Mirassol x Athletico-PR – Leão e Furacão lutam por vaga nas oitavas da Copinha

O jogo promete ser equilibrado e com altas doses de emoção
Mirassol x Athletico-PR - Leão e Furacão lutam por vaga nas oitavas da Copinha

Em Tupã, no Estádio Municipal Alonso Carvalho Braga, às 18h, acontece um dos jogos da terceira fase da Copinha. Frente a frente, Mirassol e Athletico-PR, duelam em busca de uma vaga nas oitavas de final da competição. Chama atenção para o confronto os ataques, que vêm desempenhando um excelente papel no torneio, principalmente, no lado paranaense.

Mirassol

Após a goleada diante do Comercial-SP, por 5 x 0, a equipe do interior paulista quer mais, e nada melhor do que vencer mais uma no torneio. Diante do Athletico, a grande aposta vai para o motivado Giovanni, dono de três gols na partida da última sexta-feira. O atleta tem cinco feitos na Copinha. Outro destaque vai para o meia William, que também fez contra o Leão do Norte, e é um dos grandes nomes no meio-campo do time verde e amarelo.

https://www.instagram.com/p/Bsgbkx_D-QR/

Athletico-PR

O time do técnico Marcão, passou aperto contra o Legião-DF e venceu por 2 x 1. Vitinho e Jáderson foram os destaques do confronto, marcando os gols do Furacão. Mas, todas as atenções vão para o atacante Vinicius Mingotti, que já marcou em três oportunidades até aqui. Em entrevista, Vitinho comentou sobre a partida que os aguarda:

“Sabemos que o Mirassol é uma equipe bem forte, mas vamos continuar impondo nosso ritmo de jogo. O Athletico é um time muito grande, temos que assumir a responsabilidade dentro da partida. Temos apenas um dia de intervalo, então é aproveitar ao máximo para descansar bem e estarmos inteiros para o jogo”.

https://twitter.com/AthleticoPR/status/1084107119908007936

Retrospecto

Na primeira fase, os desafiantes tiveram campanhas próximas uma da outra, o que eleva o nível da partida. O Mirassol, por exemplo, terminou em primeiro no Grupo 5, empatando com o Osvaldo Cruz em 1 x 1, vencendo com boa vantagem o Atlético-GO por 3 x 0 e vencendo a equipe do Legião por 1 x 0, na última rodada. Na fase anterior, passou pelo Comercial-SP, por 5 x 0. Já o Athletico, começou a disputa goleando o CSP por 3 x 0, depois o resultado se repetiu contra o Comercial-SP e terminou a primeira fase, goleando o Tupã, por 5 x 2. Na fase passada, bateu o Legião-DF, por 2 x 1.

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 594 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo