Na briga pelo G6, Parma e Verona vencem seus jogos pela Serie A

Além disso, na parte debaixo da tabela, Sampdoria e Sassuolo empataram
Parma Verona

Neste domingo (26), tivemos três jogos na faixa das 11h (horário de Brasília) pelo Campeonato Italiano. Dessa forma, Parma e Verona venceram seus confrontos pela Serie A TIM. Os Ducalis derrotaram em casa, no estádio Ennio Tardini a Udinese por 2 x 0, com gols de Gagliolo e Kulusevski. Também como mandante, o Hellas bateu o Lecce por 3 x 0 no estádio Marcantonio Bentegodi. Dawidowickz, Pazzini e Pessina marcaram. Enfim, para fechar, tivemos um empate por 0 x 0 entre Sampdoria e Sassuolo no estádio Luigi Ferraris.

SERIE A TIM – 21ª RODADA

Parma 2 x 0 Udinese

Mesmo fora de casa, a primeira chance do jogo foi dos Zebrettes com Okaka aos oito’, mas o goleiro adversário defendeu. Os Parmensis só debutaram nas oportunidades aos 11′, com Cornelius, porém não teve sucesso. A Udinese até pressionava e tinha mais ímpeto ao chegar na área, mas quem marcou foi a equipe mandante. Com 19 minutos do começo de partida, Gagliolo acertou belo chute no ângulo para abrir o placar para os donos da casa. Os Bianconeris até chegaram outras vezes. Entretanto, aos 34′, Kulusevski aumentou para o Parma, com uma colaboração do guarda-redes, que foi para o intervalo vencendo por 2 x 0.

Na segunda etapa, o ritmo caiu de certa forma. Mesmo assim, os visitantes tentaram duas vezes logo nos primeiros cinco minutos. Primeiramente com Lasagna e em seguida, com Mandragora, ambas sem sucesso. Porém, os Ducalis não ficaram somente na defesa. Kulusevski teve duas chances durante a o período final, mas não conseguiu aumentar a vantagem. Enfim, vitória do Parma sobre a Udinese por 2 x 0 e os Parmensi se igualam ao Cagliari, 6º colocado na pontuação, com 31 pontos.

Hellas Verona 3 x 0 Lecce

Foi um domínio do início ao fim dos donos da casa. Porém, a primeira chance do jogo só saiu aos 12′, com Verre, mas não marcou. O tento só sairia sete minutos mais tarde. Dessa forma, Miguel Veloso cobrou escanteio na cabeça de Dawidowickz, que sem marcação cabeceou firme para abrir o placar para o Hellas. Além disso, só dava os Butei no jogo. Sendo assim, aos 34′, Pessina marcou de cabeça para ampliar a vantagem e ir para o intervalo com 2 x 0 para o Verona sobre o Lecce.

Na segunda etapa, o domínio dos comandados de Ivan Juric continuou, com duas chances nos primeiros cinco minutos, com Di Carmine e Pessina, mas ambas não entraram. Rispoli teve a primeira oportunidade do Lecce aos sete’, mas sem sucesso. Quem marcou no período final foi novamente os Butei. Antes, aos 22′,  Dell’Orco foi expulso pelos visitantes. Enfim, aos 42′, Pazzini deu números finais a partida em 3 x 0. Assim, como o Parma, o Verona também venceu e se aproxima do G6 da Serie A TIM.

Sampdoria 0 x 0 Sassuolo

Apesar do empate, foi um amplo domínio dos donos da casa. A Samp finalizou incríveis 25 vezes no gol dos Neroverdi. Por outro lado, foram apenas oito chutes dos visitantes. A primeira chance do jogo foi dos Blucerchiati aos cinco’, com Quagliarella. Aos 25′, um acontecimento marcou o restante e o desenrolar do confronto. Pulso foi expulso, deixando o Sassuolo com um a menos. Sendo assim, a Sampdoria se soltou ao ataque, mas ambas equipes não saíram do zero até o final da primeira etapa.

A primeira chance da etapa final foi do time de fora, com Boga. A Samp respondeu com Gabbiadini. Com isso, os mandantes começaram um bombardeio. Quagliarella, Linety,  Coley, Tonelli, muitos jogadores tiveram chances para os Blucerchiati, mas não conseguiram marcar. Enfim, o empate entre Sampdoria e Sassuolo terminou no 0 x 0, que não ajuda ambos os times, que brigam contra o rebaixamento.

Foto destaque: Divulgação/Francesco Grigolini/Fotoexpress

Caíque Ribeiro

Sobre Caíque Ribeiro

Caíque Ribeiro já escreveu 342 posts nesse site..

Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 19 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo e sou comentarista sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5

BetWarrior


Caíque Ribeiro
Caíque Ribeiro
Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 19 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo e sou comentarista sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5

Artigos Relacionados

Topo