Milan sai na frente, mas CR7 evita derrota da Juventus na largada das semis da Coppa Italia

- Jogo de volta será em Turim, com mando da Velha Senhora
Milan Juventus

Nesta quinta-feira (13), Milan e Juventus se enfrentaram, em duelo válido pelas semifinais da Coppa Italia, em seu jogo de ida. O duelo, realizado no San Siro, foi quente, e reservou muitas emoções. Os gols só saíram no segundo tempo. Primeiramente, Rebic abriu o placar para os Rossoneros. Entretanto, com um jogador a mais e de pênalti, Cristiano Ronaldo deixou tudo igual em 1 x 1. Sendo assim, o jogo de volta será apenas em março, com mando da Velha Senhora.

1º TEMPO

No começo, a primeira chance foi Rossonera com quatro minutos. Rebic arriscou e Buffon rebateu para a área, mas em grande perigo. Aos 16′, o croata novamente fez bela jogada e passou para Ibrahimovic, que não conseguiu finalizar. Por outro lado, a Juve tentava chegar, porém não finalizou nos primeiros 15 minutos do duelo. Ainda, os donos da casa obtinham as melhores oportunidades. Aos 22′, Calabria arriscou e o arqueiro Bianconeri fez bela defesa para evitar o gol.

Aos 27′, Rebic novamente apareceu em bela jogada para finalizar. Contudo, novamente Buffon apareceu para intervir e evitar o tento dos mandantes. O time visitante só conseguiu chegar aos 36′, com chute de Cuadrado, mas Donarumma defendeu. Enfim, o final de primeira etapa foi quente, com faltas e cartões amarelos sendo distribuídos, causando tensão entre os jogadores e Milan e Juventus foram para o intervalo com o 0 x 0 no placar.

2º TEMPO

Logo aos dois', o time Rossonero voltou novamente a atacar. O duelo mais interessante da partida era o de Rebic x Buffon, e o meia novamente exigiu do goleiro fez outra defesa. Aos 14′, mais uma grande intervenção de Gigi, em chute de Ibrahimovic e evitando o tento do Milan e na sequência, o italiano mais uma vez apareceu em tentativa de Theo Hernández. Entretanto, o arqueiro não conseguiu salvar todas as chances criadas pelo adversário. Sendo assim, o time mandante abriu o placar.

Com 15 minutos, Rebic aproveitou cruzamento de Çalhanoglu e tocou no canto esquerdo de Buffon para abrir o placar. Entretanto, os Rossoneros sofreram uma baixa. Sendo assim, aos 27′, Theo Hernández cometeu falta em Dybala e recebeu o segundo amarelo, e foi expulso. E ainda, já nos acréscimos, o árbitro teve o auxílio do VAR para marcar toque de mão de Calabria na área, e marcando pênalti. Com isso, Cristiano Ronaldo foi para a cobrança e empatou o confronto de Milan e Juventus, que terminou em 1 x 1.

E AGORA?

Agora, as equipes voltam a se enfrentar apenas no dia 4 de março, pelo jogo da volta das semifinais da Coppa Italia, no Allianz Stadium, com mando Bianconeri. Pela Serie A TIM, a Juventus recebe o Brescia em sua casa no domingo (16), às 11h (horário de Brasília). Da mesma forma, como mandante, o Milan encara o Torino na segunda-feira (17). Enfim, o confronto se inicia às 16h45 (horário de Brasília).

Foto destaque: Divulgação/Juventus

Caíque Ribeiro

Sobre Caíque Ribeiro

Caíque Ribeiro já escreveu 437 posts nesse site..

Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 19 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo e sou comentarista sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5

365 Scores

BetWarrior


Caíque Ribeiro
Caíque Ribeiro
Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 19 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo e sou comentarista sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5

Artigos Relacionados

Topo