Há uma nova geração de técnicos no Brasil: veja quem está nessa lista

O futebol brasileiro sempre foi conhecido por revelar muitos jogadores por temporada, mas recentemente, uma nova geração de técnicos vem surgindo e colocando os famosos medalhões – Felipão, Oswaldo de Oliveira, Marcelo Oliveira, Vanderlei Luxemburgo, etc – para escanteio na hora das negociações.

O Futebolnaveia.com listou quem está nesta nova geração de técnicos no Brasil, confira:

1. Fernando Diniz, técnico do Osasco Audax

Esse é o cara quando se pensa na palavra renovação no futebol brasileiro. Foi eleito o melhor técnico do Paulistão 2016 com um estilo de jogo audacioso. Bonito, louco, eficiente e desafiador.

Diniz mostrou que falta ao futebol brasileiro ousadia e alegria como já dizia a música do pagodeiro Thiaguinho. O futebol precisa deixar de ser tão pragmático e esse técnico soube muito bem mudar isso levando o Osasco Audax para a final contra o Santos neste Paulistão. Eliminou gigantes como, por exemplo, São Paulo e Corinthians. Além de ser ex-jogador, o Diniz também é formado em psicologia.

2. Sérgio Vieira, ex-técnico da Ferroviária

O portuga e ex-centroavante, Sérgio Vieira, pertence ao Atlético Paranaense e foi uma excelente jogada de marketing da diretoria do clube paranaense. Não apenas para avaliar o desempenho do treinador que até então comandava o sub-23 do Furacão, mas para colocá-lo em uma verdadeira prova de fogo comandando um clube num campeonato de primeira divisão.

Houve momentos em que o time comandado pelo treinador teve o melhor ataque da competição, com média de dois gols por jogo, além de 51% de precisão nos arremates.

3. Antônio Carlos Zago, técnico do Juventude

Esse o torcedor palmeirense conhece bem. Foi ex-zagueiro e dirigiu o clube paulista por três meses. Chegou ao Juventude em agosto do ano passado. Fez cursos fora do Brasil, um verdadeiro estudioso. Foi para a Europa e hoje tem três licenças da Uefa para ser técnico de futebol.

Zago fez estágio no Shakhtar e na Roma, rodou pela Europa e foi auxiliar, técnico, observador e analista. O resultado disso apareceu neste estadual onde tirou o Grêmio e conseguiu levar o Juventude para a decisão do Gauchão contra o Internacional. Não foi campeão, mas merece atenção e destaque. O técnico é mais um bom exemplo desta nova geração de técnicos de futebol no Brasil.

4. Milton Mendes, técnico do Santa Cruz

O cara foi ex-jogador e surgiu quietinho como treinador. Sua primeira equipe como comandante foi o Manchico, de Portugal em 2001.

No Brasil começou apenas em 2014, quando foi treinador do Paraná e obteve 52,38% dos pontos disputados. Logo depois, assumiu a Ferroviária e alcançou um excelente retrospecto, foram conquistados 78,43% dos pontos disputados.

No ano passado, comandou o Atlético Paranaense, mas obteve apenas 51,96%. Em março deste ano chegou ao Santa e logo foi campeão duas vezes: Copa Nordeste e Estadual. Seu retrospecto até aqui é de 69,69% dos pontos disputados. É mais um treinador brasileiro que faz parte desta nova geração de técnicos no Brasil.

5. Roger Machado, técnico do Grêmio

Outro que merece destaque nesta nova geração de técnicos é o ex-jogador, Roger Machado, cria do clube gaúcho. Seja como jogador e treinador. Foi revelado pelo Grêmio e lançado por um dos medalhões, Luiz Felipe Scolari, e depois seguiu para outros clubes.

A partir de 2011, começou a ser auxiliar técnico do Tricolor Gaúcho. Em duas oportunidades foi técnico do Grêmio em jogos contra o maior rival, o Internacional. Em ambas, venceu por 2 a 0. Em 2014, pulou a cerca e foi para o Juventude. Ficou pouco tempo e logo foi demitido.

Em maio de 2015, reassumiu o Grêmio e transformou o futebol da equipe gaúcha. Um dos jogos que ficará para sempre na memória dos gremistas foi a vitória sobre o Inter por 5 a 0 sob o comando do treinador. Atualmente vive um momento conturbado por não ter conseguido a classificação para decisão do Gauchão. Seu retrospecto até o momento é de 63% dos pontos disputados.

6. Argel Fucks, Técnico do Internacional

O técnico do Inter, Argel Fucks, foi quem levou o título de melhor técnico do Gauchão e não poderia ficar de fora desta nova geração de técnicos aqui no Brasil. Fucks ficou conhecido pela sua personalidade e garra. Certamente acrescentou muito ao Internacional desde a sua chegada a Porto Alegre. Até o momento comandou o Colorado em 15 jogos. Conquistou 8 vitórias, três empates e quatro derrotas.

 

Avatar

Sobre Caique Cobra

Caique Cobra já escreveu 83 posts nesse site..

Caique Cobra é um jovem recém-formado em jornalismo pela FIAM FAAM que almeja atuar em uma grande empresa voltada ao mundo esportivo. Ele não esconde sua paixão em produzir conteúdo, principalmente, em seu blog pessoal. Seus textos são embasados por dentro de: análises, críticas e opiniões com um olhar meramente desmistificado.

BetWarrior


Avatar
Caique Cobra
Caique Cobra é um jovem recém-formado em jornalismo pela FIAM FAAM que almeja atuar em uma grande empresa voltada ao mundo esportivo. Ele não esconde sua paixão em produzir conteúdo, principalmente, em seu blog pessoal. Seus textos são embasados por dentro de: análises, críticas e opiniões com um olhar meramente desmistificado.

Artigos Relacionados

Topo