Independiente x Santos – Clima de Brasil e Argentina

- Independiente e Santos fecham a primeira rodada de jogos das oitavas
Independiente x Santos

Encerrando o primeiro ciclo das oitavas de final da Copa Libertadores da América, o Peixe enfrenta o Rei de Copas na Argentina às 21h45 no horário de Brasília. O duelo tem pesos diferentes para as duas camisas que não jogarão apenas em busca da vantagem para o jogo de volta no Pacaembu.

O time da baixada se recupera da sequência de dois meses sem vencer, efeito de fatores internos e externos que aos poucos vem sendo corrigidos. A vitória contra o Sport e contra o Cruzeiro, mesmo após a derrota nos pênaltis, serviram tanto para melhorar a imagem do clube quanto para aumentar a confiança dos jogadores.

Já para o time da casa, vencer assegura a boa fase de uma equipe consistente que não perde desde abril, consolidando o alto nível principalmente de sua linha ofensiva, que apesar de desfalcada para o compromisso de hoje, chegou a marcar oito vezes em um jogo e tem tudo para cansar a defesa santista.

Diego Haro conduzirá a partida junto aos assistentes Jonny Bossio e Victor Raez, todos peruanos.

Independiente

Os anfitriões praticamente acabaram de voltar do recesso da temporada nacional, tendo disputado apenas três jogos fora do calendário da Libertadores desde a final da Recopa contra o Grêmio. Mesmo assim, vêm demonstrando excelência e desde a derrota para o Corinthians, em abril, não sabe mais o que é terminar um jogo atrás do placar.

Como parte do pacote de volta ao trabalho, os argentinos enfrentaram três adversários em três competições distintas até receberem o Santos hoje. Contra o Central Ballester, pela primeira rodada da Copa Argentina, venceram pelo fascinante placar de 8 a 0. Depois, conquistaram a Copa Suruga – campeonato de pré-temporada – batendo o Cerezo Osaka pelo placar mínimo e, por fim, empataram com o Newell’s Old Boys por 2 a 2, pela segunda rodada do Campeonato Argentino.

A equipe de Ariel Holan sofrerá com os desfalques de Nicolas Fagal e Alan Franco, ambos titulares suspensos, fora a possível ausência de Benítez que saiu de campo no último compromisso do time, e é marcado como incerto.

Provável escalação: Campaña, Bustos, Burdisso, Gastón Silva, Sánchez Miño, Francisco Silva, Pablo Hernández, Gaibor, Meza, Gigliotti e Benítez. Técnico: Ariel Holan.

Santos

Após uma sequência turbulenta de resultados no Campeonato Brasileiro, o Peixe voltou a animar sua torcida com uma vitória maiúscula contra o Sport, que vive uma crise. Os três pontos foram coadjuvantes de uma partida que serviu mais para a reconstrução da esperança santista, que começou a ser lapidada após vencer o Cruzeiro de virada pela Copa do Brasil.

Agora, o compromisso é ainda mais complicado. A autoestima derivada dos dois últimos jogos deve ser usada para ao menos levar o time a um empate, que construiria uma boa chance para que o clube crescesse na partida do dia 28, no Pacaembu.

Com Luiz Felipe, Yuri e L-éo Cittadini na lista de ausentes, o time comandado por Cuca tem o elenco titular completo e deve entrar no Estádio Libertadores de América com formação parecida com a da última rodada do Brasileirão, sem poupar jogadores e já fazendo proveito das recentes contratações estrangeiras feitas pelo clube.

Provável escalação: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Dodô, Alison, Bryan Ruiz, Carlos Sánchez, Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique. Técnico: Cuca

Tiago Souza

Sobre Tiago Souza

Tiago Souza já escreveu 36 posts nesse site..

Formado em jornalismo pela Universidade São Judas, atuei em diversas áreas de maneira colaborativa. Sou viciado em informação e, por isso, estudo todos os dias sobre futebol e videogames, tendo essas duas vertentes como pilares da minha personalidade. Apesar de levar esses temas muito a sério, tenho a plena noção de que, sem o amor e a descontração, nenhuma delas existiria de forma tão espetacular como são hoje.

365 Scores

BetWarrior


Tiago Souza
Tiago Souza
Formado em jornalismo pela Universidade São Judas, atuei em diversas áreas de maneira colaborativa. Sou viciado em informação e, por isso, estudo todos os dias sobre futebol e videogames, tendo essas duas vertentes como pilares da minha personalidade. Apesar de levar esses temas muito a sério, tenho a plena noção de que, sem o amor e a descontração, nenhuma delas existiria de forma tão espetacular como são hoje.

Artigos Relacionados

Topo