Flamengo é multado por recusa de vigilância sanitária

- Prefeitura do Rio aplicou multa ao Rubro-Negro, que contesta
CT do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo está vivendo com uma série de problemas e polêmicas durante a pandemia devido ao novo coronavírus. Assim, fez com que os jogadores voltassem aos treinamentos no Centro de Treinamento, além disso, recusou a “visita” da Vigilância Sanitária.

Assim, a Prefeitura do Rio de Janeiro aplicou uma multa de R$2.967 ao Flamengo pela recusa à fiscalização da vigilância sanitária ao CT Ninho do Urubu, na última quarta-feira (20). Contudo, o clube carioca alega que jamais recebeu uma consulta para fiscalizarem e sim, apenas uma notificação.

No dia, uma equipe da secretaria de Vigilância Sanitária esteve presente nas dependências do clube, mas foi barrado na entrada. Segundo a Prefeitura, o Flamengo alegou que a recusa foi devido a não presença de algum membro do setor administrativo para acompanhar a fiscalização. Além disso, segundo os cariocas, a presença de pessoas que não foram testadas pelos próprios médicos do Rubro-Negro, pode ser um risco por conta da pandemia de COVID-19.

A Prefeitura, ainda divulgou que o clube foi notificado a comparecer na sede da Vigilância Sanitária nesta sexta-feira (22), para prestar maiores esclarecimentos.

Foto Destaque: Gilvan de Souza/Flamengo

Avatar

Sobre Alexsander Vieira

Alexsander Vieira já escreveu 902 posts nesse site..

Olá, me chamo Alexsander Vieira, tenho 21 anos e um amor intenso por futebol. Sou estudante de jornalismo pela FAM. Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente.

365 Scores

BetWarrior


Avatar
Alexsander Vieira
Olá, me chamo Alexsander Vieira, tenho 21 anos e um amor intenso por futebol. Sou estudante de jornalismo pela FAM. Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente.
http://www.radioprado.com.br

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Topo