No Parazão, invencibilidade à prova neste sábado

Paysandu é o único invicto e quer permanecer assim no fim do dia
No Parazão, invencibilidade à prova neste sábado

Dois jogos abrem a 6ª rodada do Parazão 2019. O Bragantino receberá o Paysandu, na busca de decidir se foca na vaga pelas semifinais ou na briga contra degola. Já em Marabá, dois times bem resolvidos, para o mal, já que lutam contra o fantasma do rebaixamento.

Parazão 2019 – 6ª Rodada

Bragantino x Paysandu – 15h30

Único invicto no campeonato, o Paysandu irá até o Diogão, em Bragança, enfrentar Bragantino. O Bicolor é líder do Grupo A2 com 13 pontos e precisa vencer, se quiser ficar mais próximo da vaga para as semifinais da competição. Desde a vitória no clássico da semana passada, a equipe vem animada e com moral para seguir na temporada. Enquanto isso, a equipe que será mandante do duelo, está em 2º no Grupo A1 e vive um dilema, se vence, foca em busca das semifinais, porém, se perde, pode ter que voltar suas atenções para a zona de rebaixamento, isso é o que o Tubarão não deseja para o momento.

https://www.instagram.com/p/BuOYagNnYfU/

Águia x Tapajós – 19h

Mais tarde, o Águia recebe no Zinho Oliveira, em Marabá, a equipe do Tapajós, que não sabe o que é entrar em campo, desde o empate sem gols contra o Castanhal, há exatos nove dias. Os marabaense estão no quarto lugar da chave A1, com cinco pontos e buscam se recuperar da derrota diante do Paysandu, em Belém. Os três pontos podem dar o alívio necessário para o time. No Boto, a preocupação é a mesma: a zona da degola. Na mesma posição e mesma pontuação que o rival, mas na chave A2, o time de Santarém tenta vencer a primeira fora de casa. A motivação vem por conta do tempo parado, que serviu para trabalhar de maneira especifica e ajudar na recuperação de atletas.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 773 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.


 

365 Scores

 

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo