Japão se classifica, através de uma novidade nos critérios de desempate

Graças a sua disciplina e lealdade dentro de campo, Japoneses conseguem vaga nas oitavas de final da Copa da Rússia
Japão x Polonia

Imagem: Julian Finney/Getty Images

O último dia da fase de grupos da Copa do Mundo, reservou uma das maiores curiosidades desse mundial. Empatados em tudo, Japão e Senegal viram o seu destino no Campeonato do Mundo ditado pelo comportamento, fator de desempate no qual os Samurais Azuis levam a melhor.

Novidade no regulamento desse mundial, o fair play decidiu pela primeira vez um classificado as oitavas de final de uma Copa do Mundo, já que asiáticos e africanos acabaram, empatados em quase tudo.

Com 4 pontos, na diferença de gols (0), no número de golos marcados nos jogos do grupo (4), no número de pontos no confronto direto (1) e nos golos marcados no confronto direto (2×2), obrigando a ir analisar o sétimo critério de desempate: a disciplina.

Os japoneses tiveram apenas quatro cartões amarelos ao longo da fase de grupos, menos 2 do que os senegaleses. Vale lembrar que caso houvesse também empate na disciplina, a vaga seria decidida em um sorteio.

1° TEMPO

Uma das principais coisas que chamava atenção antes do início do jogo entre Japão e Polônia eram as muitas mudanças nas duas equipes. No time polonês, já eliminado, cinco jogadores do time que começou a partida contra a Colômbia foram sacados.

Já o Japão, apesar da invencibilidade e das chances de classificação, o técnico Akiro Nishino decidiu tirar alguns dos principais jogadores do time, como até o principal jogador da equipe o meia, Shenji Kagawa e o centroavante Osako. E no total, foram seis mudanças na equipe titular.

Mesmo com tantas alterações, os japoneses foram para cima da seleção polonesa, e conseguiram criar três chances boas, logo nos primeiros 15 minutos de jogo. A melhor delas, Muto recebeu passe de cabeça e chutou forte, para boa defesa do goleiro titular nessa partida, Fabianski e pelo lado dos poloneses, quem mais tentava era Lewandowski. Porém, o atacante, atuando isolado, pouco fez e assim não produzia o que se esperava dele.

E sem a responsabilidade de classificação, a Polônia jogou melhor e dominou a maior parte do primeiro tempo. Aos 31 minutos do primeiro tempo da partida, Grosicki recebeu bom cruzamento e cabeceou no cantinho direito do gol. Kawashima pulou e se esticou todo para espalmar a bola na linha e evitar que a Polônia abrisse o placar.

A jogada animou a Polônia, que passou a ficar mais com a bola e procurar o gol. Aos 36, após cobrança de escanteio, Kurzawa chutou por cima da meta japonesa. Um minuto depois, Zielinski puxou contra-ataque, mas errou o passe que deixaria Lewandowski em boas condições de marcar.

E os dois times foram zerados para os vestiários.

Richard Heathcote/Getty Images

Imagem: Richard Heathcote/Getty Images

2° TEMPO

Na volta para a segunda etapa, o Japão foi obrigado a fazer uma alteração já nos primeiros minutos. O atacante Okazaki sentiu dores e foi substituído por Ozako, que até então era titular nos dois primeiros jogos. Isso fez com que a equipe passasse a explorar mais bolas na área, mas o zagueiro Glik, que fazia sua estreia na Copa, tirava quase todas.

E aos 14 minutos, finalmente saiu o primeiro gol. Kurzawa bateu falta para a Polônia na área, Lewandowski passou pela bola e ela ficou livre para Bednarek completar de primeira, sem chances para Kawashima.

Após a abertura do marcador, pouca chances foram vista até o final da partida, e mesmo depois que a Colômbia abriu o placar, os japoneses claramente seguraram o resultado e quase nada fizeram para ao menos garantir um empate que daria uma tranquilidade. Assim, os jogadores japoneses tocaram a bola para o lado nos minutos finais da partida e foram vaiados pelos torcedores no estádio.

O Japão até jogou melhor no primeiro tempo, criando mais chances, a partida contra a Polônia será lembrada pelos 10 minutos finais em que os japoneses abriram mão de jogar e ficaram apenas trocando passes na zaga.

Os poloneses, por sua vez, não buscaram o segundo gol e a seleção japonesa arrancou a classificação por ter dois cartões amarelos a menos que Senegal.

Japão x Polônia ao vivo pela Copa do Mundo 2018

Jan Bednarek celebra gol da Polônia. MARK RALSTON (AFP)

COMO FICA?

Agora a seleção japonesa vai enfrentar a Bélgica que se classificou em primeiro no grupo H, segunda-feira, ás 15:00, na Arena Rostov.

Japão x Polônia

NICOLAS ASFOURI / AFP

Andreas Borges

Sobre Andreas Borges

Andreas Borges já escreveu 35 posts nesse site..

Andreas Borges, 24 anos, estudante do último semestre de Jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto e estagiário na rádio CBN. Louco por esportes principalmente futebol e desde pequeno acompanha os mais variados campeonatos ao redor do mundo.Procura entender como os fatores extra campo influenciam no rendimento de um time dentro de um jogo ou campeonato, também é apaixonado por analise tática e gestão esportiva.Fã do futebol de Cristiano Ronaldo, defende que Messi e CR7 não tem comparação por terem estilos diferentes e tem uma opção clara pela formação 4-4-2 diamante.

BetWarrior


Andreas Borges
Andreas Borges
Andreas Borges, 24 anos, estudante do último semestre de Jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto e estagiário na rádio CBN. Louco por esportes principalmente futebol e desde pequeno acompanha os mais variados campeonatos ao redor do mundo.Procura entender como os fatores extra campo influenciam no rendimento de um time dentro de um jogo ou campeonato, também é apaixonado por analise tática e gestão esportiva.Fã do futebol de Cristiano Ronaldo, defende que Messi e CR7 não tem comparação por terem estilos diferentes e tem uma opção clara pela formação 4-4-2 diamante.

Artigos Relacionados

Topo