo levou o prêmio?

Em 2014, o Robozão ganhou mais uma bola de ouro, muito devido a sua ótima temporada individual e os quatro títulos que ganhou como UEFA Champions League, Mundial de Clubes da FIFA, Copa do Rei e Supercopa da UEFA. Porém, o holandês Arjen Robben fez uma temporada impecável. Como se não bastasse a injustiça de terem tirado de Robben o prêmio de melhor jogador da Copa do Mundo de 2014, o jogador nem na lista dos três concorrentes ao prêmio da Bola de Ouro 2014 ficou.

Mais uma vez a Fifa, através de suas premiações, cometeu um ato insano contra o Bayern, visto que os mesmo títulos de Ribéry, mencionados acima, Robben tinha e ainda fez um excelente Copa, levando a Holanda até o terceiro lugar, sem nenhum derrota, caindo para a Argentina de Messi no pênaltis. No Top 3 de melhores do mundo ficaram CR7 e Neuer, obviamente, e Messi, muito por ter sido eleito melhor jogador da Copa daquele ano, o que foi bem contestado. E porque Cristiano Ronaldo levou o prêmio?

Cristiano Ronaldo levou o prêmio pelos números absurdos obtidos na temporada de 2013 e 2014, sendo duas chuteiras de ouro consecutivas e o título da Champions League 2013/14.

Cristiano Ronaldo é eleito melhor do mundo pela FIFA pelo segundo ano consecutivo em 2014, sendo a terceira conquista do português (Reprodução/FIFA)

MAS NÚMEROS NÃO CONTAM!

Em 2018, Luka Modric vence a Liga dos Campeões com o Real Madrid, este tendo Cristiano Ronaldo como protagonista e artilheiro da competição (15 gols em 13 jogos). Porém, Luka Modric levou a Seleção Croata até a final da Copa do Mundo e se destacou na construção de jogadas, na distribuição dos passes, na marcação e na liderança. Enquanto o português marcou um hat-trick em cima da Seleção da Espanha no primeiro jogo da Copa, no segundo marcou o gol da vitória sobre o Marrocos, se tornando artilheiro naquele momento. Porém, caíram nas oitavas de final frente a Seleção Uruguaia.

Então vamos ao ano dos três jogadores que concorreram ao prêmio de melhor do mundo:

Cristiano Ronaldo: 54 gols e 11 assistências em 55 jogos (título da UEFA Champions League).

Luka Modric: 5 gols e 11 assistências em 59 jogos (título da UEFA Champions League).

Mohamed Salah: 50 gols e 16 assistências em 58 jogos (sem títulos).

E porque Cristiano Ronaldo não levou o prêmio?

MAS NÚMEROS NÃO CONTAM!

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1170 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo