Na Superliga Argentina, Argentino Jrs vence

Com direito a gol contra, a casa venceu o Banfield por 3 x 2

A noite desta sexta-feira (16), foi agitada na terceira rodada da Superliga Argentina. Afinal, em dois jogos tivemos sete gols, uma expulsão e movimentação na tabela. Tudo isso devido aos jogos entre Argentino Juniores x Banfield e Talleres x Central Córdoba.

Superliga Argentina – 3ª Rodada

ARGENTINO JRS 3 x 2 BANFIELD

1° TEMPO

O jogo do estádio Diego Armando Maradona não poderia ser mais agitado. Aliás, a vitória da equipe da casa poderia ser até maior se não fosse o goleiro Conde. A partida começou com muitas faltas, tentativa clara dos times de estudar o duelo. Porém, o primeiro gol saiu cedo. Aos 22 minutos, Batallini recebeu de Sosa e finalizou de fora da área no canto esquerdo para abrir o placar.

Certamente, os jogadores do Banfield preferiam o fim do primeiro tempo quando Lollo, fez contra, de cabeça, aos 41’. Mas, aos 46 minutos do primeiro tempo, o artilheiro lateral Vítor diminuiu o estrago. Portanto o jogo acabou 2 x 1 na etapa inicial.

2° TEMPO

Para o segundo tempo, a equipe visitante até tentou algo diferente. Bertolo e Árias se movimentaram no ataque, para criar alguma jogada. Nada feito. Com  ajuda da torcida, o time da casa conseguiu ampliar a vantagem. Aos 25 minutos, o centro avante Hauche de cabeça fez 3 x 1. No último lance do jogo, aos 90’, Fontana diminui, só que já era tarde demais.

TALLERES 1 x 1 CENTRAL CÓRDOBA

1° TEMPO

O jogo no estádio Kempes foi muito interessante. O duelo entre Talleres e Córdoba começou intenso. Logo aos oito minutos, Fragapane assustou o goleiro Rodrigues com o um belo chute. Aos 23’, foi a vez de Bustos chegar de cabeça ao goleiro adversário. Com a pressão, o time da casa conseguiu fazer o gol. Mendez, aos 32 minutos, após receber passe de Cubas finalizou no canto esquerdo do gol de Rodrigues. Talleres 1 x 0.

2° TEMPO

Com a desvantagem no placar, a equipe de Cristaldo só poderia ir para cima. Porque perdendo já estava. Aos 19 minutos, Alzugaray entrou para empatar o jogo. Ele recebeu passe de Vega, e cabeceou firme no chão. Com o empate, o jogo ficou mais pegado. Afinal, foram 17 faltas apenas no segundo tempo. Tanto que Meli, certamente, foi expulso aos 12 minutos. Então o placar final foi 1 x 1.

Giovanna Matiello

Sobre Giovanna Matiello

Giovanna Matiello já escreveu 205 posts nesse site..

Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte.A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.

BetWarrior


Giovanna Matiello
Giovanna Matiello
Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte.A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.
http://redacao%20fnv

Artigos Relacionados

Topo