Griezmann jogará em que equipe na próxima temporada?

Barcelona, PSG, Manchester United, Bayern de Munique todos querem o craque francês

Griezmann comunicou na última terça-feira (14) que deixará o Atlético de Madrid ao final desta temporada. Entretanto, o francês não indicou seu destino, mas deixou claro que o valor de sua multa rescisória, avaliada em € 120 milhões (R$ 535 milhões), será depositado nos cofres Colchoneros. O atacante deixa a equipe como 5º maior artilheiro da história, tendo marcado 130 gols em 256 partidas.

A decisão tomada provocou alvoroço na imprensa esportiva europeia, que inicia as especulações sobre o futuro do camisa 7. O Barcelona aparece como postulante principal, uma vez que o nome do atleta sempre circulou com enorme aceitação nos bastidores Culés. Todavia, potências europeias como PSG, Manchester UnitedBayern de Munique, já tiveram seus nomes associados a Griezmann em algum momento passado e também estão no pário pelo jogador.

BARCELONA

A equipe Blaugrana larga na frente. No início de 2018, o atleta recusou uma proposta para jogar em Camp Nou e por conta disto, uma pesquisa realizada em março pelo jornal catalão “Mundo Deportivo”, externou que o campeão do mundo tem a sua contratação rejeitada por impressionantes 92% da torcida do Barça. Todavia, os contatos entre diretores da instituição e os empresários do atacante sempre foram constantes e podem pesar em a favor.

Outro fator importante tem nome e sobrenome: Philippe Coutinho. Depois de uma longa novela o brasileiro desembarcou na Catalunha em janeiro do ano passado, mas desde então nunca se firmou. Desse modo, após sucessivos desempenhos decepcionantes e episódios de atritos com torcedores, o meia-esquerda deve deixar o clube e abrir espaço para a chegada de Griezmann.

PSG

Os franceses possuem duas cartas na manga para convencer Antoine a jogar pela primeira vez com a camiseta de um clube de seu país. A primeira, é satisfazer a vontade de Diego Simeone em contar com Edinson Cavani trocando o uruguaio pelo francês. Já a segunda é Mbappé, amigo e parceiro de ataque na vitoriosa campanha francesa na Copa do Mundo da Rússia em 2018. Reeditar a dupla poderia motivar na hora da escolha por qual escudo defender. Em 2016, o clube já havia demonstrado interesse na contratação do atleta, no entanto não houve evolução nas tratativas.

MANCHESTER UNITED

Os Red Davils passaram por um intenso processo de reformulação do elenco ao final da temporada. Alexis Sánchez, maior salário do elenco, não permanecerá, o que pode abrir espaço. Assim, a equipe de Ole Gunnar Solskjaer assumirá um papel de protagonista no mercado de transferências. A chegada do craque poderia ajudar na permanência de Paul Pogba, que depois da eliminação para o Barcelona na Champions League e os péssimos resultados obtidos na reta final da Premier League, não escondeu sua insatisfação. Em 2017, em entrevista concedida ao diário francês “Quotidien”, Griezmann respondeu que, de 1 a 10, as chances de defender o clube inglês eram de “6”.

BAYERN DE MUNIQUE

O clube Bávaro entrará em um delicado processo de reestruturação de seu plantel. Arjen Robben e Ribery, jogadores que simbolizam o período triunfante do Gigante da Baviera, já anunciaram suas saídas. Assim, os alemães devem ser incisivos em suas contratações principalmente nas funções mais avançadas do campo. Logo após a Copa do Mundo de 2018, o jornal alemão “Bild” publicou que Griezmann seria o “plano A” para substituir Robben.

Pedro Ferri

Sobre Pedro Ferri

Pedro Rodrigues Nigro Ferri já escreveu 191 posts nesse site..

Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Pedro Ferri
Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

Artigos Relacionados

Topo