Parabéns, Xerifão! Laporte completa 26 anos

- O jogador mais caro da história dos Citizens já prova ser dos melhores do mundo
Laporte, o homem que comanda a zaga de Guardiola completa 26 anos

Nesta quarta-feira (27), a Coluna Parabéns ao Craque homenageia um dos melhores defensores do planeta, Aymeric Laporte, que completa hoje 26 anos. Laporte ficou marcado por, em janeiro de 2018, se tornar o segundo zagueiro mais caro da história. Depois de ser comprado junto ao Athletic Bilbao por 65 milhões de euros, atualmente é um dos homens de confiança de Pep Guardiola.

INFÂNCIA E JUVENTUDE

Aymeric nasceu na cidade de Agen, na França. Seu pai era jogador de rugby, enquanto sua mãe foi jogadora de futebol. Aos cinco anos, o menino começou a treinar os esportes que seus pais praticavam. Aos seis anos, ingressou no clube de sua cidade, o SU Agen. No início de sua carreira, pela extrema qualidade com bola nos pés, o hoje beque, era ponta e dos bons (segundo o jogador, ele terminou como artilheiro de competições de base oito vezes). Contudo com o tempo, cresceu demais, ficando lento para a posição e foi recuado.

Com 15 anos, o adolescente recebeu sua primeira proposta para ir a um clube conhecido do Velho Continente, o Athletic de Bilbao. Entretanto, a busca pelo garoto, que já se destacava muito em solo francês, gerou muita polêmica. Pois os Leones são do País Basco e não permitem que atletas não nascidos, não desenvolvidos ou sem ascendência no País Basco possam vestir sua camisa. Porém, o craque é descendente de bascos, através de seus bisavós, o que resolveu a questão.

No futuro, após sua ida à Inglaterra, Laporte acabou salvando as finanças do SU Agen pelo mecanismo de solidariedade da FIFA. À época, o clube entrava em estado de falência por dívidas avaliadas em 100 mil euros. No entanto, os  650 mil euros recebidos foram de grande ajuda aos nanicos.

BASE DO ATHLETIC E ESTREIA NOS PROFISSIONAIS

A princípio, o futuro xerife leone se apresentou oficialmente na Espanha em 2010, com 16 anos. Após uma temporada incrível na base do time basco, o atleta recebeu uma oferta de empréstimo para defender o Basconia (atualmente disputa a terceira divisão espanhola), e acabou estreando pelos profissionais com apenas 16 anos de idade. Por lá, o francês fez 33 jogos na temporada, marcando dois gols e se tornando um dos destaques da equipe.

Após um ano de empréstimo, o hoje ídolo voltou e sob o comando de MarceloEl LocoBielsa, fez sua estreia. Um debute mágico: desarmes precisos e coberturas perfeitas. Assim, na vitória, fora de casa, por 2 x 0 contra o Hapoel (Israel), pela UEFA Europa League, ali nascia uma estrela. Depois de mais algumas partidas, renovou seu contrato até 2015. Ao fim de janeiro de 2013, estendeu seu contrato mais uma vez, agora até 2016 e com multa rescisória de 27,5 milhões de euros.

O agora camisa 4 tinha Ernesto Valverde como novo técnico e dali pra frente foi titular incontestável, sendo o pilar da zaga dos bascos. O incrível zagueiro e lateral dos seis nomes (curiosidade) fez seu primeiro gol como profissional contra o Getafe, em 28 de outubro de 2013. Após escanteio, o ponta cabeceou no melhor estilo CR7 para garantir a vitória. Ademais, ao fim da temporada de 2013/14 foi escolhido para a equipe do ano da La Liga.

PRIMEIRO TÍTULO

Mais uma vez muito valorizado, em junho de 2015 o defensor prologou seu contrato até 2019, dessa vez com multa estimada em 50 milhões euros. Em 2015, o Bilbao foi derrotado pelo Barcelona na final da Copa do Rei. Entretanto se vingaram na Supercopa da Espanha. Após 4 x 0 na ida, no San Mamés, as equipes empataram em 1 x 1 no Camp Nou. Com isso, a prata da casa ajudou o Bilbao a vencer seu primeiro troféu em 31 anos. Pela 4ª vez, uma renovação de contrato sacramentada. Em 13 de junho de 2016, o jovem renovou seu contrato até 2020, com sua cláusula de compra chegando a 65 milhões euros.

SAÍDA PARA A TERRA DA RAINHA

Com a marcante passagem pelo futebol espanhol, o zagueiro encantou o técnico que mais marcou o século 21 até o momento, Pep Guardiola. O comandante do incrível Barcelona, de Messi, Xavi e Iniesta, pediu, e os Sheiks atenderam o desejo. Em 30 de janeiro de 2018 foi anunciado. Os Citizens pagaram sua multa rescisória. Agora, o menino de Agen era a contratação mais cara da história do Manchester City, superando Kevin De Bruyne. Aymeric Laporte jogou 222 partidas pelo Athletic de Bilbao, marcando 10 gols na seis temporadas que representou o clube.

