Na reta final do Chileno, três times brigam por vaga na Sul-Americana

O'Higgins, Unión Española y U. La Calera chegam à última rodada com a missão de conquistar a vaga no torneio em 2019

Nesta quinta-feira (29) rolam duas partidas simultaneamente, às 21h30 (horário de Brasília), válidas pela última rodada da Campeonato Nacional Scotiabank, onde três das quatro equipes tem chances de conquistar a vaga para o torneio continental. O confronto direto fica entre Unión La Calera visita o Unión Española (sexto e sétimo colocados respectivamente) sendo que quem vencer já estará na zona de classificação da Copa Sul-Americana. Já o O’Higgins, que está em nono recebe o Audax Italiano que não tem mais chances de conquistar nada no chileno.

Campeonato Chileno – 30ª Rodada

Unión Española x Unión La Calera – 21h30

O Unión Española é o sétimo colocado e chega a esta rodada com 40 pontos, após empate em 1 x 1 ante o Club Deportes Antofagasta, dentro da zona de classificação para a Copa Sul-Americana. A equipe deve vir completa para o embate ante o Unión La Calera já que se trata de um confronto direto pela vaga no torneio.

Além de jogar em casa, os hispanos contarão com uma novidade, extracampo: uma das arquibancadas da lateral sul foi pintada e batizada com o nome de Manuel Rodríguez Araneda, um dos maiores ídolos do clube que jogou unicamente no time, entre 1955 e 1972, além de ter treinado categorias inferiores.

Já o Unión Calera, sexto colocado, tem 42 pontos e vem de uma derrota por 1 x 0 na penúltima rodada do Nacional, com o Deporte Temuco que, graças ao resultado, conseguiu escapar do rebaixamento e quebrar um tabu de 46 anos sem vencer os cementeros. A equipe não tem desfalques e com apenas um empate assegura a vaga para a Sul-Americana, o que seria um feito inédito na sua história. Lembrando que na primeira fase do torneio, estava em terceiro e que, na segunda fase teve uma campanha irregular que a levou à sexta colocação. Nos últimos cinco jogos, o Unión La Calera tem pequena vantagem com três vitórias, enquanto o Unión Española tem duas.

O’Higgins x Audax Italiano- 21h30

O’ Higgins é o nono colocado, com 38 pontos, vem de derrota por 1 x0 para o Universidad Católica e tem situação complicada se quiser conquistar a vaga para o campeonato internacional: precisa ganhar do Audax Italiano e, esperar uma combinação de resultados em que Unión La Calera derrote o Unión Española e, domingo Palestino empate com Huachipato. Portanto, a equipe do técnico Marco Antonio Figueroa vem completa para a peleja.

Além disso, os rancagüinos terão a despedida de Pablo Calandria “El Capo de la Provincia” que não seguirá mais na equipe. O atacante argentino, naturalizado chileno, participou da campanha do clube de 2013, quando conquistou seu primeiro e único título do Campeonato Nacional.

https://www.instagram.com/p/Bqw9iG2l-c0/

O Audax Italiano vem de larga vitória sobre o Club Provincial Curicó Unido por 4 x 1, que graças a ela, conquistou a permanência na Primeira. Com campanha irregular por todo o torneio, a equipe apenas está em décimo com 34 pontos e, portanto, não briga por nada mais na competição. Mas o time audino pode estragar os planos do O’Higgins, já que nos últimos quatro duelos, que curiosamente tiveram o mesmo resultado (2 x 1), três foram vencidos pelo Audax e apenas um para os rancaguinos.  No confronto entre as equipes, válidos pela Primeira Divisão, prevalece a vitória dos italianos: são 37 vitórias, 18 empates e 30 vitórias celestes.

Guadalupe Carniel

Sobre Guadalupe Carniel

Guadalupe Carniel já escreveu 3 posts nesse site..

Guadalupe Carniel, 31 anos, jornalista e pesquisadora. Onde nasci? Numa esquina qualquer onde certamente estava tendo um jogo. Como diria Eduardo Galeano, uma mendiga do bom futebol. Alentando nos primeiros, segundos e terceiros tempos de cancha acredita que o futebol é fundamental pra entender o mundo e, que mais do que viver do futebol, deva-se viver o futebol.

Guadalupe Carniel
Guadalupe Carniel
Guadalupe Carniel, 31 anos, jornalista e pesquisadora. Onde nasci? Numa esquina qualquer onde certamente estava tendo um jogo. Como diria Eduardo Galeano, uma mendiga do bom futebol. Alentando nos primeiros, segundos e terceiros tempos de cancha acredita que o futebol é fundamental pra entender o mundo e, que mais do que viver do futebol, deva-se viver o futebol.

Artigos Relacionados

Topo