Manuel, Mané, Garrincha: o Anjo das Pernas Tortas é eterno

Poesia em homenagem ao maior driblador de todos os tempos, que completaria 86 anos se estivesse vivo hoje
Manuel, Mané, Garrincha: o Anjo das Pernas Tortas é eterno

O dia 28 de outubro de 1933 foi a data de nascimento de Mané
Uma pequena cidade do Rio de Janeiro deu origem a Garrincha: Magé
De origem humilde, pernas tortas, quem diria que viria a vingar
Mas tinha ginga, malandragem e uma maneira peculiar de jogar
Ludibriar zagueiros, enlouquecer defesas, dar show
Era uma arte de entreter o público, driblar, encantar, mais que gol

Em princípio ingressou no futebol pelo Esporte Clube Pau Grande
Mas foi no Serrano Football Clube que chamou a atenção
O Botafogo de Futebol e Regatas se encantou e então o contratou
Porém, no Fogão, outra coisa começou a tocar seu coração
E não tem nada a ver com paixão ou a vontade de ser campeão
Era um símbolo de cinco pontas batendo forte no peito
Vestindo um manto preto e branco que impunha respeito

♫ Teu futuro e teu passado, defendidos sem repouso, façam sempre respeitado esse teu nome glorioso! ♪

Rabiscadas, pedaladas, as mais belas “ameaçadas” e belíssimas jogadas
Garrincha foste herói em cada jogo, Botafogo
Foste da ousadia a nobreza e o puro fogo
Queimando a mente dos defensores e incendiando arquibancadas
Era a Estrela Solitária Canarinho a voar
Era filho da Seleção Brasileira e tinha um mundo a conquistar

Duas Copas do Mundo aqui, parceria invicta com Pelé acolá
Seu nome na história de um país a lhe idolatrar
Seus dribles desconsertantes extasiaram o mundo
Maior driblador de todos os tempos? Maior que Pelé?
Se anjo for maior que rei, o melhor de todos é Mané
No sonho dos garotos ter uma bola é uma pechincha
Mas no sonho de ser jogador, lembram as conquistas do anjo Garrincha

 ♫ Por isso é que tu és e hás de ser nosso imenso prazer. Tradições aos milhões tens também. Tu és o Glorioso, não podes perder, perder pra ninguém ♪

O ser desconcertante nas pernas e na bola fez, de fato, o Brasil superar a tristeza
Com um esquadrão a seu lado enxugou às lágrimas que Ghiggia deixou
Anjo, Rei, Peito de Aço, Velho Lobo, Mr. Football, os “Santos”, Gerente…
Tua fibra está presente honrando as cores do Brasil de nossa gente
Conquistando o mundo com braço forte e pintando a Terra de verde-amarelo
Todos deixaram sua marca no futebol, estrelas na bandeira, algo cognitivo
E uma dessas estrelas é solitária, mas você já sabe o motivo

Manuel Francisco dos Santos subiu aos céus em 20 de janeiro de 1983
De amor e de esperança à terra desce em cenas memoráveis
Mas com um futebol tipicamente brasileiro está eternizado
Extraterrestre antes Messi, genial camisa 7 antes de Cristiano Ronaldo
Alegria do Povo de tal forma a ser idolatrado, ovacionado, contemplado
Existe um Brasil antes e depois de Garrincha e o futebol moleque que deixou de herança
Tua nobre presença à lembrança a grandeza da Pátria nos traz
És belo, és forte, impávido colosso, que, em suma, causava alvoroço

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1167 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo