Iker Casillas – Recordista da Liga dos Campeões

167 partidas, 14.947 minutos jogados e 57 jogos na Liga dos Campeões sem ir buscar a bola no fundo das redes fazem de Iker Casillas o recordista da maior competição de clubes do mundo. Na passada semana bateu mais um recorde, ultrapassando a lenda viva do Manchester United, Ryan Giggs. Com o código promocional casino est também você pode bater recordes ganhando dinheiro.

Casillas fez sua estreia na Liga dos Campeões como o goleiro do Real de Madrid quando tinha apenas 17 anos de idade. Hoje são já 20 as participações consecutivas na competição de clubes com mais espectadores em todo o mundo. A “liga milionária” vê assim Iker Casillas ultrapassar o antigo recordista, Ryan Giggs, que, a serviço do Manchester United, era o detentor do título de jogador com mais participações consecutivas na Champions League.

Se o atual arqueiro do Futebol Clube do Porto já era o detentor de três recordes europeus, acrescenta agora um outro ao seu currículo. Sos 37 anos de idade, garante estar preparado para superar o seu próprio recorde já na próxima temporada. Na conferência de imprensa que aconteceu antes do jogo da última jornada da Liga dos Campeões em que o Porto empatou na Alemanha com o Shalke 04 (1 x 1), o espanhol afirmou não ter noção dos números. Se não fosse um jornalista ter questionado o goleiro sobre os números impressionantes e quase inigualáveis alcançados por um dos melhores goleiros da história do futebol, Iker Casillas ainda hoje desconhecia um fato inquestionável.

Só Real de Madrid e Barcelona com mais participações que o Porto

A equipe portuguesa do Porto também não fica muito atrás de Casillas e surge como um dos clubes com mais participações na Liga Milionária da Europa. Só os colossos mundiais Real de Madrid e Barcelona têm mais presenças. Para além disso, o clube do norte de Portugal já conquistou o troféu por duas vezes em 1986/87 e em 2003/04, nessa época comandos pelo atual treinador do Manchester United, o “The Special One” José Mourinho.

Curioso que foi com José Mourinho que Iker Casillas perdeu a titularidade na baliza do Real de Madrid para Keylor Navas, o goleiro internacional costarriquenho. Foi esse o momento que levou ao divórcio de Casillas com o seu clube de sempre e que acabaria em “casamento” com os dragões.

O então capitão madridista e da Seleção Espanhola foi renegado para dar lugar ao suplente no jogo frente ao Elche em que o Real venceu por 5 x 1. O goleiro espanhol foi perdendo espaço no time dos galácticos e em 2015 rumou ao Porto. Alguns especialistas desportivos afirmam que a opção pelo clube lusitano se deveu ao fato de ser quase certa a presença na Liga dos Campeões.

Outra curiosidade é a de que quem treinava o Porto em 2015 era o atual técnico do Real Madrid, Julen Lopetegui, que fez questão de contar com o goleiro no grupo que em 2015 tinha como objetivo ser campeão de Portugal. O título não foi alcançado, o que levou a demissão de Lopetegui que protagonizou a polêmica participação da seleção espanhola na Copa do Mundo 2018, por ter sido também despedido pela Real Federação Espanhola de Futebol por ter assinado um contrato com o Real Madrid dias antes do início da Copa do Mundo na Rússia.

Iker Casillas estreou na Liga dos Campeões no ano de 1999, numa partida com o time grego do Olympiacos que terminou empatada a três gols. 20 anos depois os seus times marcaram por 333 vezes nas balizas contrárias, ganharam 95 partidas, somando 33 empates e 39 confrontos derrotas. O atual goleiro portista já venceu o troféu da Liga dos Campeões por três ocasiões em 1999/2000, 2001/2002 e 2013/2014, duas Supercopas de UEFA (2002 e 2014) e uma Copa Intercontinental (2002) atuando pelo Real Madrid.

Foi ainda Campeão do Mundo e duas vezes Campeão Europeu de seleções. A FIFA elegeu Casillas como melhor goleiro do mundo em 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, venceu cinco campeonatos espanhóis, duas Copas do Rei, quatro Supercopas de Espanha, um campeonato de Portugal e uma Supertaça Cândido de Oliveira pelo Porto. A nível coletivo Iker Casillas venceu muitos troféus europeus e mundiais de sub-15, 17, 20 e, individualmente, foi Luva de Ouro em 2010, entre quase 30 outros títulos individuais nacionais e internacionais.

Redação FNV

Sobre Redação FNV

Luciano Carvalho já escreveu 1169 posts nesse site..

Um site destinado ao esporte que corre na veia da maioria dos brasileiros: O futebol! No nosso site você encontra tudo sobre o futebol, tanto nacional, quanto internacional, além de poder acompanhar nossos palpites e análises para os jogos da semana e as belas musas


 

365 Scores

 

Redação FNV
Redação FNV
Um site destinado ao esporte que corre na veia da maioria dos brasileiros: O futebol! No nosso site você encontra tudo sobre o futebol, tanto nacional, quanto internacional, além de poder acompanhar nossos palpites e análises para os jogos da semana e as belas musas

Artigos Relacionados

Topo