Gamba Osaka vence Shimizu S-Pulse e sai da zona de rebaixamento

Jogando fora de casa, equipe conseguiu a terceira vitória consecutiva deixando o z3 da J.League

Shimizu S-Pulse Gamba Osaka abriram a 27a rodada da J.League na única partida disputada nesta sexta-feira (21). Melhor para os visitantes que venceram por 2 x 1, deixaram a zona do rebaixamento e agora torcem para tropeços de Yokohama F MarinosSagan Tosu Kashiwa Reysol para dormirem fora do Z3. Os quase 15 mil torcedores do Shimizu S-Pulse saíram frustrados do IAI Stadium Nihondaira, vendo o time estacionar no meio da tabela de classificação.

1º Tempo

Talvez nem o mais otimista torcedor do Gamba Osaka esperava um começo de partida tão bom diante do Shimizu S-Pulse. Pouco depois do apito inicial, os visitantes abriram o placar. Após uma rápida descida para o ataque pelo lado direito, Konuse Onose cruzou para a área, o atacante sul-coreano Ui Jo Hwang dividiu com o zagueiro brasileiro Leandro Freire do Shimizu. A bola bateu na trave, subiu e na queda pegou efeito para dentro do gol. Antes de entrar, Yugo Tatsuta tentou tirar mas acabou fazendo contra.

Jogadores do Gamba Osaka comemoram o gol que abriu o placar da partida logo no primeiro lance de ataque dos visitantes (Reprodução/J.League.jp)

A vantagem no placar deu mais tranquilidade ao Gamba Osaka que continuou persistindo em atacar sendo premiado aos 26′. Shu Kurata invadiu a área pela esquerda, passou por dois jogadores do Shimuzu e cruzou para trás, encontrando o sul coreano Ui Jo Hwang livre para chutar e marcar o segundo gol para o Gamba e o seu 11º na J.League.

O sul-coreano Ui Jo Hwang marcou o segundo gol do Gamba Osaka e seu 11º na J.League (Reprodução/J.League.jp)

2º Tempo

Sem sequer assustar a meta do goleiro Masaaki Higashiguchi na primeira etapa, o Shimizu S-Pulse começou o segundo tempo tocando mais a bola até conseguir achar espaços para as finalizações ou criar jogadas. O atacante brasileiro Douglas foi quem mais teve chances, mas sem sucesso nas tentativas de diminuir a desvantagem. Quem conseguiu foi outro atacante, Koya Kitagawa, depois de receber passe em profundidade, ganhar na corrida dos marcadores do Gamba Osaka e finalizar na saída do goleiro, aos 31 minutos. Porém a reação dos donos da casa parou por aí, sacramentando a terceira vitória consecutiva da equipe de Osaka e saída do z3 da competição.

Koya Kitagawa (23) fez o gol de honra para o Shimizu S-Pulse no segundo tempo (Reprodução/J.League.jp)

E Agora?

Com a vitória o Gamba Osaka foi aos 30 pontos permanecendo na 14a colocação, saindo da zona de rebaixamento. Para permanecer fora do Z3, o time precisa torcer para que duas das três equipes que estão abaixo (Yokohama F Marinos, Sagan Tosu e Kashiwa Reysol) tropecem para não ultrapassá-lo na pontuação. Na próxima rodada a missão será encarar o líder do campeonato, Sanfrecce Hiroshima, jogando em casa no próximo sábado (29) às 4h (horário de Brasília).

Shimizu S-Pulse estacionou na 10a posição com 34 pontos, podendo ser ultrapassado por Jubilo Iwata Nagoya Grampus Eight. Também no próximo sábado (29), às 5h (horário de Brasília), a equipe enfrenta o FC Tokyo, na capital japonesa.

Melhores Momentos

Avatar

Sobre Rafael Regis

Rafael Regis já escreveu 105 posts nesse site..

Tenho 31 anos. Sou formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em Radialista (setor locução) pelo Senac-SP. Trabalho também como repórter da Rádioweb Poliesportiva, onde participo de coberturas in-loco de diversos esportes como: futebol, vôlei, basquete e futsal. Apaixonado pelo jornalismo e pelas coberturas esportivas, moro na capital paulista e sou torcedor fiel do Nacional Atlético Clube (SP).

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Avatar
Rafael Regis
Tenho 31 anos. Sou formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em Radialista (setor locução) pelo Senac-SP. Trabalho também como repórter da Rádioweb Poliesportiva, onde participo de coberturas in-loco de diversos esportes como: futebol, vôlei, basquete e futsal. Apaixonado pelo jornalismo e pelas coberturas esportivas, moro na capital paulista e sou torcedor fiel do Nacional Atlético Clube (SP).

Artigos Relacionados

Topo