Fénix volta a vencer, e Nacional aumenta sua série invicta no Apertura

Maxi Pérez marca seu primeiro hat-trick; Nacional vence fácil, e Juventud de Las Piedras goleia o River Plate no inicio da rodada

Três jogos com muitos gols marcaram a abertura da 14ª rodada do Apertura Uruguaio 2019, no sábado (25). O Fénix, sem vencer há cinco rodadas, visitou o Defensor Sporting e venceu por 4 x 2, com direito a hat-trick de Maxi Pérez. Também fora de casa, o Nacional derrotou o Rampla Juniors por 3 x 0 e atingiu a marca de 10 jogos sem perder desde que sofreu um revés para o Cerro Porteño, na Libertadores. Fechando o dia, o Juventud de Las Piedras bateu o River Plate por 4 x 1 diante de seus torcedores.

APERTURA URUGUAIO 2019 – 14ª RODADA

Defensor Sporting 2 x 4 Fénix

Os visitantes abriram o placar cedo, logo aos cinco minutos de jogo, depois de lançamento de Mathías Acuña e conclusão de Maximiliano Pérez. Pouco tempo depois, aos 14′, Martín Rabuñal, com sua característica finalização de fora da área, empatou tudo e quase virou logo em seguida, mas seu chute acabou acertando o travessão. O segundo tempo começou melhor para os visitantes, que quase marcaram com Alan Rodríguez, parado pelo goleiro, e Rabuñal, parado pela zaga. Quem marcou mesmo foi Maximiliano Pérez, que soube aproveitar jogada de Caetano, aos 17′, e a anotou seu segundo no jogo.

O terceiro do Fénix saiu aos 24′, após uma cobrança de falta que parou no travessão e acabou sobrando para Leonardo Fernández arrematar e acertar o ângulo. Aos 37′, o jovem Owen Falconis, que havia entrado minutos atrás, aproveitou um rebote e descontou, dando esperança ao Defensor. Mas o que realmente aconteceu foi o aumento no placar por parte dos visitantes, que, com Maximiliano Pérez pela terceira vez, mataram a partida e voltaram a vencer.

Rampla Juniors 0 x 3 Nacional

Os visitantes foram muito bem no primeiro tempo, tendo criado muitas chances de gol . Gabriel Neves, Rafael García e Amaral dominaram o meio-campo, comandaram a equipe e, assim, aos 16′, Rodrigo Amaral abriu o placar com passe de García. Aos 35′, Matías Zunino aumentou a vantagem após assistência de Bergessio e deixou o time axul e branco tranquilo na saída para o intervalo, a não ser pelo fato de que Amaral sofreu uma grave lesão e precisou ser substituído. No começa da etapa final, aos cinco, Gonzalo Bergessio, que teve boas chances de marcar na etapa inicial, marcou um belo gol de fora da área e definiu o resultado bem cedo, aumentando para dez o número de jogos invictos do Nacional na temporada.

Juventud de L.P 4 x 1 River Plate

Dominando a partida contra a maioria reserva do visitante, poupando titulares para a Sul-Americana, o Juventud abriu o placar aos 29 minutos do primeiro tempo, com Federico Viñas, e aumentou a vantagem aos 41′, com José Varela. Em uma grande apresentação, com trocas de passes em velocidade, o time da casa aumentou o marcador com Diego García, aos 24′, liquidando a fatura. Ainda deu tempo do River descontar, aos 29′, com Matías Alonso, porém, aso 36′, José Varela fez seu segundo no jogo e deu números finais a partida e tirando aplausos dos torcedores nas arquibancadas.

Avatar

Sobre Leonardo Abrahão

Leonardo Abrahão já escreveu 222 posts nesse site..

Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.


 

365 Scores

 

Avatar
Leonardo Abrahão
Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.

Artigos Relacionados

Topo