Independiente garante primeiros pontos na estreia do Argentino

Ainda pela rodada, Boca Juniors teve partida sem gols contra o Huracán
Independiente garante primeiros pontos na estreia do Argentino

Os confrontos realizados para fechar o domingo (28), válidos pela primeira rodada da Superliga Argentina 2019, tiveram duas partidas mornas. O visitante Independiente venceu por 1 x 0 a equipe do Defensa y Justicia e conquistou os três pontos. Da mesma forma, o Boca Juniors em casa, não saiu do 0 x 0 na disputa que fechou a noite contra o Huracán. Com o empate, ambos garantiram um ponto na tabela. Apesar dos resultados, os clubes argentinos já estabelecem lugares na classificação geral para continuar na briga pelo título do campeonato.

SUPERLIGA ARGENTINA – 1ª RODADA

DEFENSA Y JUSTICIA 0 X 1 INDEPENDIENTE

No Estádio Norberto Tito Tomaghello, os visitantes dominaram e investiram nos contra-ataques. Assim, nos minutos iniciais, Pablo Pérez foi para cima dos zagueiros, pedalou e tentou marcar no canto esquerdo. Porém, o goleiro atento do Defensa, caiu e bloqueou o finalização. Novamente aos 22′, em um falta perigosa quase linha da grande área pela direita, o uruguaio Gastón Silva cobrou direto, mas saiu por cima do gol. Ainda sim, os Diablos Rojos procuravam abrir o placar e o resultado saiu aos 32 minutos. O zagueiro Figal que estava quase no meio campo, viu Sebastián Palacios próximo a pequena área e cruzou. A defesa adversária tentou o corte, mas não conseguiu impedir o gol do atacante para o Independiente. Tiveram a oportunidade de aumentar nos acréscimos, com uma nova cobrança de falta de Martín Benítez, mas bateu na trave.

No segundo tempo foi mais equilibrado. Os donos da casa passaram a ter maior posse de bola, mas poucas finalizações – somente uma e com poucos ataques perigosos. Entretanto, os Rojos forçaram mais um pouco para marcar. Aos 15′, mais uma vez o camisa 10 ficou no “quase” ao tentar de cabeça, mas a bola saiu por cima. As melhores oportunidades eram em bola parada. E o jovem goleiro Ezequiel Unsain do Defensa Y Justicia salvou na última tentativa adversária aos 45′. Deste modo, a partida se encerrou em 1 x 0 para o Independiente.

Pela segunda rodada da Superliga, o Defensa y Justicia encontra o Unión de Santa Fe no domingo (4) às 11h (horário de Brasília). Já o Independiente, volta na segunda-feira (5) às 21h10 (horário de Brasília) para receber o Newell’s Old Boys em casa. Porém, antes encontra o Universidade Católica (EQU) na quinta-feira (1º) pelas oitavas da Copa Sul-Americana às 21h30 (horário de Brasília).

BOCA JUNIORS 0 X 0 HURACÁN

Em La Bombonera o Boca pressionou os visitantes, mas as investidas iniciais foram dos visitantes. O meia Rodrigo Gomez e também Chavez, encararam a marcação e avançaram para fazer o gol, mas o goleiro do clube mandante, Esteban Andrada prontamente defendeu as jogadas. Minutos depois, um lance que gerou críticas do Azul y Oro: Carlitos Tévez ao receber o passe de seu companheiro, foi derrubado pelo meia Lucas Bareiro. Porém, o juiz mandou seguir a jogada.

Os goleiros trabalharam bastante, principalmente Silva do Huracán. O camisa 10 do Boca estava afiado no jogo e com um forte chute de longe, fez o defensor espalmar com precisão. Os donos da casa tiveram muitas oportunidades de abrirem o placar com o ataque que chegava facilmente a pequena área, porém o arqueiro adversário defendia todas. Quase ao fim da partida, numa divida entre os jogadores na área, Mauro ao pegar o rebote chutou para cima. A torcida dos mandantes lamentavam mais uma vez o desperdício. Assim, a disputa se encerrou no empate sem gols de 0 x 0.

Pela próxima rodada, Boca Juniors encontra o Patronato de Paraná no domingo (4) às 20h (horário de Brasília). Mas, ainda nesta quarta-feira (31), recebe o Atlhetico Paranaense (BRA) na partida de volta pelas oitavas de final da Libertadores. Da mesma maneira, o Huracán joga contra o Colón em casa às 21h (horário de Brasília) na sexta-feira (2) pelo Argentino.

 

 

Amanda Cruz

Sobre Amanda Cruz

Amanda Cruz já escreveu 76 posts nesse site..

Sou Amanda Cruz, formada em História e estudante de jornalismo. Paulistana, filha de pernambucanos e atualmente moro em Lorena/SP. Despertei minha paixão pelo futebol na Copa de 2006 e desde lá o amor só cresceu. Curiosa sobre o esporte e amante de História, gosto de estar sempre por dentro do assunto: acompanho boa parte de notícias e jogos, principalmente das ligas internacionais. O futebol é um esporte emocionante e como uma boa (futura) jornalista, escrever sobre ele é demais!


 

365 Scores

 

Amanda Cruz
Amanda Cruz
Sou Amanda Cruz, formada em História e estudante de jornalismo. Paulistana, filha de pernambucanos e atualmente moro em Lorena/SP. Despertei minha paixão pelo futebol na Copa de 2006 e desde lá o amor só cresceu. Curiosa sobre o esporte e amante de História, gosto de estar sempre por dentro do assunto: acompanho boa parte de notícias e jogos, principalmente das ligas internacionais. O futebol é um esporte emocionante e como uma boa (futura) jornalista, escrever sobre ele é demais!

Artigos Relacionados

Topo