Guangzhou Evergrande, o Real Madrid chinês

O time chinês, adversário do Barcelona na semi final do Mundial de Clubes, tem uma história que vem lá de 1954, ano de sua fundação, mas sua ascensão astronômica tem origem em 2010, quando o clube foi injetado com o dinheiro privado da companhia imobiliária Evergrande, adicionando o nome de seus donos junto ao nome do clube.

Comprado por cerca de 100 milhões de yuanes (15 milhões de dólares), o clube pertence em 60% para a Evergrande e 40% para uma empresa eletrônica chamada Alibaba. Foi exatamente essa injeção de dinheiro no clube que fez com que eles fossem campeões chineses por cinco anos seguidos e duas vezes da Champions League asiática.

Isso rendeu ao clube comparações com o Real Madrid, que tem politica de investimento similar em contratações galácticas de jogadores com preços astronômicos que geraram títulos; além do seu presidente, Florentino Perez, também ser do ramo de construções.

 A primeira contratação de nome do time chinês foi o argentino Darío Conca, que saiu do Fluminense para ser o terceiro jogador melhor pago do mundo, atrás apenas de Cristiano Ronaldo e Messi. O investimento rendeu seis títulos ao Guangzhou, que insistiu na aposta de contratações.

Com técnicos investiram em Marcelo Lippi, campeão da Copa do Mundo de 2006; Fábio Cannavaro, Bola de Ouro de 2006; e agora Felipão, campeão da Copa do Mundo de 2002 e técnico do histórico 7 a 1 do Brasil na última Copa em casa.

Agora as joias da equipe são os brasileiros. O clube chinês pagou ao Tottenham o valor do passe de Paulinho, ex-Corinthians, de 14 milhões de euros e paga um salário de 6 milhões de euros por quatro temporadas.

O maior investimento fica com o ex-Santos e Rei das Pedaladas, Robinho. Foi seduzido por uma quantia que era mais do que o triplo que ganhava no Santos, na época 1 milhão de reais por mês. O clube chinês paga 12 milhões de euros por ano para o jogador brasileiro, que já está bem longe do seu auge, em um contrato de três temporadas. Salário similar ao de Neymar, craque do Barcelona, atual campeão do triplete europeu e finalista da Bola de Ouro junto com Messi e Ronaldo.

Mas não pense que por isso o Barça vai entrar em campo de salto alto, o técnico asturiano, Luis Enrique, está levando seu adversário muito a sério: “Depois de ver o que faz a equipe chinesa, quatro brasileiros de muita qualidade como Paulinho, Goulart, Elkeson e Robinho, não é para subestimá-los em nenhum caso. Vamos preparar a partida com muita seriedade porque o futebol está cheio de surpresas”. O técnico ainda disse: “Não vamos sair passeando. Devemos fazer uma partida muito séria porque o rival é muito difícil. Um desafio para nós”.

Avatar

Sobre Diego Rey

Diego Rey já escreveu 22 posts nesse site..

Diego Rey, 27 anos, jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sua paixão pelo futebol começou em 2006, ao ver Ronaldinho fazendo mágica em Barcelona. Desde então se tornou um torcedor culé fanático e não perde nenhum jogo do Barça. Morou na cidade catalã em 2013 e fez do Camp Nou sua segunda casa enquanto esteve lá.

365 Scores

BetWarrior


Avatar
Diego Rey
Diego Rey, 27 anos, jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sua paixão pelo futebol começou em 2006, ao ver Ronaldinho fazendo mágica em Barcelona. Desde então se tornou um torcedor culé fanático e não perde nenhum jogo do Barça. Morou na cidade catalã em 2013 e fez do Camp Nou sua segunda casa enquanto esteve lá.

Artigos Relacionados

Topo