Kashima Antlers vence derby e afunda Jubilo Iwata na lanterna da J-League

Com direito a gol de placa, donos da casa precisaram só de um tempo para vencerem o clássico
J-League Kashima Antlers

A 18ª rodada da J-League reservou para este último sábado (6) um clássico. O duelo reuniu dois opostos na tabela de classificação: Kashima Antlers e Jubilo Iwata. De um lado os donos da casa. brigando para se aproximar ainda mais do G3 da competição. Do outro, um desesperado Jubilo que luta rodada a rodada para largar a lanterna. Quando a bola rolou, ficou evidente a superioridade do Kashima. E o time só precisou de apenas um tempo para vencer a partida e piorar ainda mais a situação de seu rival.

1° TEMPO

Quando a bola rolou no Kashima Soccer Stadium, o time da casa resolveu logo de cara tomar conta da posse de bola. Porém, faltava transformar essa superioridade em chances de gol. A equipe comandada por Go Oiwa abusava das finalizações. Mas nenhuma que realmente assustasse o goleiro polonês do Jubilo IwataKrzysztof Kaminski. Por outro lado, aos visitantes restava apenas confiar na retranca armada pelo técnico Hiroshi Nanami. Aos 28 minutos após uma cobrança de falta pelo lado esquerdo, o zagueiro Ryo Shinzato do Jubilo Iwata tentou afastar, mas acabou mandando a bola para o próprio gol.

Se as coisas já estavam todas favoráveis ao Kashima, o gol deixou tudo ainda mais tranquilo. Com 65% de posse de bola, os comandados de Go Oiwa tocavam rapidamente explorando as jogadas pelas laterais. E foi exatamente em uma delas que aconteceu um verdadeiro golaço! Depois de receber passe de Ryohei Shirasaki, o camisa 26 Yuta Koike ganhou da marcação em velocidade. Não sabemos se a tentativa foi de chutar ou de cruzar para a área, certo é que Koike acertou um belo chute que tomou efeito e encobriu o goleiro polonês Kaminski, colocando 2×0 no placar.

Yuta Koike (camisa 26) autor do golaço marcado pelo Kashima Antlers (Reprodução/J-League)

2° TEMPO

Sem outra alternativa o Jubilo Iwata tomou as iniciativas no segundo tempo. Contudo alguns chutes em direção ao gol do sul-coreano Sun-Tae Kwuon não apresentavam muita precisão, e quando acertavam a pontaria, Kwuon trabalhava bem. Enquanto o atual lanterna da J-League atacava, o Kashima tocava a bola e gastava o tempo. A tática deu certo, mantendo inclusive a superioridade novamente na posse de bola. Depois de cinco minutos de acréscimo, o árbitro Yoshiro Imamura apitou o fim de jogo. Festa para o Kashima Antlers enquanto o calvário vivido pelo Jubilo Iwata prossegue.

E AGORA ?

A vitória colocou o Kashima Antlers na quarta colocação na tabela de classificação com 31 pontos, um a menos que o Kawasaki Frontale, terceiro colocado. O time ainda aumentou sua invencibilidade chegando há quatro partidas sem saber o que é ser derrotado. No próximo sábado (13) às 7h (horário de Brasília), a equipe enfrenta o Vegalta Sendai, fora de casa, buscando um lugar no G3 da J-League.

A derrota complicou ainda mais a vida do Jubilo Iwata que além de amargar a lanterna da competição, vê seus rivais diretos na luta contra o rebaixamento abrirem vantagem na classificação. Com 14 pontos, o Jubilo está a três do Matsumoto Yamaga e do Sagan Tosu e além disso, acumula seis jogos sem vitória. A chance de tentar minimizar essa diferença também será no sábado (13) às 6h (horário de Brasília), no confronto direto diante do próprio Matsumoto Yamaga, jogando fora de casa.

MELHORES MOMENTOS

Avatar

Sobre Rafael Regis

Rafael Regis já escreveu 98 posts nesse site..

Tenho 31 anos. Sou formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em Radialista (setor locução) pelo Senac-SP. Trabalho também como repórter da Rádioweb Poliesportiva, onde participo de coberturas in-loco de diversos esportes como: futebol, vôlei, basquete e futsal. Apaixonado pelo jornalismo e pelas coberturas esportivas, moro na capital paulista e sou torcedor fiel do Nacional Atlético Clube (SP).


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Avatar
Rafael Regis
Tenho 31 anos. Sou formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em Radialista (setor locução) pelo Senac-SP. Trabalho também como repórter da Rádioweb Poliesportiva, onde participo de coberturas in-loco de diversos esportes como: futebol, vôlei, basquete e futsal. Apaixonado pelo jornalismo e pelas coberturas esportivas, moro na capital paulista e sou torcedor fiel do Nacional Atlético Clube (SP).

Artigos Relacionados

Topo