Grêmio conquista vaga na elite do feminino

A equipe gaúcha empatou com o América MG por 0 x 0 e jogará na elite do Brasileirão na próxima temporada
Grêmio

Depois de cair para a A2 do Brasileirão e se manter por dois anos, o Grêmio empata com o América MG, no estádio Vierão e volta para a elite. Afinal com a vitória de 2 x 1, em Belo Horizonte, o time precisava apenas de um empate para conseguir a vaga. As normas da CBF diz que as quatro equipes semifinalistas terão vaga na A1 no ano seguinte. Portanto, agora a equipe aguarda o vencedor de Cruzeiro x Ceará.

1° TEMPO

O Grêmio exerceu a força da camisa, e foi para cima das mineiras no início do jogo. O jogo intenso, obviamente, devido a consequência da vitória, trouxe faltas e erros nos primeiros minutos. Apenas as 27 minutos que a partida pegou fogo. Com Karina arriscando de longe para raspar o travessão adversário. O América MG não deixou por menos e, também, foi ao ataque. No fim da etapa, Dilene conseguiu espaço no ataque e fez Lorena trabalhar.

2° TEMPO

O segundo tempo foi emocionante. Com a classificação nas mãos gaúchas, o time mineiro teve que sair para o jogo. Aos 12 minutos Ágata teve a chance de marcar, mas Lorena fez mais uma grande defesa. Lilian também tentou, aos 20′ ela chutou de fora da área para tentar abrir o placar, mas, novamente, Lorena defendeu. No lado do Grêmio, Karina segurou a bola, fez bons dribles e as donas da casa saíram com o empate, a classificação e o acesso para a A1.

E AGORA?

As meninas do Grêmio espera o vencedor de Cruzeiro x Ceará para decidir a vaga para a final da A2. Do outro lado da chave o São Paulo já está garantido. Entretanto, o América MG se despede do campeonato, e tentará no próximo ano a tão esperada chance de voltar para a elite do campeonato feminino de futebol.

MELHORES MOMENTOS

Giovanna Matiello

Sobre Giovanna Matiello

Giovanna Matiello já escreveu 205 posts nesse site..

Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte.A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.

BetWarrior


Giovanna Matiello
Giovanna Matiello
Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte.A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.
http://redacao%20fnv

Artigos Relacionados

Topo