Mesmo que tenha acabado de contratar um dos melhores defensores do mundo, o City foi muito criticado pelo preço gasto em suas contratações naquela temporada. Guardiola rebateu:

“Entendo as críticas, mas gastamos 300 milhões de libras em seis jogadores. Outros fizeram isso em dois. Para competir, precisávamos gastar. Um clube pode decidir gastar com dois jogadores, fizemos de maneira diferente. Aceitamos críticas, mas o mais importante é que eles joguem bem”.

Embora criticado, dois dias depois, o jogador mais caro da história do City estreou com uma performance segura e vitória por 3 x 0. Foi inquestionável que o ex-leone, mais uma vez, se tornou o pilar defensivo de seu elenco. Ele é o homem de confiança do talvez melhor técnico do mundo, sempre Laporte e mais um na zaga.

Decerto, o time de Manchester não depende de apenas um jogador, porém o beque veio a sofrer uma lesão no joelho, que o tirou de 30 jogos. Inegavelmente, a lesão atrapalhou os planos dos Sky Blues de vencer outra Premier League, hoje liderada pelo rival Liverpool. Até o momento, defendendo o Man City, são 51 jogos e três gols, quatro títulos e um prêmio de equipe do ano da Premier League.

POSSÍVEL IDA AO BARCELONA

De acordo com o jornal “Mundo Deportivo”, nos bastidores do clube catalão, há uma esperança de que o francês possa pedir para sair da Inglaterra, devido à sanção imposta pela FIFA aos ingleses, impedindo que eles disputem as próximas Liga dos Campeões. O interesse da equipe blaugrana já chegou no jogador de 26 anos. Na Catalunha, esperam o desenrolar dos próximos acontecimentos. Já o clube inglês terá que decidir o que fazer com alguns de seus jogadores se não puder receber as boas receitas da UEFA por participação nas competições europeias.

O interesse dos Culés por Laporte é antigo e começou quando o defensor atuava no Athletic Bilbao em 2014. Nos anos seguintes, o time basco dificultou a saída do zagueiro, e o Barça preferiu apostar em Umtiti, devido ao fato de também ser jovem na época, mas custar mais barato. No entanto, a aposta não deu certo e a contratação da época está prestes a tomar novos rumos na próxima temporada.

CARREIRA NA SELEÇÃO

Aymeric participou de todas as categorias de base francesas. Apesar disso, ainda não jogou oficialmente com a camiseta dos Les Bleus. Embora tenha ficado seduzido pela proposta de se naturalizar espanhol, Laporte acabou rejeitando a oferta. Pois ele foi convocado para a Seleção da França para as eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, contra a Bulgária e a Holanda em outubro. Ele firmou que havia decidido não se candidatar à nacionalidade espanhola, com o objetivo de defender a seleção francesa. Entretanto, ele não participou de nenhuma das partidas.

Em agosto de 2019, ele foi convocado novamente para os jogos da França na fase de qualificação para o Eurocopa de 2020, contra a Albânia Andorra. No entanto, apenas dois dias depois, ele se machucou jogando pelo clube e descartou qualquer participação. Até o momento, o craque citizen se vê preterido pelo técnico Didier Dechamps.

“O treinador não está me escolhendo por motivos pessoais, mas tenho que respeitar isso. Não acho que seja uma questão esportiva. Você terá que perguntar por que ele não me liga. Não tenho nada. Se alguém tem um problema, é ele comigo. Não vou ligar para ele. A única pessoa que pode resolver isso é o treinador, mas jogar pela Espanha está fora de questão. Estou lutando para jogar pela França porque sou francês. Não tenho dupla cidadania e não vou me candidatar. “

Foto destaque: Reproução/Quique Garcia/AFP

Erick Uchoa Nascimento

Sobre Erick Uchoa Nascimento

Erick Uchoa Nascimento já escreveu 34 posts nesse site..

Prazer, me chamo Erick Uchoa Nascimento, tenho 18 anos e resido em São Paulo capital. Optei pelo jornalismo por ser uma forma de me manter perto do que eu mais amo, esportes, em especial, futebol e basquete. Tenho o grande sonho de um dia poder cobrir grandes eventos, como a Libertadores, UEFA champions League e quem sabe até uma Copa do Mundo ou NBA. Curso jornalismo na Universidade Nove de Julho.

365 Scores

BetWarrior


Erick Uchoa Nascimento
Erick Uchoa Nascimento
Prazer, me chamo Erick Uchoa Nascimento, tenho 18 anos e resido em São Paulo capital. Optei pelo jornalismo por ser uma forma de me manter perto do que eu mais amo, esportes, em especial, futebol e basquete. Tenho o grande sonho de um dia poder cobrir grandes eventos, como a Libertadores, UEFA champions League e quem sabe até uma Copa do Mundo ou NBA. Curso jornalismo na Universidade Nove de Julho.

Artigos Relacionados

Topo