La fiesta de Romero! Com hat-trick do paraguaio, Corinthians vira contra o Vasco

Cariocas saem na frente, mas na volta do intervalo são engolidos pelos paulistas, que golearam em dia inspirado do atacante paraguaio
La fiesta de Romero! Com hat-trick do paraguaio, Corinthians vira contra o Vasco

Festa paraguaia na capital do Brasil! Isso mesmo, amado por uns e odiado por outros, Ángel Romero foi o dono do jogo entre Vasco x Corinthians, no Mané Garrincha. No primeiro tempo, os vascaínos até que saíram na frente do placar, com o gol de pênalti de Pikachu, mas, na volta do intervalo, os cariocas foram surpreendidos com o dia inspirado de Romero.

1º Tempo

O Corinthians começou superior ao Vasco, dominando o meio-campo e trocando passes, a medida em que o Vasco arriscava suas chegadas ao ataque com o ligamento direto.

Aos poucos, o cruz-maltino foi se impondo e crescendo  no jogo. A primeira boa chance carioca aconteceu com Yago Pikachu. O meia-lateral driblou e chutou forte de fora da área: a bola passou raspando o travessão. Outro que passou perto de abrir o marador foi Andrés Ríos, que recebeu na meia-lua e soltou a bomba em direção ao gol.

Precisando atacar, o Corinthians respondeu com Pedrinho, que cruzou fechado para a área. O goleiro Martín Silva saiu para defender, se atrapalhou, mas conseguiu evitar a falha fatal a tempo. Aos 43, os alvinegros paulistas acertaram a trave, em cabeçada de Danilo Avelar após escanteio.

Já no final da etapa inicial, Pikachu foi derrubado por Fagner, dentro da área e o juiz marcou pênalti. O próprio Pikachu bateu e abriu o placar para o Vasco (1 x 0).

Pikachu marcou seu 15º gol pelo Vasco em 2018 (Reprodução/Globoesporte.com)
Pikachu marcou seu 15º gol pelo Vasco em 2018 (Reprodução/Globoesporte.com)

2º Tempo

Na volta do intervalo, o Corinthians voltou com tudo e precisou de apenas três minutos após o para empatar o jogo. Jadson lançou na área,  Martín Silva saiu mal, deixando o gol aberto, e Romero não perdoou (1 x 1).

Logo em seguida, nove minutos depois, veio a virada corinthiana. Sozinho na ponta, Pedrinho cruzou e Romero apareceu na área – como um bom centroavante – para colocar seu time na frente do marcador. (1 x 2).

Dessa forma, o Corinthians foi superior durante todo o segundo tempo. O Vasco não conseguia se encontrar em campo. Aos 31, Mateus Vital foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Jadson pegou a bola e não desperdiçou (1 x 3 ).

Fechando a conta, Romero garantiu seu hat-trick. Emerson Sheik, que entrou no segundo tempo, fez bela enfiada de bola, deixando o paraguaio na cara do gol para marcar o quarto gol paulista e o terceiro dele no jogo (1 x 4), consagrando a bela atuação do Corinthians e a péssima exibição do Vasco.

Com os três gols marcados em Brasília, Romero chegou aos 37 pelo Corinthians e passou Ronaldo Fenômeno, que foi homenageado pelo paraguaio na comemoração do último tento (Reprodução/Globoesporte.com)
Com os três gols marcados em Brasília, Romero chegou aos 37 pelo Corinthians e passou Ronaldo Fenômeno, que foi homenageado pelo paraguaio na comemoração do último tento (Reprodução/Globoesporte.com)

E agora?

Com a vitória, o Corinthians soma 25 pontos e chega à 7ª colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Vasco permanece com 19 pontos, na 11ª posição, pelo menos até o começo dos jogos das 16h. A próxima partida do alvinegro paulista é contra a Chapecoense, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira (1), às 21h45, em Itaquera. Pelo Brasileirão, o Corinthians entra em campo no próximo sábado (4), às 21h, também em Itaquera, contra o Atlético-PR. Com rodada da Sul-Americana só na próxima semana, contra a Liga de Quito, o próximo confronto do Vasco será só no domingo (5), contra p São Paulo, no Morumbi.

Melhores Momentos

Leonardo José

Sobre Leonardo José

Leonardo José já escreveu 382 posts nesse site..

Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Leonardo José
Leonardo José
Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

Artigos Relacionados

Topo