Opinião: Luxemburgo precisa provar que não é apenas um currículo vitorioso

Multicampeão, Pofexô terá nova chance em um clube grande, em mais uma oportunidade para mostrar porque é quem diz ser

Anunciado e apresentado nesta quarta-feira, Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Vasco da Gama. Sem clube desde sua passagem pelo Sport, em 2017, o Pofexô, como é carinhosamente conhecido, retorna à elite do futebol brasileiro para mais um recomeço, mas ainda respaldado pelo seu currículo vitorioso.

Em suas redes sociais, o novo clube de Luxa ressaltou os títulos que o treinador ostenta. “Cinco vezes campeão brasileiro e com passagens pelo Real Madrid, da Espanha, e pela Seleção Brasileira”, diz o tuíte dos cariocas. A publicação também informa que o contrato é válido até o fim deste ano.

Luxemburgo é, sem dúvida, um dos treinadores mais vitoriosos. Sua importância para o futebol brasileiro, inclusive, é incontestável. A grande questão, no entanto, é que o legado de Luxa se tornou mais caricato do que respeitado.

Caixa de areia, 4-1-4-1…

Entre os anos 1990 e 2000, a implementação das equipes de fisiologia, de análise de desempenho e da famigerada caixa de areia para a preparação física eram novidades importantes, necessárias e, exatamente por isso, revolucionárias. Mas, em pleno 2019, muito pouco para as pretensões de clubes grandes e para suas próprias pretensões. E por isso viram memes, como se sabe.

O currículo vitorioso de Luxemburgo o credencia para os maiores clubes do país, mesmo que acumule fracassos desde 2010. Mas seu retorno ao futebol é uma boa notícia. Em sua apresentação, o novo comandante do Cruz Maltino afirmou que volta para “recuperar a autoestima do clube”. O Vasco possui um elenco limitado, ocupa a última colocação do Brasileirão com apenas um ponto em três rodadas.

Luxa disse, ainda, que o clube carioca está lhe oferecendo “uma oportunidade de voltar a ser o Luxemburgo que vocês questionaram por muito tempo”. O treinador também afirmou que, em seu período sabático, se reciclou, foi estudar e “ver o que as pessoas estão falando do futebol”.

Em outras ocasiões, Luxemburgo já adotou uma postura defensiva, humilde, como quem agradece a chance de recomeçar, mas, no desenrolar dos fatos, se perdeu. Isto, aliás, é de extrema importância para a sequência do técnico do Vasco. O elenco, como ele mesmo destacou, tem qualidade para deixar a situação cômoda, mas o ego de figuras carimbadas, como Maxi López, Bruno César, Leandro Castán, podem se chocar com o do treinador.

Luxemburgo, hoje, volta de forma ofuscada, mas, como um medalhão, pode agregar e muito. Ao Vasco e ao futebol brasileiro. Como figura de peso do futebol brasileiro, seu triunfo é importante. Aguardemos, pois, os próximos fatos.

André Siqueira Cardoso

Sobre André Siqueira Cardoso

André Siqueira Cardoso já escreveu 313 posts nesse site..

Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
André Siqueira Cardoso
André Siqueira Cardoso
Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

Artigos Relacionados

Topo