Na Série C do Brasileirão, o ABC voltou a vencer

Time vence o Treze por 2 x 0, no Frasqueirão. Remo empata com o Juventude e Ypiranga vence o Atlético-AC
Série C

Os jogos da 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro foram recheados de emoção. Primeiramente, o ABC fez o papel de mandante e saiu vitorioso do confronto com o Treze. O Ypiranga venceu o Atlético-AC por 2 x 0, no Colosso da Lagoa. O empate ficou por conta de Remo 0 x 0 Juventude, o jogo foi no Mangueirão.

Série C – 11ª rodada

ABC 2 x 0 Treze

No Frasqueirão, aliviadamente, os torcedores do ABC puderam comemorar a segunda vitória do time na competição. Graças a ótima atuação de Felipe Guedes, no segundo tempo e mudou o jogo. Entretanto, na etapa inicial, o Treze começou atacante. Silva após bom passe de Eduardo, finalizou de canhota para excelente defesa de Saulo. Embora o time visitante tivesse a rédea da partida, Joécio abriu placar após cobrança de falta de Ivan. Os 12.075 torcedores pularam muito para gritar gol.

No segundo tempo, o Treze se abalou, parou de criar situações perigosas e viu, sorrateiramente, Felipe Guedes tomar conta da partida. Tanto que Tito quase ampliou a vantagem do time da casa. Porém, o meia ainda serviria o, pedido, Wallysson. Que aos 43 minutos do jogo, chutou forte para felicidade de todos no estádio e para, finalmente, concretizar a segunda vitória do time na competição.

Ypiranga 2 x 0 Atlético-AC

O jogo começou truncado, faltas e passes errados ditaram o ritmo do jogo. Afinal, a primeira oportunidade de gol foi criada por Marcinho aos 10 minutos. A bola sobrou para o jogador após a má saída do time do Remo, o goleiro Ruan fez uma boa defesa no chute do atacante. Do lado do Atlético, a falta de criatividade no meio campo perpetuou por todo o primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o jogo ficou mais eletrizante. Ermel fez boa tabela aos três minutos e finalizou forte para defesa de Deyviti. Isso fez com que o Ypiranga reagisse, Marcinho teve mais uma chance aos sete minutos e, finalmente, abriu o placar. Após passe de João Victor, ele chutou na saída do goleiro e foi comemorar com os companheiros. Mas não parou por aí, aos 20 minutos, na cobrança de escanteio, Wagner apareceu livre para cabecear firme e ampliar a vantagem.

Remo 0 x 0 Juventude

Mesmo com o placar de 0 x 0, o jogo foi emocionante. O time do sul foi superior no primeiro tempo, dominando o meio campo e criando as melhores chances. Aliás, foram duas bolas na trave do goleiro Carné, uma aos 36′ e outra aos 43 minutos. O Remo também assustou, mas deixou para dominar o jogo na etapa final.

Entretanto, nos últimos 45 minutos do jogo, o time da casa foi pra cima, ainda sim, a defesa gaúcha não deixou fácil. As melhores oportunidade do Remo foi nas bolas paradas, até porque, estava muito congestionado o jogo pelo meio e nas pontas, os laterias da Juve marcaram muito bem. Quando a zaga não conseguiu parar o ataque do time mandante, Marcelo Carné os salvou. Primeiro, aos 38′, quando Carioca cabeceou no canto esquerdo do gol. Depois, aos 49′, espalmando a bola chutada por Yuri.

Giovanna Matiello

Sobre Giovanna Matiello

Giovanna Matiello já escreveu 179 posts nesse site..

Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte.A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Giovanna Matiello
Giovanna Matiello
Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte.A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.
http://redacao%20fnv

Artigos Relacionados

Topo