Huracán x Cruzeiro – O reflexo dos campeonatos locais pode ser decisivo neste início da Libertadores

Nessa primeira rodada da competição, equipes entram em campo com cenários bem diferentes

Huracán e Cruzeiro estreiam na primeira rodada do Grupo B da Libertadores nesta quinta-feira (7), às 19h (horário de Brasília), no Estádio El Palacio, em Buenos Aires.

Além das duas equipes, o time da Venezuela Deportivo Lara e o do Equador Emelec fazem parte do grupo e duelam entrei nesta primeira rodada.

Na Libertadores do ano passado, o Cruzeiro foi eliminado nas quartas-de-final por outra equipe argentina, o Boca Juniors.

HURACÁN

No último domingo (3), o time argentino sofreu uma derrota por 1 x 0, fora de casa, pelo Patronato, somando a quinta rodada sem vencer (três derrotas e dois empates). Um cenário que pode ser explicado pela dificuldade em se adaptar com o comando do novo técnico Antonio Ricardo Mohamed Matijevich, contratado para substituir Gustavo Alfaro, que agora está no Boca Juniors.

De olho já na próxima Libertadores, o Huracán passou a temporada inteira da Superliga Argentina brigando pelo G4 e garantir uma vaga na edição de 2020. Mas, os 32 pontos conquistados o coloca em 7º lugar, dois pontos a mais que 10º, e já com poucas rodadas para o fim do campeonato, ainda corre o risco de não conseguir a vaga na Copa Sul-Americana, garantida para quem fica, fora os quatro primeiros, entre a quinta e nona posições.

Contra o Cruzeiro, o retrospecto é positivo: de 18 jogos como mandante, ganhou 12 e empatou três. Resta saber se esse período de instabilidade da equipe no cenário atual pode mudar essa vantagem negativamente. Única dúvida na estreia de amanhã é do defensor Pablo Alvarez por motivo de contusão.

https://twitter.com/CAHuracan/status/1102908864821936129

Provável Escalação: Antony Silva; Chimino, Salcedo, Mancinelli e Araújo; Damonte e Rossi; Auzqui e Roa; Licas Gamba e Lucas Barrios. Técnico: Antonio Mohamed.

CRUZEIRO

Diferentemente de seu adversário, a Raposa segue invicta em 2019: são oito partidas sem derrota (quatro vitórias e quatro empates), que garantem a 3ª posição do Campeonato Mineiro.

Sob comando de Mano Menezes há mais de um ano, o que de percebe é uma parte defensiva de muita qualidade, o que não acontece com a ofensiva. Falta agressividade.

Apesar de todo o mistério costumado a ser feito por Mano quanto à escalação, é sabido que com as três baixas da equipe: do zagueiro Dedé, suspenso, o meia Thiago Neves, em recuperação, e do atacante Raniel tambpem se recuperando de dores musculares na coxa direita. Por isso, as dúvidas da estreia geram em torno das posições desfalcadas. Na defesa, Murilo e Fabrício Bruno disputam a vaga, o meio-campo entre Marquinhos Gabriel e Rafinha.

“Especificamente sobre o Murilo, eu sempre deixo as definições para quando está próximo da disputa. Mas não vai ser o jogo da URT que vai tirar ou colocar Murilo titular contra o Huracán. Vai ser aquilo que estamos vendo há mais tempo. Vai depender da personalidade dele, da resposta sobre algumas críticas. As críticas fazem parte. Os passos seguintes precisam dar confiança”, disse o técnico.

https://twitter.com/Cruzeiro/status/1102919867102121984

Provável Escalação: Fábio; Edilson, Leo, Murilo e Egídio; Henrique e Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho e Rafinha; Fred. Técnico: Mano Menezes.

RETROSPECTO

As equipes já se enfrentaram 36 vezes e desses encontros, o Huracán venceu 15 vezes um a mais que o Cruzeiro e empatou a sete restantes.

Beatriz do Vale

Sobre Beatriz do Vale

Beatriz do Vale já escreveu 397 posts nesse site..

Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

BetWarrior

Beatriz do Vale
Beatriz do Vale
Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

Artigos Relacionados

Topo