Maradona, segundo jornal argentino, será técnico do Gimnasia y Esgrima

- De acordo com o periódico, Diego assinará o contrato nesta quinta-feira
Maradona

Diego Armando Maradona possui uma personalidade conhecida mundialmente. Em cima disso, o velho ditado popular diz: “para bom entendedor, meia palavra basta”. Assim, quando gravou o vídeo para comunicar publicamente que está bem de saúde, já vestiu, ainda que indiretamente, a camiseta do Gimnasia. Então, esse foi o primeiro grande sinal no que diz respeito a um acerto com o clube platense. Horas depois, o advogado e representante de Diego, Matías Morla, disse: “está 93% fechado”.

Desse modo, de acordo com o jornal esportivo argentino “Olé”, na manhã desta quinta-feira (5), todos os trâmites burocráticos serão finalizados. Logo, Maradona firmaria contrato e seria apresentado oficialmente. Ainda segundo o tabloide, uma reunião na tarde da última quarta-feira foi determinante para esse desfecho positivo. O encontro foi realizado na casa do astro em Bella Vista, na Argentina. Estiveram presentes: Cristian Bragarnik e Bocha Valeri, intermediários entre Diego e a diretoria do Lobo, e Morla. Houve uma ligação por Face Time com o presidente do Gimnasia, Gabriel Pellegrino. Nesse contato, o ex-jogador externou suas preferências (a primeira foi pedir Gabriel Batistuta como assistente técnico).

MARADONA NÃO QUER $$

Não venho para falir o clube, o que vocês puderem me pagar está bom“, disse Maradona , que prosseguiu:

“Estou interessado na proposta pelo carinho que me deram, de uma equipe grande que está tendo um mau momento”, completou o treinador, que foi além:

“O dinheiro não é uma prioridade na minha vida, porque a verdade é que eu não preciso disso”.

Assim, a questão econômica foi resolvida em cinco minutos. Maradona, então, se apagou as questões relacionadas ao cotidiano, além de pedir um assistente de sua confiança. Desse modo, disse ao máximo mandatário que pretende desenvolver um trabalho profundo nas categorias de base. Então, questionou o presente cenário do clube nesse aspecto. Entretanto, a resposta não foi positiva, logo disse:

“Bom, temos um problema mais grave que o rebaixamento. O futuro de um clube está nas categorias de base, e se o Gimnasia não se mobilizar e revelar muitos garotos, fica complicado. Temos que trabalhar em cima disso e estou disposto a fazer uma doação para ajudar o clube”.

O BOSQUE SERÁ FORTALEZA

Durante a conversa com Pellegrino, Maradona também lembrou de sua amiga pessoal, a ex-presidente Cristina Kirchner: “Vamos dedicar minha primeira vitória a Ofelia, a mãe da minha presidente”. Além disso, agradeceu pelo amor recebido pelos torcedores através das redes sociais. Em seguida, um tema um pouco mais espinhoso entrou em pauta. Explica-se: para arrecadar mais, a diretoria do clube pensava em passar a mandar suas partidas no estádio Ciudad de La Plata. Por outro lado, os torcedores não querem sair do Bosque.

“De modo algum. O estádio do Gimnasia tem que ser uma fortaleza para os rivais. Temos que jogar todos no Boque, os torcedores com seu apoio e os jogadores colocando raça”.

Enquanto ao dia a dia, Diego irá aos treinamentos duas ou três vezes por semana, seguirá vivendo em Bella Vista e não se mudará para La Plata. Obviamente, ele vai lidar com tudo e tomar decisões esportivas sempre.

Foto destaque: divulgação/Diario Olé

 

Pedro Ferri

Sobre Pedro Ferri

Pedro Rodrigues Nigro Ferri já escreveu 406 posts nesse site..

Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

365 Scores

BetWarrior


Pedro Ferri
Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

    Artigos Relacionados

    Topo