Opinião: qual o tamanho da perda se Modric sair do Real Madrid?

Na mira dos italianos da Inter de Milão, o futuro do croata está em aberto
Modric

Nas últimas semanas, um rumor correu pelas capas dos jornais do mundo inteiro, Tratava-se da saída de Luka Modric, melhor jogador da Copa do Mundo de 2018, do Real Madrid. O boato seria da ida do croata á Inter de Milão, clube que vem contratando jogador atrás de jogador nessa janela de transferência. Nomes como Radja Nainggolan e Lautaro Martínez já foram apresentados, mas o presidente Erick Thohir, junto do proprietário chinês Zhang Jindong, já planejam uma manobra para contar com o camisa 10, envolvendo patrocinadores para ajudar nos 30 milhões de euros anuais de salário. Por enquanto, tudo é um mar de rosas para a Inter de Milão, podendo contar com o Bola de Ouro do último mundial disputado.

QUAL O IMPACTO DA SAÍDA DE MODRIC DO REAL MADRID?

Desde 2012 no clube madrileño, conquistando diversos títulos, dentre eles quatro Champions Leagues, três em sequência, Modric é um jogador que pode não aparecer muito nos telões ou em gols, mas é importantíssimo no esquema atual. Dividindo o cérebro da equipe com Toni Kroos, os dois forma uma engrenagem sonhada por muitos times no mundo.

Modric e Kroos, responsáveis pelas jogadas criativas do Real Madrid. (Foto: Reddit)

Durante a Copa do Mundo, muitos diziam que os dois eram superestimados, murmurando serem jogadores ruins em um time bom. Você pode dizer isso de um outro camisa 10 que passou pelo clube espanhol, um tal de Lass Diarra. Mas não ouse dizer o mesmo do croata e do alemão. Ambos são os responsáveis por fazer a bola sair da defesa e chegar até o ataque, serviço o qual é feito com muita qualidade.

A inteligência de ambos é invejada, mas como foi dito acima, são uma engrenagem. Se um sair, como o quê pode acontecer com o vice-campeão do mundo, pode complicar os planos dos blancos. Sem Cristiano Ronaldo, quem seguiu rumo á Itália, já seria um pouco mais difícil, imaginem sem um dos articuladores, o melhor do mundo, diria.

O croata consegue quebrar linhas de marcação com dribles, passes e até mesmo lançamentos. Você pode não vê-lo na hora do gol, mas a chance de ter sido ele quem fez tudo isso possível, é grande. Inteligência e rapidez para sair de uma marcação com três jogadores em cima do mesmo e armar um contra-ataque de um bola praticamente perdida. Achar espaços que outros ótimos meio-campistas não ousariam tentar conquistar, lançamentos onde menos esperamos, certos, na maioria deles.

Modric comemorando a vaga na final da Copa do Mundo de 2018. (Foto: Daily Express)

 

Sem ele, essas jogadas aconteceriam menos, com foco em quebrar as linhas com passe, o que é possível, porém mais difícil. Além disso, o entrosamento teria de ser outro. Com Modric, os jogadores sabem da capacidade e do pensamento oportuno do mesmo. Com seis anos de casa, o meio-campo não é visto sem o “parente de David Guetta” entre as quatro linhas.

Torcendo para BarcelonaManchester UnitedJuventus, qualquer time do mundo inteiro, tenho absoluta certeza de quê você aprecia o futebol do croata, como ele joga de terno e como ainda esperamos o mesmo ter um jogo ruim em sua carreira.

Avatar

Sobre Mathias Galdi

Mathias Galdi já escreveu 99 posts nesse site..

Andreense, nascido e criado na única cidade do ABC representada por um campeão da Copa do Brasil. Tenho 19 anos, faço graduação em Jornalismo, o que era mais certo na minha vida do que qualquer outra coisa. Naquelas atividades bobas da escola, eu já me saia bem, ou seja, era eu quem passava vergonha pra sala toda. Brincadeiras á parte, a comunicação sempre esteve presente em mim, principalmente na área dos esportes, onde atuo hoje. Sou apaixonado pelo esporte, seja qual for. Amante da tática e da estratégia.

1X Bet
Avatar
Mathias Galdi
Andreense, nascido e criado na única cidade do ABC representada por um campeão da Copa do Brasil. Tenho 19 anos, faço graduação em Jornalismo, o que era mais certo na minha vida do que qualquer outra coisa. Naquelas atividades bobas da escola, eu já me saia bem, ou seja, era eu quem passava vergonha pra sala toda. Brincadeiras á parte, a comunicação sempre esteve presente em mim, principalmente na área dos esportes, onde atuo hoje. Sou apaixonado pelo esporte, seja qual for. Amante da tática e da estratégia.

Artigos Relacionados

Topo