Itália x Polônia – Mais do que um torneio amistoso, Liga das Nações significa recomeço para duas seleções em baixa

Poloneses buscam se recuperar da decepcionante campanha na Copa do Mundo, enquanto a meta dos italianos é se reconstruir
Polônia e Itália se enfrentam pela Liga das Nações

Nesta sexta-feira (7), Itália e Polônia medem forças em jogo válido pelo grupo 3 da Liga das Nações, torneio amistoso entre seleções da Uefa. O duelo, que será às 15h45 no estádio Renato Dall’Ara, em Bolonha (Itália), é tratado como o ponto de partida para a recuperação de duas seleções que não vivem seus melhores momentos.

Itália

Renovada, a seleção comandada pelo técnico Roberto Mancini aposta nos jovens para voltar a brilhar no cenário mundial. Depois de ficar de fora da Copa do Mundo da Rússia, a missão italiana é se reconstruir.

“Viemos para a Liga das Nações convictos de que podemos ter um bom desempenho e ganhar jogos. Nosso primeiro objetivo é o de entrosar o time”, afirmou o treinador, que criticou a pouca disponibilidade de atletas no país. “Nunca houve tão poucos italianos em campo. Tenho de ir à procura deles para conseguir encontrá-los. Por conta disso convoquei tantos jogadores jovens, visando conhecê-los e identificar como podem nos ajudar futuramente”, completou.

A escalação inicial deve mesclar atletas mais novos ao lado de veteranos. No gol, Donnarumma, tratado como sucessor de Buffon no gol italiano, assume a meta. A dupla de zaga será formada pela dupla Bonucci e Chiellini, da Juventus, enquanto as laterais devem ser ocupadas por dois jogadores com características ofensivas: Zappacosta pela direita e Criscito cobrindo o lado esquerdo.

No meio de campo, a tendência é que Jorginho atue um pouco mais recuado com os jovens Benassi e Pellegrini à frente. E a linha ofensiva deverá contar com Chiesa e Insigne pelas pontas e Balotelli centralizado no comando de ataque.

https://twitter.com/Vivo_Azzurro/status/1037326623505305600

Time provável: Donnarumma; Zappacosta, Bonucci, Chiellini e Criscito; Jorginho, Benassi e Pellegrini; Chiesa, Balotelli e Insigne. Téc.: Roberto Mancini

Polônia

A Copa do Mundo foi decepcionante para a seleção polonesa. Cabeça de chave do grupo H, a equipe, na época treinada por Adam Nawalka, terminou a chave na última colocação.

O jogo contra a Itália marcará a estreia de Jerzy Brzeczek no comando da equipe. E o novo técnico ressaltou a importância de começar o trabalho contra uma gigante do futebol mundial que vive situação semelhante à de sua equipe.

“É meu primeiro jogo. Nele, vamos iniciar um novo capítulo e com novas pessoas. Será interessante enfrentar a Itália, pois ela se encontra no mesmo momento em que nós estamos. A Polônia não esteve bem no Mundial e a Itália sequer esteve nele. (…) Vai ser um bom teste e que mostrará desde já se estou fazendo as melhores escolhas”, disse.

Para o confronto, Brzeczek deve escalar entre os titulares nove jogadores que estiveram na Rússia. As novidades ficam por conta do zagueiro Kaminski, do Stuttgart (ALE) e do lateral-esquerdo Reca, contratado nesta temporada pela Atalanta (ITA).

O técnico Jerzy Brzeczek terá seu primeiro desafio à frente da Polônia – Foto: Reprodução / Record.pt

Time provável: Fabiański; Bereszyński, Glik, Kamiński e Reca; Błaszczykowski, Krychowiak, Zieliński e Kurzawa; Milik e Lewandowski. Téc.: Jerzy Brzeczek

Retrospecto

Polônia e Itália se enfrentaram 14 vezes ao longo da história. Foram 5 vitórias italianas, 3 polonesas e seis empates. No último jogo entre as duas equipes, a Itália venceu por 2×0 um amistoso realizado em novembro de 2011, na casa do Rival. Balotelli e Pazzini fizeram os gols.

Bruno Piai

Sobre Bruno Piai

Bruno Piai já escreveu 37 posts nesse site..


 

365 Scores

 

Artigos Relacionados

Topo