Futebol chinês: clubes retomam as atividades

- O governo local, no entanto, diz que eventos esportivos seguirão suspensos
Clubes chineses retomam as atividades como o Shandong Luneng e Evergrande

Segundo a imprensa chinesa, equipes como o Shandong Luneng e o Ghuangzhou Evergrande retomaram os treinamentos passando inicialmente por testes físicos. Entretanto, uma nova medida do governo pode aumentar ainda mais o tempo de pausa futebol chinês.

A China, que originou a pandemia do coronavírus, se tornou o primeiro, passou a ser o país sob mais controle referente a infecção, com isso os clubes estão pensando na retomada das rotinas. No entanto, Administração Geral do Esporte da China emitiu um comunicado oficial nesta terça-feira anunciando que eventos de grande escala, que reúnam multidões, como os eventos esportivos, “não serão retomados por enquanto”.

Além disso, a nota ainda cita diretamente que a federação de futebol deve estender o tempo de pausa para “implementar requisitos de prevenção e controle da epidemia”. Sendo assim, há, obviamente, a possibilidade de que a Superliga da China seja afetada pela medida do governo local. Com a pausa nas atividades durando mais um mês, a competição teria o início adiada novamente – a previsão era para voltar no fim de abril.

Para impedir o retorno da infecção comunitária do coronavírus, a China decidiu fechar suas fronteiras nesta semana. O que forçou atletas a correrem contra o tempo para retornar ao país. A partir de agora, nenhum estrangeiro, mesmo com residência fixa no país, pode entrar na China por tempo indeterminado. Hulk e Oscar, do Shanghai SIPG, entraram no país minutos antes das fronteiras serem fechadas. Assim como outros estrangeiros, eles terão que passar um período de 14 dias em quarentena, mesmo não apresentando sintomas da COVID-19.

A PARALISAÇÃO FOI PREJUDICIAL AO FUTEBOL CHINÊS

Certamente, toda essa situação prejudicou o futebol chinês que seguia evoluindo. Tanto que, nesta temporada não houve nenhuma contratação de um jogador renomado, muito menos um brasileiro, como de costume. O Dalian foi quem mais investiu para essa temporada, contratando Marcus Danielson do Djugarden da Suécia e Sam Larsson do Feeyernod, somando 10 milhões de euros. Enquanto o Shandong Luneng, dos brasileiros Moisés e Roger Guedes, contratou Tamás Kádar, de 30 anos, junto ao Dínamo Kiev por 3 milhões de euros.

Foto em destaque: Reprodução/Sina.com

Thiago Lopes

Sobre Thiago Lopes

Thiago Lopes já escreveu 342 posts nesse site..

Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 5º semestre. Com a facilidade de escrever, expressar suas opiniões em debates futebolísticos e com uma cirurgia no menisco colateral direito aos 17, decidiu que seu objetivo profissional seria seguir na área esportiva. Frequentador de arquibancadas, pretende vivenciar e desfrutar o melhor que o futebol proporciona.

365 Scores

BetWarrior


Thiago Lopes
Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 5º semestre. Com a facilidade de escrever, expressar suas opiniões em debates futebolísticos e com uma cirurgia no menisco colateral direito aos 17, decidiu que seu objetivo profissional seria seguir na área esportiva. Frequentador de arquibancadas, pretende vivenciar e desfrutar o melhor que o futebol proporciona.

Artigos Relacionados

Topo