Ilsinho: carreira e vida futebolística nos EUA

- Jogador do Philladelphia Union dos EUA fala sobre sua adaptação e sobre grandes nomes da liga

Ilson Pereira Dias Júnior mais conhecido como Ilsinho, começou sua carreira nas categorias de base do Palmeiras onde se destacou, chamando atenção de grandes clubes do Brasil. Com a falta de oportunidades na equipe principal Palmeirense, o atleta recebeu uma proposta do rival São Paulo no ano de 2006. Essa é uma exclusiva do Futebol na Veia, com mais um craque de bola.

Ilsinho foi essencial para trajetória tricolor na conquista do Campeonato Brasileiro de 2006 e 2007 chegando a vestir a camisa da Seleção Brasileira e participar das Olimpíadas de Pequim em 2008. O futebol do jogador em alto nível, gerou interesse de equipes do mundo todo, incluindo o Shakhtar Donetsk da Ucrânia para onde foi transferido no ano seguinte. No período que passou na Ucrânia, o jogador conquistou o Campeonato Ucraniano 2008 e 2010, a Copa da Ucrânia em 2008, Supercopa da Ucrânia 2008 e a Copa da UEFA 2009.

SÃO PAULO

durante esse tempo, o São paulo contou com vários nomes na posição que não agradaram a torcida tricolor, que sentia falta do lateral que encantava o público com seus dribles inesquecíveis, estilo de jogo ofensivo e a raça dentro de campo. Foi então no ano de 2010 que o clube anunciou seu retorno. No ano seguinte, Ilsinho se transferiu para o Internacional, onde teve breve passagem até retornar ao Shakhtar Donetsk em 2012. Sendo assim, foram mais 7 títulos conquistados até 2015 quando encerrou seu contrato, ficando livre para negociar com qualquer equipe.

Ilsinho destacou-se e foi campeão com a camisa tricolor (Foto: Gazeta Press)
Ilsinho destacou-se e foi campeão com a camisa tricolor (Foto: Gazeta Press)

 PHILLADELPHIA UNION

No Philladelphia Union dos EUA desde 2016, Ilsinho concedeu entrevista exclusiva à nossa reportagem, contando um pouco sobre a escolha do clube e sua adaptação ao futebol da MLS;

” A adaptação aqui foi boa, é completamente diferente do futebol Brasileiro, o futebol Ucraniano que é um futebol mais truncado de força. Lá não tem tantas faltas, aqui eles presam por proteger os jogadores, então aqui tem muito mais faltas, acaba saindo mais pênaltis, mais faltas, enfim esse tipo de coisa. “

Ilsinho comentou sobre a ideia das pessoas sobre a facilidade do futebol dos EUA por ser um esporte mais recente

“O pessoal pensa “ A vou jogar bola nos EUA” que é fácil, cara é difícil pra caramba, eles são atletas naturais, fisicamente eles são muito bons, correm o tempo inteiro, são muito fortes e eu acredito que se o jogador sul-americano vier para cá e conseguir equiparar a técnica com o condicionamento físico e a fora vai conseguir sobressair, agora se você vier para cá com o pensamento “ A eu vou pra lá, é fácil de jogar lá” você acaba sofrendo um pouco”.

VISIBILIDADE DO FUTEBOL NOS EUA

Após sua chegada, a liga vem sendo palco de muitos nomes do cenário mundial, o que gera mais visibilidade à competição atraindo assim mais patrocinadores;

“Eu acho que a grande estratégia da liga em trazer grandes nomes do futebol mundial para MLS é trazer visibilidade, trazer patrocinador. Fazer com que o resto do futebol mundial olhe para os EUA, que por muito tempo foi uma modalidade de esporte não tao grande aqui. Não tão bem reconhecida dentro do país “

Ilsinho fala sobre as transmissões fora do país e atenua a qualidade dos jogadores da liga;

“Eu acho que esses nomes trazem tudo, trazem o patrocinador, trazem as transmissões de fora de outros países. Então a estratégia deles de trazerem esses grandes nomes para cá é para dar uma alavancada na liga. Com isso a visibilidade da liga aumenta as pessoas começam a olhar mais para cá, ela começa a ficar mais disputada também. Isso porque junto com os grandes nomes tem jogadores não tão conhecidos que são muito bons.”

O atleta também comentou sobre as especulações com seu nome na janela de transferências e falou como seu atual clube está agindo com a pandemia. No entanto, isso veremos na parte dois dessa entrevista que estará disponível em breve, não percam.

Foto destaque: Elizabeth Robertson/ Staff Photographer 

Lucas Linares

Sobre Lucas Linares

Lucas Linares já escreveu 17 posts nesse site..

Lucas Linares, 24 anos, estudante de jornalismo, Leonino. Alegria seria uma palavra que me resumiria bem, e como objetivo de vida, ser o melhor que posso ser sempre, para que aquela que leva meu sobrenome tenha o orgulho de ser minha filha, esse é meu maior sonho.

0 0 vote
Article Rating
365 Scores

BetWarrior


Lucas Linares
Lucas Linares
Lucas Linares, 24 anos, estudante de jornalismo, Leonino. Alegria seria uma palavra que me resumiria bem, e como objetivo de vida, ser o melhor que posso ser sempre, para que aquela que leva meu sobrenome tenha o orgulho de ser minha filha, esse é meu maior sonho.

Artigos Relacionados

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x