Multicampeão de Libertadores estreia contra sensação peruana nesta quarta pela Sul-Americana

Independiente enfrenta os peruanos do Binacional, enquanto os uruguaios do Cerro enfrentam os também peruanos da UTC

Estreando na Copa Sul-Americana 2019, quatro equipes entram em campo nesta quarta-feira (3), às 21h30 (horário de Brasília). O multicampeão sul-americano e também argentino, Independiente, recebem, no Estádio Libertadores de América, em Buenos Aires, na Argentina, os peruanos do Binacional. Enquanto isso, paralelamente, os também peruanos da UTC serão mandantes frente aos uruguaios do Cerro, no Estádio Mansiche, em Trujillo, no Peru.

Copa Sul-Americana 2019 – 1ª fase

UTC x Cerro

Em sua terceira participação no torneio, a UTC pretende dar o primeiro golpe nos uruguaios do Cerro quando medirem forças em Trujillo. Dirigido por Franco Navarro, os Cremes vão para o duelo com uma equipe ofensiva onde se destacam dois atacantes: o argentino Sergio Almirón e o colombiano Jarlín Quintero. A intenção é ter uma boa vitória em casa para permitir que joguem fora mais calmamente no dia 30 de abril. Navarro, que sempre busca ordem em suas equipes e muita disciplina ao defender, não negligenciou o setor de meio-campo e nem a defesa; por isso enviará ao gramado aos argentinos Santiago Fosgt e Emiliano Ciucci, um de cada setor. O primeiro, inclusive, tem vasta passagem pelo futebol uruguaio, onde estava no ano passado, atuando pelo Fénix, podendo ser um bom espião para o time peruano, visto que os uruguaios pouco mudaram de uma temporada para outra. A UTC está em 12º lugar no torneio Inca, apesar de ter empatado em 2 x 2 com o Alianza Lima no final de semana.

Em sua segunda Copa Sul-Americana, o Cerro buscará uma vitória ou um empate para tentar acabar com uma crise de resultados no Apertura Uruguaio, que os colocou no penúltimo lugar na tabela, sendo uma das decepções de 2019. Com apenas quatro pontos em sete jogos, o time comandado por Jorge González venceu um, empatou outro e perdeu cinco, tem 12 gols sofridos e seis a favor. No último final de semana, os Albicelestes perderam por 2 x 0 como mandante para o gigante Nacional, que saíra de crise há pouco. Na edição anterior da Sul-Americana, a equipe charrúa foi eliminada pelo Sport Rosario. O treinador do Villa fará alterações em relação ao jogo do fim de semana, Richard Pellejero entra na equipe titular. A dúvida passa pelo atacante Peraza, que fará testes e se responder bem deverá ser titular. Caso contrário, Gonzalo Pintos entrará em seu lugar.

Independiente x Binacional

Um gigante sul-americano estreia hoje na Copa Sul-Americana:Independiente. A equipe está buscando revalidar sua história “copera”, ao receber o Binacional, revelação do Campeonato Peruano. El Rojo entrou na Sul-Americana como 6º da Superliga Argentina na última temporada, quase na mesma posição que ocupa atualmente (7º), longe do campeão Racing. Os altos e baixos do time estava à vista nas últimas semanas, com duas vitórias e três derrotas alternadas, mas no domingo teve uma recuperação para virar o jogo que perdia para o Velez, e os derrotou por 2 x 1.

“Devemos manter a calma para continuar trabalhando e demonstrar isso em campo. O objetivo é nos manter vencendo nos torneios, locais ou internacionais. Sempre o Independiente entra em um campeonato é um candidato ao título”, disse o atacante Silvio Romero, autor de um dos gols contra o FortínEl Diablo, vencedor da competição duas vezes (2010 e 2017) vem em busca do tricampeonato.

 

Surgiu na região andina sul da cidade de Desaguadero, no Departamento de Puno, ao longo do Lago Titicaca e perto da fronteira com a Bolívia, daí o nome Binacional. O clube tem torcedores em vários locais de Puno, mas principalmente em Desaguadero, porque suas origens remontam a essa cidade e em Juliaca, por ser onde joga em casa desde 2019, mas também conseguiu a ganhar reconhecimento em Paucarpata e Moquegua por suas campanhas na Copa do Peru e no futebol profissional, respectivamente. O clube, que não completou nem 10 anos de história, vem com plena confiança após superar último sábado o gigante do Peru, Universitario, por 4 x 2 em duelo pela 7ª rodada do Torneio Apertura do futebol Inca. Venceram a Copa do Peru em 2017 e debutaram na elite em 2018, ficando na 8ª posição, garantindo vaga na competição que debutará logo mais. No momento a equipe está na vice-liderança do Peruano, com 18 pontos, apenas um atrás do líder Sporting Cristal.

“O nosso time é muito jovem e estamos em nosso segundo ano na 1ª divisão. Estamos trabalhando bem, mas o nível da Liga 1 é uma coisa e da Copa Sul-Americana é outro. Sem dúvida estamos diante de um monstro, um grande do futebol sul-americano, embora cada partida seja uma história diferente”, reconheceu o treinador Javier Arce.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1041 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


 

365 Scores

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo