Fluminense constrói resultado no 1º tempo e vence Santa Cruz pela Copa do Brasil

Em uma partida tranquila, equipe carioca bate a pernambucana por 2 x 0 e abre boa vantagem na competição
Fluminense constrói resultado no 1º tempo e vence Santa Cruz pela Copa do Brasil

Fluminense e Santa Cruz jogaram nesta quarta-feira (17), no Maracanã, pela quarta fase da Copa do Brasil. A equipe do treinador Fernando Diniz venceu o confronto por 2 x 0, com gols marcados por Gilberto e Luciano. Jogando em casa, o tricolor carioca foi superior durante boa parte dos 90 minutos.

1º TEMPO

A primeira etapa foi de amplo domínio do Fluminense, envolvendo o adversário e, logo nos primeiros minutos quase abriu o placar: aos dois, Yony Gonzalez recebeu passe de calcanhar de Luciano, finalizou em cima do goleiro Anderson e, na sobra desperdiçou a primeira grande oportunidade de gol. O clube das laranjeiras seguiu atacando com Allan saindo da marcação, arriscando de fora, mas só assustou o goleiro adversário.

Após uma série de oportunidades, o Fluminense, enfim, inaugurou o placar. Aos 18’, Gilberto fez boa jogada pela direita, tocou para Yony, recebeu de volta, finalizou e com um desvio abriu o placar para o time carioca. Enquanto o tricolor carioca buscava ampliar a vantagem, o  Santa Cruz não conseguia trocar passes. Desse modo, aos 21 minutos, Everaldo deu um balão para o lado, Yony cabeceou, mas a bola passou tirando tinta.

O Flu seguiu criando e, aos 29’, Gilberto deu de calcanhar para Luciano, que num chute de extrema felicidade, ampliou para o tricolor carioca. E mesmo após o segundo gol, o time mandante continuou pressionando e perdeu três grandes chances ainda.

2º TEMPO

Com o volante Airton contundido, o Fluminense foi obrigado a substituir logo no intervalo dando lugar a Léo Artur. Pelo lado do Santa, o meia Allan Dias foi substituído pelo volante Diego Lorenzi. Com as devidas substituições, o jogo recomeçou com o time carioca impondo mais, porém com o Santa Cruz mais ligado.

Assim como Airton, Yony com dores foi substituído pelo atacante Pedro, recuperado da lesão. O jogo esfriou, Ganso deu a vaga para Dodi. Buscando dá ofensividade ao time, o técnico Leston Júnior lançou Luiz Felipe e Elias, nos lugares de Dudu e Augusto, respectivamente. Logo após, quem aproveitou a primeira oportunidade foi o time pernambucano após contra-ataque puxado por Pipico, aos 22’ Luiz Felipe bateu para o gol, mas Rodolfo fez a defesa.

Aos 29 minutos, Everaldo disparou pela esquerda livre, cortou para o meio, bateu pro gol, mas a bola foi para fora. No lance seguinte, após escanteio cobrado, Matheus Ferraz cabeceou firme, Anderson surpreendentemente deu sobra e Luciano mandou para o fundo da rede, porém o lance foi invalidado. Por fim, Pedro após duas tentativas de chutes em jogadas anteriores, cobrou forte uma falta, mas a bola saiu rente à esquerda do goleiro Anderson.

https://twitter.com/FluminenseFC/status/1118701406201044997

E AGORA?

Com a vitória, o Fluminense pode perder por até um gol de diferença no jogo da volta que avança para a próxima fase. Já o Santa Cruz, precisa no mínimo de dois gols, para levar a disputa para os pênaltis. O próximo duelo que decidirá o classificado está marcado para a quinta-feira (25), no Arruda, em Recife.

MELHORES MOMENTOS

Pedro Moraes

Sobre Pedro Moraes

Pedro Moraes já escreveu 6 posts nesse site..

Pedro Moraes, soteropolitano, tenho 20 anos e curso Jornalismo. Apaixonado pelo Esporte Clube Vitória. Sou um amante assíduo do futebol, daqueles que, na infância, assistia a qualquer partida, seja lá qual fosse o campeonato. Permaneço acompanhando e seguindo de perto o futebol. Curto o jornalismo esportivo, e decidi seguir essa trilha, já que acredito que o meu talento está nas mãos para escrever, e não nos pés para carimbar as redes adversárias.

Pedro Moraes
Pedro Moraes
Pedro Moraes, soteropolitano, tenho 20 anos e curso Jornalismo. Apaixonado pelo Esporte Clube Vitória. Sou um amante assíduo do futebol, daqueles que, na infância, assistia a qualquer partida, seja lá qual fosse o campeonato. Permaneço acompanhando e seguindo de perto o futebol. Curto o jornalismo esportivo, e decidi seguir essa trilha, já que acredito que o meu talento está nas mãos para escrever, e não nos pés para carimbar as redes adversárias.

Artigos Relacionados

Topo