Neymar pode deixar PSG em 2020 e Barça e Real estão na briga

O Príncipe do Gol possui um valor já estabelecido pela diretoria do PSG caso haja algum interesse em ser negociado

Jornalistas de diferentes meios de comunicação não param de falar sobre a insatisfação de Neymar no seu atual clube, o Paris Saint-Germain (PSG), o que parecia apenas especulações ou fake News, parece que está ganhando cada vez mais proporção e credibilidade. Uma das maiores cadeias de rádio da Espanha a rádio Cadena Ser afirmou nesta semana que o Príncipe do Gol possui um valor já estabelecido pela diretoria do PSG caso haja algum interesse em ser negociado.

Segundo informações, o jogador confessou estar arrependido por ter saído do Barcelona e no atual momento existe um interesse de sua parte em voltar a defender um dos maiores clubes da Catalunha. Por outro lado, o PSG está aberto a futuras negociações, contanto que o interessado invista pelo menos 220 milhões de euros (cerca de R$ 953 milhões) caso queira ter o Ney em seu elenco até o ano de 2019, porém, para 2020, o valor a ser reembolsado seria um total de 200 milhões de euros (cerca de R$ 866 milhões).

(Reprodução/ELESPANOL)

Além do Barcelona, alguns clubes ingleses já demonstraram interesse em tirar o astro do PSG. Até o momento, ele já marcou 11 gols, além de quatro assistências em apenas 11 jogos.

Paulino Henjengo

Sobre Paulino Henjengo

Paulino Henjengo já escreveu 39 posts nesse site..

Paulino Henjengo Nachipipa Martins, angolano e jornalista pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Go). Em Anápolis trabalhou no Jornal Contexto como repórter colaborador, e no Jornal O Bairrista como Repórter e cinegrafista, além de estagiar no Canal 5 como cinegrafista. Atualmente exerce a função de inspetor de ensino na Faculdade Anhanguera de Anápolis desde março de 2015, e é mestrando em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e pôs graduando em Docência Universitária pela Faculdade Anhanguera de Anápolis.


 

365 Scores

 

Paulino Henjengo
Paulino Henjengo
Paulino Henjengo Nachipipa Martins, angolano e jornalista pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Go). Em Anápolis trabalhou no Jornal Contexto como repórter colaborador, e no Jornal O Bairrista como Repórter e cinegrafista, além de estagiar no Canal 5 como cinegrafista. Atualmente exerce a função de inspetor de ensino na Faculdade Anhanguera de Anápolis desde março de 2015, e é mestrando em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e pôs graduando em Docência Universitária pela Faculdade Anhanguera de Anápolis.

Artigos Relacionados

Topo