Ódio eterno ao futebol moderno

Final de campeonato. A torcida embalada pelo hino de “É CAMPEÃO”. Uma massa de gente descia a Praça Charles Miller. Só podia ser alguma final de campeonato. As torcidas organizadas são conhecidas pelo seu fanatismo, pelo seu amor, pela sua entrega na vitória ou na derrota. Seja a Gaviões da Fiel, a Mancha Verde, a Dragões da Real, ou a Torcida Jovem, todas elas tem uma coisa em comum: O AMOR MAIS FIEL DO MUNDO – O FUTEBOL.

 A sensação de se pendurar em um alambrado e ficar lá, mesmo com as mãos cheias de calos, os pés não aguentando mais. Nós ficamos. Sabe por quê? Porque o amor por aquele time é maior que qualquer sentimento no mundo. E os gols? Ah os gols. Podia ser um simples jogo, comemorávamos como se fosse uma final de campeonato.

O futebol moderno está tirando isso de nós. Não podemos mais colocar faixas nos estádios. Em clássicos nos limitaram ao “torcida única”. Hoje não vemos mais torcedores que ficam de olho no campo até no intervalo, hoje temos torcedores que passam a maior parte dos 90 minutos de olhos em seus celulares. O futebol moderno está acabando com aquilo que é a nossa paixão.

Tiraram o nosso direito de assistir a um jogo em pé. Você não pode mais levantar, cantar, e apoiar o seu time. Os estádios se tornaram cinemas. Nos jogos da Copa do Mundo. Sim, uma Copa do Mundo, no nosso país, os torcedores ficavam sentados, SENTADOS. Tivemos o maior evento do mundo na nossa casa, e ainda sim, tivemos “torcedores” que assistiam aos jogos sentados.

O estádio do Morumbi tem capacidade pra pouco mais de 80.000 mil torcedores. O recorde de público foi na final do Paulistão de 1977, onde o Corinthians enfrentou a Ponte Preta, e os times levaram mais de 145.000 mil torcedores ao estádio. Se eles ficaram sentados? Aquele estádio ficou pequeno pra tanto futebol que havia ali dentro.

Estádio não é um lugar para se sentar e apreciar uma simples partida de futebol. O estádio é a nossa casa. O estádio é onde colocamos os nossos anseios e sonhos. O estádio é o casamento que consideramos perfeito. O estádio é onde vivemos o amor mais verdadeiro do mundo: O FUTEBOL.

Ninguém irá acabar com esse amor. Os verdadeiros torcedores iram continuar contra isso. Vai ter torcedor em pé gritando sim. Vai ter faixa com nome de organizada sim. Vai ter chinelo voando no campo sim. Acima de tudo terá o amor por esse esporte lutando contra o futebol moderno. Vocês querem sentar? Vão ao cinema. Querem silêncio? Fiquem em casa. Não venham ao nosso mundo para ditarem regras, vocês não conseguiram. Temos ódio eterno ao futebol moderno. Nenhum ditador irá mandar no futebol, nem os ingressos caros, nem as proibições, nada conseguirá nos calar.

Ariane Delgado

Sobre Ariane Delgado

Ariane Delgado já escreveu 19 posts nesse site..

Ariane Delgado, Paulista, estudante de Jornalismo e torcedora doente do Sport Club Corinthians Paulista. Apaixonou-se pelo futebol quando viu uns meninos jogando na frente de casa por volta dos seus 5 anos, desde então é jogadora de futebol nas horas vagas e frequentadora dos estádios da vida. Sabe que a mesa de um bar é o local ideal para se discutir uma partida de futebol, e leva pra vida que futebol sempre irá fazer seu coração disparar.

365 Scores

BetWarrior


Ariane Delgado
Ariane Delgado
Ariane Delgado, Paulista, estudante de Jornalismo e torcedora doente do Sport Club Corinthians Paulista. Apaixonou-se pelo futebol quando viu uns meninos jogando na frente de casa por volta dos seus 5 anos, desde então é jogadora de futebol nas horas vagas e frequentadora dos estádios da vida. Sabe que a mesa de um bar é o local ideal para se discutir uma partida de futebol, e leva pra vida que futebol sempre irá fazer seu coração disparar.

Artigos Relacionados

Topo