O que está em jogo na última rodada da fase de classificação do Mineiro?

Boa Esporte e Caldense disputam 4º lugar para mandar quartas em casa, América e Cruzeiro brigam por vice-liderança e URT e Guarani fogem de rebaixamento

A noite de quarta-feira (20) fará ferver seis estádios, em cinco cidades de Minas Gerais. A última rodada do Campeonato Mineiro acontece nesta quarta-feira com todos os jogos às 21h30 (de Brasília) nos estádios em Belo Horizonte, Juiz de Fora, Varginha, Tombos e Patos de Minas. A briga é quente na última vaga do G4, nas vagas que restam no G-8 e na luta contra o rebaixamento para o Módulo II em 2020.

Apenas Atlético Mineiro, garantido como líder absoluto, e Tupi, rebaixado com uma rodada de antecedência, não estarão disputando nada nesta última rodada. Desde 2004, quando o atual formato passou a ser usado no Módulo I, apenas seis vezes o time de melhor campanha na primeira fase foi o campeão. Em nove oportunidades, a liderança na etapa classificatória não fez a diferença.

Os oito primeiros colocados jogam no próximo final de semana as quartas de final, introduzidas na competição no ano passado e que são disputadas em jogo único. Em caso de empate, a vaga nas semifinais será decidida na disputa de pênaltis.

O FNV listou o que estará em jogo em cada um dos confrontos da noite. Confira abaixo:

Cruzeiro x Caldense, no Mineirão, em Belo Horizonte

Vice-líder com 22 pontos e tentando se manter na posição para futuras vantagens, o Cruzeiro recebe a Caldense que ainda sonha com o quarto lugar, hoje ocupado pelo Boa Esporte. Confirmando o segundo lugar, a Raposa terá vantagem de dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols nas semifinais (se chegar lá) e, caso o Atlético não chegue à decisão, também na final. Se perder para a equipe de Poços de Caldas, o Cruzeiro deverá torcer para uma derrota do América contra o Guarani.

Em 5º com 13 pontos, a Caldense precisa vencer o Cruzeiro e torcer por um tropeço do Boa contra o Villa Nova em Varginha, além de tirar a desvantagem no saldo de gols (hoje, o Boa tem três, e a Caldense dois). Se empatarem também no quesito, terão de decidir no número de gols pró, o Boa tem 19 contra 11 da Veterana. A equipe de Poços de Caldas poderá ainda perder posições e cair até para oitavo, caso perca para a raposa e Patrocinense (sexto com 12), Tupynambás e Villa Nova (sétimo e oitavo, respectivamente, com 11 cada um) vençam.

Tombense x Patrocinense, no Almeidão, em Tombos

A briga pelo G8 e contra o rebaixamento vai esquentar o Almeidão em Tombos. 9º colocado com 10 pontos, o Tombense precisa vencer para não se preocupar com a degola e claro, se classificar para as quartas. Caso tropece em casa, a equipe de Tombos deve torcer para que o Guarani (10º, com nove pontos) não vença o América e para que a URT (11ª com sete) não vença e tire a desvantagem no saldo (-8 contra -3). A conta para classificar é simples: qualquer vitória leva o time às quartas de final, já que tem um confronto direto contra o Patrocinense, time que está com dois pontos a mais na tabela.

O caso do Patrocinense não é diferente. 6º colocado com 12 pontos, a equipe de Patrocínio chega na última rodada podendo terminar em quarto, em caso de vitória nesta noite e derrotas de Caldense e Boa Esporte, ou podendo perder a vaga no G8, em caso de tropeço em Tombos e resultado positivo de Tupynambás, que enfrenta o Galo e Villa Nova, que enfrenta o Boa. Se empatar, o Patrocinense se classifica, mas pode perder posições caso Tupynambás e Villa Nova vençam suas partidas.

https://twitter.com/PatrocinenseCAP/status/1099412469712408576

URT x Tupi, no Zama Maciel, Patos de Minas

Um jogo de desespero para os donos da casa e de tristeza para os visitantes. Em 11º lugar e com 7 pontos, a URT é o que está em situação mais complicada na tabela entre os times que ainda brigam por alguma coisa. A equipe não conseguirá mais se classificar para as quartas, mas precisa vencer e torcer contra o Guarani de Divinópolis para permanecer na primeira divisão no próximo ano. Se perder, estará automaticamente rebaixada. Se vencer, deverá torcer para que o Guarani perca diante o América no Independência. Se o Bugre empatar, ainda terá de tirar a desvantagem no saldo (-8 contra -5). Caso o Guarani vença, a URT tem chance ainda de escapar se o Tombense perder e tirar desvantagem no saldo de gols (-8 contra -3).

O Tupi, já rebaixado e se despedindo da primeira divisão em 2019, pode, no máximo, ultrapassar a URT na última rodada. Para isso, vencer o “confronto direto” e tirar a desvantagem de oito gols no saldo (-16 contra -8). A equipe de Juiz de Fora disputará o Módulo II em 2020.

