Independiente x Flamengo – Brasil e Argentina na final da Sul-Americana

A Copa Sul-Americana chegou a sua final e temos novamente um brasileiro na final, depois de Internacional (campeão em 2008), Fluminense (finalista em 2009), Goiás (finalista em 2010), São Paulo (campeão em 2012), Ponte Preta (finalista em 2013) e a Chapecoense (campeão em 2016, da qual não ocorreu a final por conta do fatídico acidente), agora é a vez do Flamengo lutar pelo inédito título do clube rubro-negro e de um time carioca. Na final enfrentará o “papa-título” sul-americano, o Rey de Copas, o Independiente, da Argentina. O confronto entre brasileiros e argentinos acontece no Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, na Argentina, às 21h45 (Brasília), hoje (6/12).

INDEPENDIENTE

O time da casa começou a competição na primeira fase, vencendo o Alianza Lima (PER), 0 x 0 e 1 x 0. Na segunda fase enfrentou o Deportes Iquique (CHI) e venceu de novo, 4 x 2 e 2 x 1. Nas oitavas pegou o Atlético Tucuman (ARG), perdeu o primeiro jogo por 1 x 0 e virou com um 2 x 0 em casa. Nas quartas passou pelo Nacional (PAR), 4 x 1 e 2 x 0. Nas semifinais perdeu o primeiro jogo para o Libertad (PAR) por 1 x 0 e venceu o segundo por 3 x 1.

FLAMENGO

O rubro-negro carioca estreou na segunda fase após ser eliminado da Libertadores. Venceu o Palestino (CHI) por 2 x 5 fora e 5 x 0 em casa. Na terceira fase eliminou a atual campeã Chapecoense, 0 x 0 e 4 x 0, em seguida passou pelo Fluminense, 1 x 0 e 3 x 3, e nas semifinais passou pelo Júnior Barranquilla (COL), 2 x 1 e 2 x 0.

O JOGO

O time do Flamengo desempenha um futebol melhor que o do rival, que já perdeu duas vezes. Mas são dois jogos difíceis e o equilíbrio deve permanecer.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

INDEPENDENTE: Campaña; Bustos, Franco, Tagliafico e Silva; Domingo, Rodríguez, Meza, S. Miño (Benítez) e Barco; Gigliotti. Téc: Ariel Holan

FLAMENGO: César; Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Everton Ribeiro, Paquetá e Felipe Vizeu. Téc: Reinaldo Rueda

Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR)
Auxiliares: Milciades Salvidar (PAR) e Dario Gaona (PAR)

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1085 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


 

365 Scores

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo