Gol olímpico dá vitória ao Shandong Luneng no Chinês

Português naturalizado foi autor de proeza
Gol olímpico dá vitória ao Shandong Luneng no Chinês

Neste domingo (21), a Superliga Chinesa teve continuidade na sua 19ª rodada do certame. O destaque do dia foi o jogo em que o Shandong Luneng recebeu o Shenzhen, no Jinan Olympic Sports Center. Sem muita dificuldade, o time da casa venceu com tranquilidade e conseguiu encostar um pouco mais no G3. Já o visitante, continua colado, mas na zona de risco da tabela.

1º Tempo

O começou da partida se mostrou igual no quesito posse bola, mas o time da casa foi eficiente. O Shandong teve 11 finalizações, quatro na direção do gol e metade delas dentro da rede. Aos 15 minutos, o português Pedro Delgado bateu escanteio fechado, o norueguês Ole Selnæs tentou tirar, mas não conseguiu e a bola entrou. Mais tarde, aos 23′, Róger Guedes encobriu o marcador e chutou de primeira. O goleiro Wei Guo fez excelente defesa, porém Fellaini estava atento e mandou para o gol. O Shenzhen foi improdutivo, com apenas duas finalizações, mas nenhuma na direção da meta. Dessa maneira, a partida foi para o intervalo em 2 x 0 para o Shandong.

2º Tempo

O retorno dos vestiário começou frenético, principalmente para o time da casa. Logo aos sete minutos, Pellè aproveitou novo rebote do goleiro e chutou sem chances para ampliar. A partir daí, a partida perdeu ritmo, o Shenzhen tentou chegar, mas sem sucesso. Ainda tentou mudar o seu destino colando seu artilheiro, o colombiano Harold Preciado, que teve quatro chances sem atingir o objetivo. Assim, o Shandong controlou as ações e finalizou o jogo com a vitória por 3 x 0.

E Agora?

Com o resultado positivo, o Shandong soma 34 pontos na tabela de classificação, e agora tem 13 pontos de desvantagem em relação ao SIPG. O rival que está acima empatou com o Chongqing, por 1 x 1, e perdeu a chance de assumir o 2º lugar. Em contrapartida, o Shenzhen continua sua sina sem vitórias, mas com a sorte de seus rivais não vencerem, para que o time caia para a degola.

Na próxima semana, o Shandong visita o Dalian no sábado (27), às 8h35 (horário de Brasília). Enquanto isso, o Shenzhen entra em campo no dia seguinte, no mesmo horário, para encarar o Jiangsu também longe de casa.

Melhores Momentos

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 759 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.


 

365 Scores

 

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo