Montevideo Wanderers x Danubio – Clássico Alvinegro é protagonista no Uruguai

- Club Nacional é o único que permanece com 100% de aproveitamento; Peñarol folga
Montevideo Wanderers x Danubio: Clássico Alvinegro é protagonista no Uruguai

Um clássico entre dois times medianos do Uruguai é o principal destaque da rodada que ainda tem o Nacional visitando o Progreso e o Peñarol de folga por ter o El Tanque Sisley na agenda do fim de semana. Para fechar, o Defensor Sporting joga no horário nobre do Uruguai, no domingo, contra o Fénix. Veja detalhes da 5ª rodada do Apertura.

Apertura Uruguaio – 5ª RODADA

Sábado – 03/03

Liverpool Montevideo x Atenas – 16h30

Duelo que deve ter o equilíbrio como principal atributo, uma vez que Liverpool e Atenas estão em nono e oitavo, respectivamente, com campanhas muito parecidas. Duas vitórias e duas derrotas para cada. A briga direta será para se manter ali na metade da tabela e desgarrar do rival. O time da casa tem a torcida a seu favor e a experiência de série A, contra a surpresa que pode ser o Atenas.

Montevideo Wanderers x Danubio – 16h30

O principal jogo da rodada coloca dois times alvinegros frente a frente. O Danubio tem a vantagem de estar na frente na tabela, já ter vencedor um clássico (Defensor) e estar com um time mais competitivo, ainda não tendo perdido neste início de Apertura. Já o Montevideo Wanderers vem de campanha instável. Eliminação precoce na pré-Libertadores e derrota para o recém-promovido Atenas. Mas, conta a seu favor, um empate em 1 x 1 com o Peñarol, atual campeão Uruguaio. Este confronto também deve ser bastante equilibrado e, por ser clássico, tudo pode acontecer. Jogo sem favorito.

El Tanque Sisley x Peñarol (ANULADO)

Todos os jogos que envolvem o El Tanque Sisley foram suspensos e o time foi rebaixado a 2ª divisão nacional pelo não pagamento de uma dívida com a Associação Uruguaia de Futebol.

Cerro x Boston River – 19h30

Dois clubes de campanhas medianas até então. Equilibrados na tabela, o Cerro é o 11º colocado e o Boston o 10º. Ambos com uma vitória, dois empates e uma derrota, somando assim apenas cinco pontos. O time da casa já passou por um grande teste ao enfrentar o gigante uruguaio Nacional, fora de casa, e perdeu por 4 x 0, o que já dá a dimensão de até onde pode ir seus sonhos. Time caseiro favorito.

Domingo – 04/03

River Plate x Torque – 16h30

Nos jogos de domingo o Torque, dos mesmos donos Manchester City, tenta sua primeira vitória na competição. De campeão da divisão de acesso a penúltima colocação, o clube não se reforçou devidamente, perdeu o treinar e contratou um argentino sem sucesso na Argentina, tendo levado seu antigo clube a pior campanha na história da Superliga Argentina. Enquanto o Torque não mexe na comissão técnica e elenco, o clube visita o River Plate, 12º colocado e que vem de derrota por 1 x 0 para o tradicional Danubio. Time da casa favorito.

Progreso x Nacional – 16h30

Um duelo aguardado e que todos esperam uma surpresa no resultado. O Nacional permanece na ponta com 100% de aproveitamento e ainda contam com o artilheiro da competição, Gonzalo Bergessio, com 6 gols em 4 jogos. Na última rodada os tricolores venceram o Cerro em casa por 4 x 0. Na 5ª rodada visitam a sensação do Apertura até então, o recém-promovido Progreso, time que está na 4ª posição com sete pontos e que tem como destaque um empate com o Danubio na rodada de estreia. Obviamente, o gigante uruguaio é favorito, mesmo jogando fora de casa.

Racing x Rampla Juniors – 16h30

Jogo dos desesperados e não estou falando de nenhum programa do Sérgio Mallandro. São dois clubes que somaram apenas um ponto na competição e estão nas últimas posições na tabela, separados apenas pelo Torque de entre eles com o mesmo número de pontos. Impossível dizer um favorito dentre os piores times até então. O único fator que pode ser decisivo é o fator casa/torcida.

Defensor Sporting x Fénix – 19h30

Fechando a rodada do Apertura Uruguaio, o Defensor Sporting recebe o Fénix em casa, tentando manter-se nas primeiras posições do campeonato. O clube amargou uma derrota para o Danubio fora de casa que o distanciou dos líderes. Os Violetas são favoritos no confronto e estão com moral após empatar com o atual campeão da Libertadores, Grêmio, no meio de semana, em casa, pela competição continental.

[soccer-info id=’50’ type=’table’ /]

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1194 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

365 Scores

BetWarrior


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo