Milan sai na frente, mas CR7 evita derrota da Juventus na largada das semis da Coppa Italia

Jogo de volta será em Turim, com mando da Velha Senhora
Milan Juventus

Nesta quinta-feira (13), Milan e Juventus se enfrentaram, em duelo válido pelas semifinais da Coppa Italia, em seu jogo de ida. O duelo, realizado no San Siro, foi quente, e reservou muitas emoções. Os gols só saíram no segundo tempo. Primeiramente, Rebic abriu o placar para os Rossoneros. Entretanto, com um jogador a mais e de pênalti, Cristiano Ronaldo deixou tudo igual em 1 x 1. Sendo assim, o jogo de volta será apenas em março, com mando da Velha Senhora.

1º TEMPO

No começo, a primeira chance foi Rossonera com quatro minutos. Rebic arriscou e Buffon rebateu para a área, mas em grande perigo. Aos 16′, o croata novamente fez bela jogada e passou para Ibrahimovic, que não conseguiu finalizar. Por outro lado, a Juve tentava chegar, porém não finalizou nos primeiros 15 minutos do duelo. Ainda, os donos da casa obtinham as melhores oportunidades. Aos 22′, Calabria arriscou e o arqueiro Bianconeri fez bela defesa para evitar o gol.

Aos 27′, Rebic novamente apareceu em bela jogada para finalizar. Contudo, novamente Buffon apareceu para intervir e evitar o tento dos mandantes. O time visitante só conseguiu chegar aos 36′, com chute de Cuadrado, mas Donarumma defendeu. Enfim, o final de primeira etapa foi quente, com faltas e cartões amarelos sendo distribuídos, causando tensão entre os jogadores e Milan e Juventus foram para o intervalo com o 0 x 0 no placar.

2º TEMPO

Logo aos dois’, o time Rossonero voltou novamente a atacar. O duelo mais interessante da partida era o de Rebic x Buffon, e o meia novamente exigiu do goleiro fez outra defesa. Aos 14′, mais uma grande intervenção de Gigi, em chute de Ibrahimovic e evitando o tento do Milan e na sequência, o italiano mais uma vez apareceu em tentativa de Theo Hernández. Entretanto, o arqueiro não conseguiu salvar todas as chances criadas pelo adversário. Sendo assim, o time mandante abriu o placar.

Com 15 minutos, Rebic aproveitou cruzamento de Çalhanoglu e tocou no canto esquerdo de Buffon para abrir o placar. Entretanto, os Rossoneros sofreram uma baixa. Sendo assim, aos 27′, Theo Hernández cometeu falta em Dybala e recebeu o segundo amarelo, e foi expulso. E ainda, já nos acréscimos, o árbitro teve o auxílio do VAR para marcar toque de mão de Calabria na área, e marcando pênalti. Com isso, Cristiano Ronaldo foi para a cobrança e empatou o confronto de Milan e Juventus, que terminou em 1 x 1.

E AGORA?

Agora, as equipes voltam a se enfrentar apenas no dia 4 de março, pelo jogo da volta das semifinais da Coppa Italia, no Allianz Stadium, com mando Bianconeri. Pela Serie A TIM, a Juventus recebe o Brescia em sua casa no domingo (16), às 11h (horário de Brasília). Da mesma forma, como mandante, o Milan encara o Torino na segunda-feira (17). Enfim, o confronto se inicia às 16h45 (horário de Brasília).

Foto destaque: Divulgação/Juventus

Caíque Ribeiro

Sobre Caíque Ribeiro

Caíque Ribeiro já escreveu 317 posts nesse site..

Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 19 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo e sou comentarista sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5

BetWarrior

Caíque Ribeiro
Caíque Ribeiro
Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 19 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo e sou comentarista sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5

Artigos Relacionados

Topo