Na despedida de Sneijder, Holanda vence Peru em amistoso que marca retomada

Em amistoso internacional, Laranja Mecânica sofre, mas vence peruanos de virada

Nesta quinta-feira (6), véspera de feriado, tivemos um amistoso internacional entre as seleções holandesa e peruana. Ambas as seleções buscam renovar seus convocados em busca da disputa das eliminatórias para a copa de 2022 no Catar.

Em duelo que marcou retomada de ambas as seleções e a despedida do ídolo holandês Wesley Sneijder, a laranja mecânica se deu melhor e mostrou que, embora ainda tenha muitas coisas a melhorar, pode voltar a ser uma das protagonistas no futebol mundial

1° TEMPO

Duelo bem disputado e equilibrado, ambas as equipes tiveram chances, a seleção holandesa manteve mais a posse de bola e a seleção peruana se arriscava mais nos contrataques. Logo aos seis minutos o peruano Yoshimar Yotún, ex-Vasco, perdeu grande oportunidade de abrir o placar ao receber passe dentro da área e finalizar de forma errônea para fora. Aos 13 minutos Jefferson Farfán arriscou chute da entrada da área, defendido pelo goleiro holandês Jasper Cillessen que cedeu o escanteio, na cobrança, realizada por Christian Cueva, o atacante Pedro Aquino subiu mais alto que a zaga holandesa e cabeceou para abrir o placar para os peruanos. Após o gol sofrido a laranja mecânica se jogou ao ataque arriscando chutes e bolas alçadas na área mas pecou nas finalizações e terminou a primeira etapa em desvantagem no placar.

2° TEMPO

Na segunda etapa a seleção peruana voltou a equilibrar a partida, e logo no primeiro minuto Miguel Trauco arriscou de fora da área e obrigou Jasper Cillessen a praticar boa defesa. O jogo ficou aberto, com chances criadas de ambos os lados, mas a seleção holandesa voltou a pecar nas finalizações, até que aos 15 minutos em saída de bola errada da zaga peruana, Frenkie de Jong achou o atacante Memphis Depay livre na área que com categoria finalizou na saída do goleiro e empatou a partida. A partir daí só deu laranja mecânica, e graças ao goleiro Pedro Gallese o empate insistia em figurar no marcador, até que aos 38 minutos brilhou novamente a estrela de Memphis Depay que pegou sobra dentro da área para finalizar e fazer o gol da virada dos holandeses.

Fim de partida, e a sensação deixada pelas duas seleções foi de certa forma positiva, embora tenham bastante a evoluir, ambas mostram que podem, quem sabe, estar na próxima copa, a seleção peruana luta para não ficar mais 36 anos sem disputar uma copa e a seleção holandesa para voltar a figurar entre as melhores seleções do mundo.

E agora?

O próximo compromisso dos peruano e neste domingo (9), contra a Alemanha, às 15h45 (horário de Brasília), para mais um amistoso. Já os holandeses enfrentam a França, no mesmo dia e horário, pela Nations League.

MELHORES MOMENTOS

 

Gregory Anthony

Sobre Gregory Anthony

Gregory Anthony já escreveu 75 posts nesse site..

Me chamo Gregory Anthony, quando terminei o ensino médio minha vontade era de fazer educação física ou fisioterapia e após formado fazer uma pós em fisioterapia esportiva, pois sempre fui apaixonado por esportes e principalmente o futebol, quando pequeno inclusive fiz muitos anos de futsal, e natação também, sendo que na natação não fui federado por ter descolado a cartilagem do joelho. Enfim acabei me formando e Comunicação Social: Publicidade e Propaganda, uma área bastante concorrida em que não consegui ingressar no mercado de trabalho, passei em um concurso público para área da educação e atualmente sou Agente de Organização Escolar. O futebol sempre foi minha paixão, sempre sonhei em viver de futebol de alguma forma, bom dizem por aí que os sonhos são feitos para serem realizados, e enquanto o sonho viver em mim eu vou tentar viver dele!

Gregory Anthony
Gregory Anthony
Me chamo Gregory Anthony, quando terminei o ensino médio minha vontade era de fazer educação física ou fisioterapia e após formado fazer uma pós em fisioterapia esportiva, pois sempre fui apaixonado por esportes e principalmente o futebol, quando pequeno inclusive fiz muitos anos de futsal, e natação também, sendo que na natação não fui federado por ter descolado a cartilagem do joelho. Enfim acabei me formando e Comunicação Social: Publicidade e Propaganda, uma área bastante concorrida em que não consegui ingressar no mercado de trabalho, passei em um concurso público para área da educação e atualmente sou Agente de Organização Escolar. O futebol sempre foi minha paixão, sempre sonhei em viver de futebol de alguma forma, bom dizem por aí que os sonhos são feitos para serem realizados, e enquanto o sonho viver em mim eu vou tentar viver dele!

Artigos Relacionados

Topo