FERJ divulga definição da arbitragem da Semifinal da Taça Rio 2020

- A federação carioca anunciou quem será o dono do apito nas partidas
Semifinal arbitragem Taça Rio

Neste domingo (5), acontecerá os dois jogos válidos pela semifinal da Taça Rio 2020, às 16h (horário de Brasília). Fluminense e Botafogo se enfrentam no Estádio Nilton Santos. Já Flamengo recebe o Volta Redonda no Maracanã. Assim sendo, a FERJ já definiu os outros personagens de destaque que serão os trios de arbitragem.

Entretanto, não haverá na arbitragem, o árbitro de vídeo (VAR), devido a redução do quadro de funcionários por causa da pandemia do novo coronavírus. Aliás, as duas equipes mandantes, o Rubro-Negro e o Tricolor das Laranjeiras entram em campo com a vantagem do empate para garantir a vaga na final.

Nesse ínterim, os torcedores poderão acompanhar as partidas cada semifinal de uma forma. Conforme anunciado nas redes sociais, o Flamengo realizará a transmissão na plataforma streaming MyCujoo. O sócio-torcedor terá acesso gratuito e os outros terão que pagar R$ 10 para assistir. Porém, o portal Futebol na Veia' produziu um guia de rádio com as frequências que vão transmitir a semifinal entre as respectivas equipes. Enquanto, o clássico Fluminense x Botafogo será exibido na  Globo, devido liminar obtida pela federação obrigando a emissora a transmitir.

* Arbitragem

Flamengo x Volta Redonda

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha

Assistente 1: Luiz Cláudio Regazone

Assistente 2: Daniel do Espírito Santo Parro

Fluminense x Botafogo

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães

Assistente 1: Michael Correia

Assistente 2: Diogo Carvalho Silva

Foto Destaque: Divulgação

 

 

Tathiane Marques

Sobre Tathiane Marques

Tathiane Marques já escreveu 211 posts nesse site..

Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

365 Scores

BetWarrior


Tathiane Marques
Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

    Artigos Relacionados

    Topo