América-MG x Guarani-MG, no Independência, em Belo Horizonte

O América caiu do 1º para o 3º lugar na tabela nas últimas rodadas, mas ainda sonha em terminar na vice-liderança. Para isso, além de vencer a partida, a equipe precisa torcer para um tropeço do Cruzeiro contra a Caldense no Mineirão. Se empatar, a equipe também poderá ficar em segundo caso a raposa perca. Se não conseguir uma das combinações, estará garantido como o terceiro melhor.

https://twitter.com/AmericaMG/status/1108126235266375680

Ainda assombrado pelo rebaixamento, o Guarani entra desesperado para a partida querendo vencer e espantar a crise. 10º colocado com apenas 9 pontos, a equipe de Divinópolis depende somente de si para se manter na primeira divisão. Caso perca o jogo, deverão torcer para uma derrota da URT para o já rebaixado Tupi. Em caso de empate diante o América, o Guarani também precisará torcer para a URT não vencer e não tirar a desvantagem no saldo de gols (-8 contra -5). Para conseguir a classificação para as quartas de final, o Guarani precisa vencer e torcer por tropeço do Tombense e perda de pontos de Villa Nova ou Tupynambás.

Tupynambás x Atlético-MG, no Municipal, em Juiz de Fora

Em uma das partidas mais importantes do ano, o Tupynambás recebe o Galo precisando da vitória para chegar às quartas de final. Em 7º lugar com 11 pontos, a equipe de Juiz de Fora depende somente de si para avançar. Se perder para o Atlético, a equipe terá que torcer para tropeços de Tombense, diante o Patrocinense, e Guarani, frente o América. Ainda levando em consideração uma derrota do Baeta e um tropeço do Tombense, o time de Juiz de Fora só se manteria em sétimo em caso de revés também do Villa Nova (oitavo com 11). Caso vença o Atlético, o Baeta pode subir posições se o Patrocinense não vencer ou a Caldense tropeçar contra o Cruzeiro. Em caso de empate da Veterana, o time de Juiz de Fora precisaria tirar uma desvantagem de nove gols no saldo (dois contra -7).

Líder com 25 pontos e já garantido como melhor equipe da primeira fase, o Atlético irá apenas cumprir tabela diante o Tupynambás. O galo conquistou vantagem em todas as fases eliminatórias, desde que passe por elas, graças à vitória nos minutos finais diante o América na última rodada. Ansioso, a equipe aguarda seu adversário que pode ser Caldense, Patrocinense, Tupynambas, Villa Nova, Tombense ou Guarani.

https://twitter.com/Atletico/status/1108382776460566528

Boa Esporte x Villa Nova, no Municipal, em Varginha

Dono da melhor campanha do interior até agora, quarto colocado com 15 pontos, o Boa Esporte quer vencer para conquistar o G4 de vez e mandar o jogo das quartas em Varginha. Para que isso aconteça, o Boa precisa apenas de uma vitória simples diante o Villa Nova. Se empatar ou perder, a equipe terá que torcer contra a Caldense. Em caso de empate em Varginha e vitória da veterana, as equipes decidirem o lugar nos critérios de desempate. As equipes empatariam no número de vitórias (quatro), e teriam de decidir no saldo de gols (hoje, o Boa tem três, e a Caldense dois). No número de gols pró, o Boa tem 19 contra 11 da Veterana. Se perder, a equipe poderá até cair para sexto, caso Caldense vença o Cruzeiro e o Patrocinense vença o Tombense, e ainda tire a desvantagem no saldo de gols (hoje, o Boa tem três, contra 0 do Patrocinense).

https://www.instagram.com/p/BvKwat6DTED/?utm_source=ig_web_copy_link

Vindo de bons resultados na última rodada, o Villa Nova, 8º colocado com 11 pontos, é o último garantido na elite e vive situação igual ao Tupynambás. Se perder ou empatar contra o Boa, a equipe precisa torcer contra o Tombense para chegar às quartas. Se vencer, a equipe pode chegar em sétimo, caso Tupynambás e Patrocinense tropecem. E para chegar em 5º a equipe precisa ainda torcer contra a Caldense.

Avatar

Sobre Iago Almeida

Iago Almeida já escreveu 202 posts nesse site..

Iago de Almeida Silva, mineiro, nascido em Seritinga, interior de Minas Gerais, e residente em Varginha, também em Minas, 25 anos. Cursando o 7° período de jornalismo no Centro Universitário do Sul de Minas - UNIS. "Desde criança sou vidrado pela área da comunicação. Estou me apaixonando a cada dia mais pelo Jornalismo Esportivo. Uma frase que me motiva: "O futuro não se encaixa nos contentores do passado" - Rishad Tobaccowala".

BetWarrior


Avatar
Iago Almeida
Iago de Almeida Silva, mineiro, nascido em Seritinga, interior de Minas Gerais, e residente em Varginha, também em Minas, 25 anos. Cursando o 7° período de jornalismo no Centro Universitário do Sul de Minas - UNIS. "Desde criança sou vidrado pela área da comunicação. Estou me apaixonando a cada dia mais pelo Jornalismo Esportivo. Uma frase que me motiva: "O futuro não se encaixa nos contentores do passado" - Rishad Tobaccowala".

Artigos Relacionados

Topo