Gols nos minutos finais agitam jogos do Italiano

Depois do minuto 75 aconteceram seis gols em três partidas pela Serie A neste domingo (17)

Todos sabemos que o futebol é um esporte de altas emoções, e os confrontos deste domingo (17) pela manhã levaram isso a sério. Os estádios Luigi Ferraris, Paolo Mazza e Friuli ficaram todos lotados para ver gols e para surpresa dos torcedores, praticamente todos saíram nos minutos finais da partida. Os resultados deram uma leve embolada na parte de baixo da tabela, já que Udinese e Genoa conseguiram respirar com as vitórias. Enquanto, Fiorentina e Lazio estão separadas por três pontos na briga pelo 6ª lugar.

CAMPEONATO ITALIANO 18/19 – 24ª RODADA

SPAL 1 x 4 Fiorentina

Os visitantes dominaram a posse de bola desde o inicio, enquanto o mandante tentava viver a base de jogadas rápidas. Aos 30′ Gerson abriu espaço na defesa e tocou na esquerda, Biraghi deu ótimo cruzamento para Muriel de primeira acertar o travessão. Apenas cinco minutos depois, Antenucci veio a linha de fundo, tocou para Valdifiori dar pancada para  o goleiro fazer milagre, porém no rebote, Petagna conseguiu chegar para tirar do arqueiro e abrir o placar. Após tentativas falhas de entrar na área, Biraghi rolou para Fernandes chutar de antes da meia-lua e empatar o jogo nos minutos finais da primeira etapa.

O segundo tempo começou preguiçoso, mas no fim, animou. Aos 79′ Valotti marcou belo gol para os Spallinni, porém o VAR acabou anulando, pois no começo da jogada Chiesa sofreu penalidade máxima não vista pelo juiz Luca Petrione. Veretout foi a cobrança, bateu no canto direito para virar tudo a favor da Viola. Depois disso,  os mandantes tiveram um baque no psicológico e se perdiam em campo. Tanto que no minuto seguinte, Simeone roubou a bola antes do meio de campo, partiu em velocidade para aumentar a vantagem. Por fim, Gerson aproveitou falha da defesa, assim, marcando o quarto na goleada da Fiorentina.

Udinese 1 x 0 Chievo

Nem parecia que o jogo era em Udini, os visitantes tomaram conta da primeira etapa, muitas vezes paravam em suas próprias deficiências técnicas. Tanto que Giacherrini recebeu com liberdade, abriu para Dordevic cruzar na cabeça de Depaoli, mas a bola foi rente a trave. Aos 25′ Nuytinck, sem deixar cair no chão, deu um petardo que estremeceu a trave dos Gianobllu. As oportunidades só voltaram a aparecer na segunda etapa quando De Paul cobrou falta, a defesa afastou, porém, Fofana dominou no peito, chutou forte para obrigar Sorrentino fazer bela defesa.

Aos 70′ Stepinski deu a lugar a Meggiorini. O atacante recém entrando dominou a bola após bate-rebate e, posteriormente, conseguiu chutar cruzado para Musso fazer bela defesa. Aos 82′ Opoku deu lugar a Teodorzyck, mandando a Udinese ao ataque de todas as formas, tanto que deu certo. Então, aos 85′, Dordevic levantou o cotovelo para pegar em Pusetto dentro da área. Pênalti confirmado pelo VAR. Quem colocou a bola na cal, foi o camisa 91, com menos de cinco minutos em campo. O ponta partiu com confiança, mas seu chute parou em Sorrentino, a sobra ficou para o batedor garantir a vitória.

Genoa 2 x 1 Lazio

O encontro de Inzaghi e Pradelli nas áreas técnicas foi bem equilibrado. A Lazio tinha muitos desfalques e contavam com um time misto de titulares e reservas. Em cobrança de lateral, Acerbi tirou mal, Rolón tirou do marcador e na batida viu Strakosha fazer bela defesa. O meia argentino foi a principal válvula de ataque de Genôva. Minutos depois, lançou Sanabria para cortar a esquerda, finalizar nas mãos do goleiro. Aos 44′ Badelj tabelou com Immobile, entrou na área e bateu no canto para estufar as redes dos mandantes ainda na primeira etapa.

O gol trouxe os biancoceleste animados para os 45′ finais. Tanto que, aos cinco minutos, Correa obrigou Radu a se esticar todo e defender seu chute rasteiro. Em cobrança de escanteio que a zaga tirou perigo, Badelj dessa vez arrematou no alto, de primeira, para a redonda parar no travessão. Após 74′ o jogo mudou de lado. Em bate-rebate dentro da área, Lucas Leiva chutou em cima de Sanabria, a bola para dentro do gol para surpresa do brasileiro e dos visitantes. O empate deu vida aos griffoni que vieram para cima. No último lance, ninguém isolou a bola da defesa laziana, Criscito então com muita felicidade chutou com o efeito certo para virar o placar no Luigi Ferraris. O lateral levou cartão amarelo, pois retirou a camisa na comemoração, mas valeu a pena segundo o mesmo disse na zona mista.

Guilherme Ribeiro

Sobre Guilherme Ribeiro

Guilherme Ribeiro já escreveu 235 posts nesse site..

Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

Artigos Relacionados

Topo