Liverpool perde para a Roma, mas garante vaga na final

- Equipe inglesa foi derrotada por 4 x 2 no Estadio Olímpico; final é dia 26, em Kiev

O Liverpool perdeu para a Roma por 4 x 2, mas conseguiu avançar a final da Uefa Champions League.  A equipe de Jurgen Klopp, que venceu o jogo de ida por 5 x 2 no Anfield Road, fez um jogo com o regulamento na mão, já que contava com boa vantagem no placar. Com o resultado, se junta ao Real Madrid para fazer a final da Liga dos Campeões em Kiev, na Ucrânia. A Roma por sua vez conseguiu os três gols, mas algumas bobeadas na defesa custaram a classificação

Primeiro tempo

Os italianos precisavam de uma vitória por três gols de diferença, assim como fizeram contra o Barcelona. E sabiam que precisavam atacar, pressionar e não deixar a equipe inglesa jogar. Os donos da casa até que começaram melhor, mas o Liverpool tratou de jogar por água abaixo essa estratégia logo no começo.

Aos nove minutos, em um erro de passe de Naingollan entregou de presente um contra-ataque puxado por Roberto Firmino, que deixou o senegalês Sadio Mané sozinho para bater na saída de Alisson. 1 x 0 para a equipe da terra dos Beatles.

Torcida da Roma faz festa no Estádio Olímpico (Foto: Reprodução/AFP)

A torcida, que lotou o Estádio Olímpico e contava com a ilustre presença de Francesco Totti, não desanimou e continuou apoiando a equipe, acreditando em um novo milagre ainda mais depois do gol contra bizarro de Milner. O zagueiro Lovren tentou contar um cruzamento e acertou a cabeça do volante inglês, que nada pode fazer, e a bola morreu no fundo da rede.

Após o gol da Roma, o jogo esfriou e ficou truncado no meio campo, sem muitas chances de gol. Até que em uma bela jogada pela esquerda de Robertson, que levou Florenzi na velocidade e achou Mané. O senegalês bateu e exigiu excelente defesa de Alisson, aos 25 minutos do primeiro tempo.

No lance seguinte, o gol. Em escanteio cobrado por Milner, a zaga afastou mal e, em uma bobeada geral da defesa, Wijnaldum apareceu livre para cabecear e recolocar os Reds à frente no placar. A Roma não desistia para tentar se manter viva no jogo e quase empatou em um chute na trave de El Sharawaay, que desviou novamente em James Milner e matou o goleiro Karius.

Dzeko disputa a bola com zagueiro Van Dijk. (Foto: Reprodução/APF)

Segundo Tempo

O segundo tempo começou com o objetivo romanista claro: atacar até o final, pois precisava ainda de mais quatro gols. Já o Liverpool só saia nos contra ataques ou lançamentos na velocidade para Salah e Mané.

A esperança se mantinha viva graças ao gol de Dzeko ao seis minutos da segunda etapa, que aproveitou rebote do goleiro Karius depois do chute de El Sharawway.

Os Giallorossi continuavam melhores no jogo, dando uma blitz no Liverpool, que não encontrava uma boa jogada para matar a partida. Os ingleses ainda “contaram” com a ajuda do arbitro esloveno Damir Skomina, que não marcou um pênalti claro de Robertson. O jogador cortou com a mão o chute em direção ao gol de Dzeko.

O Liverpool segurava a Roma a todo custo e esperava o tempo passar. Os italianos não desistiam e queriam pelo menos a vitória, que veio com Naingollan com um chutaço de fora da área e que contou com a colaboração de Karius.

Naingollan tenta passar pela marcaçao. Volante foi autor de dois gols. (Foto: Reprodução/APF)

Ainda deu tempo para um pênalti para a Roma. Klavan cortou com braço dentro da área. O mesmo Naingollan bateu com violência no meio do gol para marcar 4 x 2, o seu segundo no jogo

Já era tarde para a classificação, mas os romanistas lutaram até o fim, recebendo o carinho de seus torcedores. Entretanto, é o time inglês quem vai para Kiev no dia 26 de maio.

FICHA TÉCNICA
ROMA 4 X 2 LIVERPOOL

Local: Estádio Olímpico, Roma, Itália
Data: 2 de maio de 2018, quarta-feira
Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)
Assistentes: Jure Praprotnik e Robert Vulan (ambos da Eslovênia)
Cartões Amarelos: Florenzi e Manolas (Roma); Lovren e Robertson (Liverpool)
Cartões Vermelhos: –
Gols: 
ROMA: Milner contra aos 15 minutos do primeiro tempo e Dzeko aos seis e Nainggolan aos 40 e aos 48 minutos do segundo tempo.
LIVERPOOL: Mané aos nove e Wijnaldum aos 26 minutos do primeiro tempo.

ROMA: Alisson; Florenzi, Manolas, Fazio e Kolarov; De Rossi (Gonalons), Pellegrini (Under) e Nainggolan; Shick, El Shaarawy (Antonucci) e Dzeko. Técnico: Eusebio Di Francesco

LIVERPOOL: Karius; Alexander-Arnold (Clyne), Lovren, Van Dijk e Robertson; Henderson, Wijnaldum e Milner; Mané (Klavan), Salah e Roberto Firmino (Solanke). Técnico: Jurgen Klopp

 

Leandro Porto

Sobre Leandro Porto

Leandro Porto já escreveu 45 posts nesse site..

Meu nome é Leandro Martins Porto, tenho 29, paulistano e sou estudante de jornalismo. Além disso, sou formado em educação física e sempre estou nesse meio esportivo e suas áreas como treinamento e mídia.Gosto muito de esportes e de pesquisar sobre eles. Um dos grandes fatores para ser um bom jornalista é a curiosidade em saber sobre determinado tema, e é isso que tento desenvolver em mim. Claro que adoro futebol, mas outros esportes também como: Basquete, F1, Handball, entre outrosParticipo de uma web rádio em Taboão da Serra desde 2016, voltada ao esporte, chamada Rádio Esportesnet. Trabalho como comentaristas e repórter em alguns jogos locais de futebol e futsal e também em jogos do campeonato Paulista e Brasileiro.Em 2018 comecei a trabalhar no Esporte Interativo, na parte de operações de estúdio, com os programas de São Paulo.

365 Scores

BetWarrior


Leandro Porto
Leandro Porto
Meu nome é Leandro Martins Porto, tenho 29, paulistano e sou estudante de jornalismo. Além disso, sou formado em educação física e sempre estou nesse meio esportivo e suas áreas como treinamento e mídia.Gosto muito de esportes e de pesquisar sobre eles. Um dos grandes fatores para ser um bom jornalista é a curiosidade em saber sobre determinado tema, e é isso que tento desenvolver em mim. Claro que adoro futebol, mas outros esportes também como: Basquete, F1, Handball, entre outrosParticipo de uma web rádio em Taboão da Serra desde 2016, voltada ao esporte, chamada Rádio Esportesnet. Trabalho como comentaristas e repórter em alguns jogos locais de futebol e futsal e também em jogos do campeonato Paulista e Brasileiro.Em 2018 comecei a trabalhar no Esporte Interativo, na parte de operações de estúdio, com os programas de São Paulo.

Artigos Relacionados

Topo