Náutico se classifica após muita emoção e polêmica

O Timbu garantiu o acesso após pênalti polêmico no final
Foto: Paulo Paiva

Após fortes emoções e muita polêmica, o Náutico está classificado para as semifinais da Série C do Campeonato Brasileiro. Os torcedores que lotaram os Aflitos neste domingo (8) presenciaram algo que ficará marcado para sempre em suas memórias. Apesar de o Timbu sair atrás no placar contra o Paysandu, nos pênaltis a equipe pernambucana garantiu uma vaga para a próxima Série B.

1° TEMPO

A primeira etapa não foi como o torcedor alvirrubro esperava. O Papão dominou o jogo, sem sequer dar conta de que estava jogando fora de casa. Afinal, a equipe é dona da melhor campanha como visitante na competição e fazia jus a alcunha. Após lambança da defesa, aos 24’ Vinícius Leite recebe e chuta forte de fora da área. A bola desvia no peito de Diego e, assim, tira o goleiro Jefferson da jogada. Além de sair na frente, os visitantes ainda tiveram grande chance de ampliar o placar aos 41’. Nicolas recebeu lançamento, driblou o goleiro e finalizou. No entanto, Camutanga tirou de carrinho na pequena área, salvado a equipe.

2° TEMPO

Ao voltarem do intervalo, a postura dos dois times permaneceu a mesma. O Náutico não conseguia criar chances e continuava com a confiança abalada dentro de campo. Diferentemente de seu adversário que, já com o placar favorável, manteve-se pressionando em busca da vitória. Dessa forma, não demorou para o segundo gol chegar. Aos 9’, Tony cruzou rasteiro e Nicolas fez um belo gol de letra. Contudo, o que parecia impossível transformou-se em possibilidade. Exatos dez minutos depois, William Simões cruzou pela esquerda para Álvaro diminuir o placar. Porém, aumentava as esperanças dentro dos Aflitos.

Imediatamente a equipe de Dal Pozzo ressurgiu. O time passou a atacar mais, criando boas jogadas como aos 34’: Álvaro desviou cruzamento de Hereda. Mas a bola desviada passou por cima do gol. Aos 43’, Jean Carlos jogou na área e Camutanga cabeceou também por cima. O que estava por vir surpreenderia a todos que lá estavam. Ao tentar desviar de cabeça, Caíque Oliveira sem querer jogou a bola no braço do companheiro, Uchôa. O árbitro, de frente para o lança, então marca pênalti duvidoso. Jean Carlos, que não tem nada a ver com isso, converteu e, assim, levou o estádio a loucura.

A decisão viria de forma ainda mais emocionante: cobranças de pênaltis. Com a confiança lá em cima, o Timbu era claramente superior diante de um adversário abalado pelo empate no final da segunda etapa marcado de forma contestável. Assim, todos os cobradores do time pernambucano converteram. Do lado oposto, Wellington Reis desperdiçou a chance e viu o Náutico levar o acesso.

E AGORA?

Com a vitória emocionante, o Náutico não somente se classificou para a próxima fase. Mas também garantiu uma vaga na Série B do próximo ano. Agora a equipe aguarda a conclusão da rodada para saber quem será seu próximo adversário. Por outro lado, o Paysandu retornara suas forças e esperanças para a temporada 2020 novamente em busca da classificação.

MELHORES MOMENTOS

Leonardo Sevilhano

Sobre Leonardo Sevilhano

Leonardo Sevilhano já escreveu 38 posts nesse site..

Paulista, graduando em Letras - Bacharelado em Tradução Inglês/Português pela PUC-SP. Torcedor da Portuguesa, apaixonado por futebol e pelo jornalismo esportivo.

BetWarrior

Leonardo Sevilhano
Leonardo Sevilhano
Paulista, graduando em Letras - Bacharelado em Tradução Inglês/Português pela PUC-SP. Torcedor da Portuguesa, apaixonado por futebol e pelo jornalismo esportivo.
http://redacao%20fnv

Artigos Relacionados

Topo