No Uruguaio, mais uma rodada para superar os resultados ou repetir os tropeços anteriores

Neste sábado (9), quatro confrontos dão início à 4ª rodada do Campeonato Uruguaio
No Uruguaio, mais uma rodada para superar os resultados ou repetir os tropeços anteriores

O primeiro grupo a disputar a 4ª rodada do Apertura Uruguaio 2019 neste sábado (9) é: Progreso e Wanderers no Parque Abraham Paladino, Cerro e Plaza Colonia no Estádio Luis Troccoli, Defensor Sporting e Juventud no Luis Franzini, todos iniciando simultaneamente às 16h30 (horário de Brasília) e, por fim, às 19h, Nacional e Boston River no Estádio Gran Parque Central. Ainda bem no início do campeonato, as equipes vão em busca de uma definição na tabela e se estabilizar entre os melhores. Mas, há as que já estão surpreendendo positivamente e outras que estão deixando a desejar.

APERTURA URUGUAIO – 4ª RODADA

Progreso x Wanderers

Invicto no campeonato, o time da casa só ocupa o terceiro lugar pelo critério de desempate (saldo de gols), tendo a sua frente o atual líder Peñarol e o vice Cerro Largo. Repetir a dose é o objetivo de Leonel Rocco, ainda mais por estar em seus domínios. Com três desfalques confirmados, Carlos Canobbio e Agustín González lesionados e Emanuel Gularte suspenso, fez com que o técnico pensasse em variantes como colocar um volante na zona central: a ideia é colocar Emilio Zeballos ao lado de Gonzalo Castillo. Mathías Riquero e Julián Lalinde podem começar em campo.

Pelo lado adversário, a equipe de Román Cuello ocupa a 7ª posição com quatro pontos, provenientes de uma vitória e um empate. No último domingo (3) foi derrotado em casa pelo Fénix por 2 x 0, mas mesmo assim o técnico não mexe em seus jogadores, sendo eles: Ignacio De Arruabarrena, Federico Barrandeguy, Gaston Bem, Diego Barboza, Lucas Morales, Santiago Martinez, Francisco Ginella, Ignacio Gonzalez, Christian Bravo, Nicolás Albarracín e Rodrigo Pastorini. Maximiliano Araújo é o único fora e passará de quatro a seis semanas em recuperação.

Cerro x Plaza Colonia

Vitorioso apenas uma vez e derrotado três, Jorge González já tem equipe definida e entra em campo para buscar o triunfo. Felipe Klein, Kevin Moreira e Ayrton Costa são os desfalques confirmados para amanhã e, com isso, os onze jogadores iniciais para vencer são: Carlos Techera, Rodrigo Izquierdo, Martin Gonzalez, Richard Pellejero, Mauro Brasil, Gonzalo Porras, Santiago Viera, José Luis Tancredi, Facundo Peraza, Diego Casas e Pablo Olivera.

Na 13ª posição, a equipe teve conseguiu subir à primeira divisão, mas já demonstra dificuldades em conseguir bons resultados tendo apenas um ponto ganho até agora, do empate por 2 x 2 contra o Boston River na estreia do Apertura. Com Facundo Kidd e Luis Aguiar fora do jogo nesta rodada, Facundo Waller e Matías Caseras são os nomes cogitados para assumir o meio-campo.

Defensor Sporting x Juventud

Os mandante tropeçaram nas duas primeiras rodadas no Campeonato Uruguaio, sem mencionar a desclassificação da fase eliminatória da Libertadores, mas conseguiram o primeiro triunfo no último domingo (3) contra o Rampla Juniors, fora de casa, por 2 x 0. Vitória essa que traz mais confiança para conquistar mais três pontos dentro de seus domínios. Com Facundo Milan e Ramiro Cristóbal recuperados, Jorge Da Silva tem todos os seus jogadores disponíveis contra o Juventud.

Na vice-lanterna, o time visitante está mal das pernas sem nenhuma vitória para contar história. Acabou de chegar na elite do campeonato, mas não tem conseguido se sobressair perante seus adversários. Talvez até agora, já que mesmo com as baixas de Cristian Sención e Lucas Martinez, o técnico Alvaro Fuerte tem o retorno de Joaquín Zeballos no ataque e está apostando suas fichas para conquistar os primeiros três pontos no Apertura.

Nacional x Boston River

Para se reeguer no Campeonato Uruguaio, Eduardo Domínguez aposta em Esteban Conde, Guillermo Cotugno, Marcos Angeleri, Matthias Vineyard, Alvaro Pereira, Felipe Carballo, mathías cardacio, Santiago Rodriguez, Gonzalo Castro, Gonzalo Bergessio e Sebastian Fernandez para iniciar a partida em casa. Octavio Rivero continua afastado. O Nacional conseguiu vencer por 1 x 0 a equipe venezuela Zamora na última quarta-feira, fora de casa, e agora o técnico está confiante no trabalho realizado pelos seus jogadores para refletir no Apertura:

“Nós sabemos a importância de ganhar uma visita. Os jogadores mostraram sua coragem e entenderam como jogar o jogo. Ele suportou quando teve que suportar e jogou quando ele podia jogar. Devemos continuar trabalhando para consolidar a ideia e continuar crescendo. Nós acreditamos muito no trabalho. Sabemos que isso está nos custando no ambiente local e no sábado teremos uma boa medida com o nosso pessoal para continuarmos propondo o que estamos procurando e a maneira como pretendemos procurá-lo. O que nos dá paz de espírito é a maneira como os jogadores assumem e seu grande compromisso. Os resultados chegarão.”

Os adversários do Nacional, por sua vez, estão em uma melhor condição: em três rodadas foram duas vitórias e um empate, ou seja, sem derrotas até agora, o que dá mais confiança para encarar o time conquistou a Supercopa do Uruguai. Gastón Machado tem dois desfalques confirmados para o confronto: de Robert Flores e de Miguel Amado suspenso, podendo ser substituídos por Santiago Arias ou Marcelo Tapia e Wiston Fernández ou Rodrigo Piñeiro.

Sobre Beatriz do Vale

Beatriz do Vale já escreveu 240 posts nesse site..

Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

Beatriz do Vale
Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

Artigos Relacionados

Topo